CULTURA E ENTRETENIMENTO

27/01/2018 as 19:20

Exclusiva do Alô: Ludwig Oliveira, fala do resgate do Carnaval de rua em Aracaju.

A entrevista desta semana é com o jornalista e Organizador do Primeiro Carnaval Blocomeu, Ludwig Oliveira.

Foto: (Alô News)<?php echo $paginatitulo ?>

Confira na íntegra a entrevista:


Alô - Nos fale um pouco sobre o evento evento.

 

L.O - É uma satisfação muito grande saber que voces abrem esse precedente para que nós mostremos o que é o canarval, o que é aformação de um bloquinho.

O Blocomeu vai desfilar oficialmente no próximo dia 3 de Fevereiro, no Conjunto Inácio Barbosa, com mais outros quatro bloquinhos. O nosso amigo Paulo Lobo que teve a ideia da criação do bloco e convidou outros dois ou três amigos, mas eles não abraçaram a idéia com afinco como eu abracei, e isso já tem uns oito meses.

Quando ele me convidou, eu resolvi a braçar, e depois eu trouxe um outro amigo nosso que é o Chico Lebre, empreendedor, e nós três estamos tocando esse bloco pela primeira vez. Os outros blocos já estão consolidados no Inácio Barbosa, já tem uns cinco ou seis anos que eles desfilam lá,  esse é o primeiro, mas temos certeza que obteremos o êxito.


Alô - Qual é o público do Blocomeu?

 

L.O - É um público miscigenado, que vai desde uma criança, adolescente, inclusive na nossa concentração teremos atrações para as crianças, com pula-pula por exemplo. Para adultos, pessoas de terceira idade. Se tiver pré-disposição, meus amigos, vamos oportuniazar essa condição para que todos brinquem de forma saudável, onde você possa dar vazão ao seu contentamento

 

Alô - Quem são os patrocinadores desse evento?

 

L.O - Temos alguns empresários amigos que estão nos apoiando, eu não diria patrocínio, até porque está muito difícil dado a atual conjuntura político economica do nosso país.


Está muito difícil conseguir patrocínio, agora apoio nós temos de várias empresas, temos de 10 a 12 apoiadores culturais. Que estão nos dando total respaldo para que tenhamos condições de oportunizar o entretenimento e a alegria para o povo. Não estamos visando lucro, mas se tiver será bem vindo, mas a priori estamos visando apenas um carnaval de qualidade.

 

Alô - A folia que que vai acontecer no Inácio Barbosa no dia 3 de Fevereiro é de livre acesso ao público, será gratuito?

 

L.O - Não, em cada um dos blocos quem quiser participar vai ter que comprar a camisa, até porque temos custos, e o custo de um bloco é muito alto. Teremos 40 banheiros químicos, será tudo muito bem organizado para o conforto e tranquilidade dos foliões.

 

Alô - Qual será o estilo musical?

 

L.O - Nós vamos fazer um Carnaval muito diferente no que se refere ao repertório musical. Todos os clássicos como Caetano, Gilberto Gil, Djavan, Milton Nascimento, Rita Lee, Lulu Santos, Jorge Ben Jor, todos que tiveram músicas com sucesso. Essas músicas serão vertidas para o gênero frevo, no rítimo de frevo, ao invés de serem executadas no original MPB. Esse é o diferencial que vamos mostrar, fazendo uma inovação neste Carnaval.

 

Alô - A idéia do Bloco.

 

L.O - A ideia foi de Paulo Lobo, e eu sempre gostei do entretenimento. Estamos empreendendo, vamos a Portugal e mostrar o que temos de melhor no gênero musical do Brasil. Levaremos essa ideia para a comunidade brasileira que reside lá e para os portugueses, teremos lá uma casa de shows, vamos montar uma "república brasileira sergipana em Portugal".

 

Alô - Como o senhor acha que pode ser feito pra propagar e vencer as barreiras do Carnaval que é mais ligado ao axé e o pagote, até mesmo ao sertanejo e resgatar o Carnal raiz?

 

L.O - A nossa batalha é justamente essa é mostrar que agente pode resgatar os velhos carnavais através do frevo, das marchinhas tradicionais, de La Martini , Ari Barroso, de Mario Lago, Bidi Massal, que se notabilizaram na musica popular brasileira como compositores de marchinhas carnavalescas nas décadas de 30, 40, 50. Então nós temos condições de fazer o resgate do Caranaval através dos êxitos da musica popular brasileira. Diferente dos arrochas e músicas sem sentido, do sertanejo universitário dentre outros.

 

Alô - Qual é a mensagem o senhor deixa para os leitores? 

 

L.O - O nosso Carnaval visa resgatar o verdadeiro Carnaval. Queremos que todos possam participar da criança até ao idoso. Para aqueles que sentem saudade dos rítimos antigos é uma excelente oportunidade para relembrar, pular, dançar, etc. 

O desfile dos blocos ocorre no Inácio Barbosa, uma semana antes do Carnaval, dia 3 de Fevereiro das 14h às 21h. Será apenas um dia de folia, mas em 2019 haverá mais. Estão todos convidados. 




Tópicos Recentes