BRASIL

20/09/2018 as 14:20

Horário de verão só começa depois do segundo turno das eleições

Medida visa reduzir impacto das diferenças de fuso horário nas apurações

Foto: ( Jeanne Rouillard/Unsplash).<?php echo $paginatitulo ?>

 

Usualmente iniciado em outubro, o Horário Brasileiro de Verão terá um início tardio em 2018. Este ano, a mudança começa em 4 de novembro, após o segundo turno das eleições. O período também vai ser reduzido em 15 dias, terminando no terceiro domingo de fevereiro de 2019.

A alteração foi determinada por decreto presidencial publicado no ano passado, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quando era presidido pelo ministro Gilmar Mendes. A justificativa é a apuração dos votos das eleições 2018.

O TSE pretende reduzir a diferença entre a apuração nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a apuração no Nordeste, parte do Norte, e ainda no Acre e sudoeste do Amazonas – cuja diferença de fuso, somada ao horário de verão, chega a 3 horas em relação a Brasília.

Economia

Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), entre 2013 e 2016 a economia de energia trazida pelo horário de verão caiu de R$ 405 milhões para R$ 147 milhões - uma redução de 63%. Em função disso, o Ministério de Minas e Energia chegou a discutir o fim do horário de verão. Outro argumento para seu encerramento é que o consumo não é mais tão influenciado pela luminosidade do dia, mas pelo calor, com o aumento do consumo nas horas mais quentes.


 

 

 

 

Com informações de Destak Jornal.




Tópicos Recentes