18/06/2019 as 06:51

Vamos ariar a fivela, vem aí o Téo Caju

Prefeitura de Aracaju contrata artistas em empresas investigadas pela Máfia dos Shows

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

A prefeitura municipal de Aracaju parece mesmo que acertou em fazer o mini Forró Caju. Porem o acerto não passa de um bom convescot  para que as empresas vinculadas ao mega star dos eventos sergipanos, possa ainda mais aumentar a sua participação nas festas da nossa  terrinha, pelo menos foi o que denunciou desde a semana passada a  vereadora Emília Correa (PATRIOTA). A contratação de caros artistas que farão parte da festa, foram praticamente feitas na sua totalidade pela prefeitura nas mãos de empresas ligadas ao pop star. O processo administrativo para a contratação da Solange Almeida  por R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta  mil) foi finalizado e segundo a vereadora faz parte do pacote apresentado pelas empresas  e que não exigiram uma licitação por causa de uma CARTA DE EXCLUSIVIDADE, emitida pela artista para a empresa que a representou. Segundo a vereadora tem muito mais, existem contratos com uma empresa envolvida na Máfia dos Shows, a empresa á a Maria Bonita, que representa os interesses de Lourinho do Acordeon, representando um custo de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), para o erário público sem licitação  por causa da tal CARTA DE EXCLUSIVIDADE.  

Ainda segundo a vereadora, tem também a  diferença de valores, vários contratos foram assinados com uma diferença de preços estúpida, artistas sergipanos como Tonho Baixinho, João da Passarada e Trio Ave Rara, que foram contratados pela bagatela de R$ 3.000,00 (três mil reais). Enquanto isto, o show da  banda  Ávini  Vinny  custou aos cofres públicos a importância de R$ 72.000,00 (setenta e dois mil reais). A vereadora em seu discurso que passou despercebido por grande parte da imprensa, disse que a diferença dos valores das contratações dos artistas da terra e dos de fora, beira a insanidade e que esta diferença  é lamentável , “tudo feito no esconderijo, escondidinho , pra ficar em cima de hora, não tem turismo, não tem hotel que se prepare, não tem nada que se prepare , os valores são bem diferenciados  e não revela a fonte orçamentária”. Para finalizar, a programação do Forró Caju foi divulgada as vésperas do evento, não existe plenejamento nem da prefeitura e muito menos dos empresários locais, que poderiam ter se organizado e não o fizeram por culpa desta falta de planejamento do poder público,  “não tem turismo que dê certo nesse lugar, não tem empresário que se dê bem no ramo hoteleiro, não tem também os pequenos comerciantes,  como eles vão se preparar para vender pra ganhar o dinheirinho depois vem com conversa, lamentável essa situação,  é a nossa cultura,  é a nossa festa, é a nossa força,  é a nossa raiz, é o nosso povo, é a nossa história a gente nunca vai ser valorizado,  se a gente não valoriza o nosso povo, não vão nos respeitar como artistas,  vá trabalhar Edvaldo, seja honesto”.  Agora é se preparar e ir ariar a fivela no TeoCaju.

PREFEITO BRABO

Na manhã desta segunda-feira, 17 de junho de 2019, um vídeo circulou nas redes sociais, onde o prefeito da cidade de Canindé de São Francisco, região do Sertão de Sergipe, Ednaldo Vieira Barros, agrediu fisicamente o radialista Tony Britto, durante a comemoração de um aniversário na zona rural do município. O radialista Tony Britto que esclareceu a situação: “Estava conversando com ele (o prefeito), eu mostrei o meu netinho, então ele me perguntou como estavam às coisas e eu respondi: - Heleno foi um prefeito ruim, mas você superou, ai ele começou a colocar o dedo na minha cara e eu sem reagir sentei e ele me deu dois socos sem eu esperar (...) Eu estava sentado e ele me bateu covardemente sem eu esperar, muita gente viu tudo”, concluiu. Tony ainda desmentiu as informações que circulam nas redes sociais associando as agressões a uma cobrança de dívidas: “O que dizem que eu cobrei uma antiga dívida é mentira”, finalizou.

