CIÊNCIA E TECNOLOGIA

04/11/2018 as 09:02

Fortnite em site pornô? Veja curiosidades sobre o jogo da Epic Games

Jogo da Epic Games soma uma lista de curiosidades bem inusitadas nos esports

Foto: (Divulgação/Pornhub).<?php echo $paginatitulo ?>

Fortnite é um dos principais jogos de 2018. O game, que já bateu recordes de usuários e é o maior sucesso da Twitch TV, está cada vez mais forte no cenário competitivo. Além dos torneios com premiações altíssimas, o Battle Royale da Epic Games já esteve entre os mais buscados no pornhub, site de conteúdo adulto. Dado no mínimo inusitado, né? O site TechTudo selecionou cinco curiosidades sobre o game nos esports. Confira.

Um dos termos mais buscados no Pornhub

Um dos recordes mais inusitados batidos por Fortnite foi no Pornhub, sites de vídeos adultos. O termo "Fortnite", que já aparecia nas pesquisas do site desde o lançamento do seu modo Battle Royale, teve um pico de buscas em março de 2018. Na ocasião, o streamer e pro player Tyler "Ninja" Blevins jogou com o rapper Drake na Twitch. O sucesso da stream foi tamanho que o Pornhub relatou um aumento de 824% nas buscas de vídeos relacionados a Fortnite na plataforma. Bizarro!

Campeonatos milionários

Em 2018 a Epic Games movimentou o competitivo de Fortnite com a sua primeira série de torneios oficiais. Chamado de Summer SKirmish, um dos campeonatos durou oito semanas e distribuiu mais de US$ 8 milhões (quase R$ 30 milhões) em prêmios. A grande final aconteceu durante o PAX WEST 2018, e a vitória foi do streamer Austin "Morgausse" Etue, que levou sozinho a soma de US$ 250 mil (R$ 930.4 mil).

Outro torneio foi o Fall Skirmish, que também durou oito semanas e distribuiu mais de US$ 10 milhões (R$ 37.2 milhões) em prêmios. A grande final aconteceu na Twitchcon 2018 e foi vencida pela dupla da FaZe Clan Turner "Tfue" Tenne e Dennis "Cloakzy" Lepore. Juntos, os atletas faturaram US$ 510 mil (R$ 1.8 milhão).

Jogo mais assistido da Twitch

                                            Divulgação/Twitch TV

Embora tenha passado algum tempo na sombra de PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG), quando Fortnite emplacou, desbancou o algoz e outros jogos de grande popularidade. De acordo com o SullyGnome, em 2018 o jogo acumulou mais de um trilhão de horas assistidas na Twitch e mais de 65 milhões em horas transmitidas. Assim, Fortnite tornou-se o jogo mais assistido da plataforma.

Para se ter uma ideia, League of Legends, ex-jogo mais popular da Twitch, somou no mesmo período mais de 984 milhões de horas assistidas e mais de 17 milhões de horas transmitidas. Ao todo, são 739.8 mil canais de LoL vs mais de 3.5 milhões de canais de Fortnite. PUBG vem em terceiro lugar no ranking de popularidade com pouco mais de 500 milhões de horas assistidas, mais de 19 milhões de horas transmitidas e mais de 900 mil canais dedicados ao jogo.

Epic Games e a tradição nos esports

Apesar da entrada recente de Fortnite para os esports, a desenvolvedora Epic Games não é anônima dentro do esporte eletrônico. A empresa é responsável por duas franquias de jogos de tiro bastante populares no circuito de competições: Unreal e Gears of War. Com Unreal, a Epic marcou presença de 2000 a 2016 em 39 torneios, e juntos eles distribuíram US$ 471.1 mil (R$ 1.7 milhão) em prêmios.

Gears of War, por sua vez, marca presença no competitivo desde 2007, tendo distribuído até então US$ 2.9 milhões (R$ 10.7 milhões) em 62 torneios. Aqui o destaque vai para Gears of War 4, que segundo o e-Sports Earnings, é um dos 30 jogos de maior premiação distribuída nos esports. Junto com Gears 4, Gears of War e Gears of War: Ultimate Edition integram a lista dos 100 mais.

Presença feminina

                                                      Divulgação/Gen.G

As mulheres são presença constante no competitivo de Fortnite. Segundo o Twitch Metrics, seis streamers dos 50 canais mais assistidos da plataforma são mulheres. O número pode parecer pequeno, porém vale destacar que são streamers com grande número de seguidores (vão de 200 mil a 2.3 milhões).

E elas também começam a entrar no radar das organizações. Maria “ChicaLive” Lopez, por exemplo, foi contratada pela Team SoloMid, Rachel “Valkyrae” Hofstetter pela 100Thieves e, mais recentemente, Tina “TINARAES” Perez e Madison “maddiesuun” Mann foram contratadas pela Gen. G Esports.


 

 

 

 

Com informações de Bruna Telles, Tech Tudo.




Tópicos Recentes