BRASIL

26/12/2018 as 11:01

Mulher de João de Deus deve ser ouvida pela Polícia nesta quarta (26)

A força-tarefa policial recebeu 16 denúncias, sendo que nove casos se tornaram inquéritos

Foto: (Cesar Itiberê/Fotos Publicas).<?php echo $paginatitulo ?>

 

A Polícia Civil pretende ouvir nesta quarta-feira (26), a mulher de João de Deus, Ana Keyla Teixeira, sobre as denúncias de abuso sexual contra o marido. Preso em Goiás, o médium nega ter cometido os crimes durante atendimentos espirituais em Abadiâni (GO).

A força-tarefa policial recebeu 16 denúncias, sendo que nove casos se tornaram inquéritos. Um deles que, conforme a investigação, aconteceu em 24 de setembro, foi concluído e João de Deus foi denunciado por violação sexual mediante fraude.

Assim como a Polícia Civil, o Ministério Público de Goiás (MP-GO) iniciou uma força-tarefa para apurar as denúncias contra o médium. Até esta quarta-feira (26), os promotores colheram 77 depoimentos de mulheres. Outro relato está previsto para esta tarde.

O MP-GO deve juntar o caso que a Polícia Civil concluiu com outras três denúncias que recebeu para oferecer a primeira denúncia contra o médium. O documento deve ser entregue ao Poder Judiciário até domingo (30), que é o prazo legal.


 

 

 

 

Com informações de Destak Jornal.




Tópicos Recentes