PRISÕES

O desembargador Roberto Porto, do Tribunal de Justiça de Sergipe, expediu mandado de prisão contra os ex-deputados estaduais Augusto Bezerra e Paulo Hagenbeck Filho, conhecido como Paulinho das Varzinhas, ambos condenados a mais de 12 anos de prisão em regime fechado por envolvimento do caso das verbas de subvenção da Assembleia Legislativa. Além deles, foram denunciados e condenados em ação penal movida pelo Ministério Público Estadual os dirigentes da Associação dos Amigos do Bairro Nova Veneza (Amanova), além do empresário Nolet Feitosa. O cumprimento da condenação estava suspenso em função de habeas corpus, que só foi julgado na semana passado no Supremo Tribunal Federal.

CASSADA

Acompanhando parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) cassou por unanimidade o mandato da prefeita de São Francisco, Altair Santos Nascimento, por captação ilícita de sufrágio (compra de votos). De acordo com a decisão que cassou a chapa da coligação “Por Amor a São Francisco”, a prefeita deve ser afastada do cargo assim que for publicada a decisão do TRE. O presidente da Câmara de Vereadores do Município assumirá a prefeitura municipal até a realização de novas eleições. Na mesma decisão, foram condenados Manoel Messias Nascimento Araújo, vice-prefeito eleito em 2016, e Maria Rosa Barbosa Araújo Nascimento, vice-prefeita do município à época dos fatos. Além da perda do mandado da prefeita e do vice, os três foram condenados a inelegibilidade por 8 anos.

FAMES

Dois dias de mobilização em Brasília que devem contar com a presença de prefeitos de todo país, que estarão reunidos em uma mobilização que irá acontecer no Congresso Nacional. O objetivo é acompanhar os parlamentares na aprovação do 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a unificação das eleições e a nova Reforma da Previdência. O presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe – FAMES, Cristiano Cavalcante, alerta os gestores para a importância da participação no movimento. “É preciso que os colegas prefeitos que já estejam ou pretendem ir a Brasília, reforcem essa luta em prol da aprovação das propostas para que sejam quebradas a resistência dos parlamentares e os municípios tenham avanços significativos”, destaca o presidente.

PREVIDÊNCIA

O governador Belivaldo Chagas (PSD) terá que convencer maior parte da bancada federal a votar a favor projeto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com as mudanças sugeridas pelo relator, deputado Samuel Pereira (PSDB-SP), ou pode ter que enfrentar a pressão de servidores estaduais ao enviar projeto para a Assembleia Legislativa. O relator excluiu Estados e municípios da reforma. Além de correr o risco de submeter projeto de reforma aos deputados estaduais, o governador não poderá propor a criação de contribuição extraordinária para os servidores. Outra proibição que consta no relatório é a de aumentar a alíquota previdenciária para 14%.

REDUÇÃO

O jornal Valor Econômico publicou nesta segunda-feira, 17, que o investimento das capitais cai pela metade em 4 anos. Aracaju aparece em 20 lugar. O jornal publica números do quadrimestre de 2015 comparados com igual período deste ano. José Roberto Afonso, professor do Instituto Brasiliense de Direito Público, ouvido pelo jornal, diz que “quem paga a conta é o futuro, porque, como sempre, o ajuste foi muito baseado no corte profundo de investimentos, mesmo numa época em que politicamente poderia estar aumentando os gastos com obras”.

TURISMO

O presidente da Associação Comercial de Sergipe (Acese), Marco Pinheiro, disse em entrevista ao Jornal da Fan, que “a iniciativa privada está buscando dar a sua contribuição por meio de um grande um movimento para promover um círculo virtuoso e trazer de volta a empregabilidade no nosso Estado”. Em primeira mão, o empresário informou que uma das possíveis ações para incrementar o turismo é promover um grande festival gastronômico junino no mês de janeiro e trazer de volta a Feira de Sergipe. Estamos procurando parceiros.No último dia 13, Marco Pinheiro foi à Superintendência de Patrimônio da União (SPU) com Breno Barreto, presidente da CDL, e Paulo Eirado, superintendente do Sebrae. “Fomos explicar a importância da Feira de Sergipe e pedir a isenção da taxa do SPU. Mostramos que esse valor cobrado é um grupo folclórico a menos a se apresentar”, explicou.

FEIRA DE SERGIPE

Marcos Pinhero disse ainda, que entre outras ações planejadas e executadas pelo empresariado foi o selo “Sergipe é o País do Forró”, lançado durante a programação dos festejos juninos. O empresário citou ainda a parceria com o empresariado do transporte público que tem se movimentado para plotar os veículos com motivos juninos. “Estamos, assim, elevando a auto-estima da nossa gente”, disse. O Festival Gastronômico Junino, segundo Marco Pinheiro, está sendo pensado pela Associação Brasileira da Indústria de Hoteis (ABIH-SE) e pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O evento contará com pratos típicos da culinária do mês de junho, no período da Feira de Sergipe. A Feira de Sergipe é promovida pelo Sebrae e conta com o apoio do Governo do Estado, Prefeitura de Aracaju, Fecomércio, Faese, Fies, FCDL e CDL. Acontece na Praça de Eventos da Orla de Atalaia. Este ano não aconteceu. A última foi em 2018, após três anos de não ocorrência.

IPESAÚDE

O prefeito Edvaldo Nogueira sancionou, a lei 5.219/2019, que renova e amplia o convênio da Prefeitura de Aracaju com o Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaúde). Além dos 10 mil servidores que já são atendidos pelo plano, a expectativa é de que até mais 3 mil pessoas (entre funcionários públicos e seus parentes) façam a adesão ao Ipesaúde com a nova legislação. O governador Belivaldo Chagas também participou da solenidade e sancionou a lei estadual que autoriza o novo contrato com Aracaju. “Este é um ganho histórico para os servidores de Aracaju. É um convênio muito importante. Desde a minha outra gestão, ainda em 2009, que firmamos pela primeira vez esta parceria e agora findou o período e tivemos que renovar. Mandamos uma lei para a Câmara, o Governo mandou uma lei para a Assembleia, e os objetivos foram, em primeiro lugar, que os servidores que já estavam sendo assistidos permanecessem com o mesmo critério e valor do Estado, e em segundo lugar que, além dos servidores da administração direta, os funcionários da administração indireta, os cargos em comissão e familiares também tivessem acesso ao plano. E chegamos a bom termo e garantimos esta ampliação”, comemorou o prefeito.

BOAS NOTICIAS

“E as boas notícias não param de acontecer”, disse o governador Belivaldo Chagas, ao entregar a licença ambiental provisória para a instalação em Canindé do São Francisco, do segundo maior parque de energia solar do mundo.A semana iniciou com boas notícias para Sergipe. O governador Belivaldo Chagas recebeu a apresentação do projeto de construção do Parque de Energia Solar que será instalado no município de Canindé de São Francisco, e será o 2º maior parque de produção de energia fotovoltaica do mundo, ficando apenas após o Tengger Desert Solar Park, localizado na China. Na ocasião, foi entregue a licença ambiental provisória da área onde a usina será instalada. O Parque que será instalado é uma iniciativa da Enesf – Energias do São Francisco, consórcio formado por empresas e investidores que acreditam no potencial energético do estado. “Agradeço a confiança que está sendo depositada em nosso estado. Estamos vivendo um período ímpar, onde as boas notícias estão chegando. Isso cria um ambiente promissor para o estado, onde os investidores estão atuando, fazendo com que as coisas possam acontecer. Por parte do estado, o que pudermos colaborar, como já estamos colaborando, vamos fazer”, declarou o governador que destacou também a atuação da Adema, no processo de licenciamento ambiental.

 

 

 

 

 




Tópicos Recentes