CIÊNCIA E TECNOLOGIA

30/01/2019 as 10:33

Repelente eletrônico funciona? Veja se vale a pena comprar o aparelho

Tecnologia ajuda você a manter insetos e outros bichos longe de casa

Foto: (Divulgação/Zen).<?php echo $paginatitulo ?>

Os repelentes eletrônicos são uma forma moderna de manter insetos e outros animais indesejados longe de casa. Esses dispositivos utilizam ondas de ultrassom para manter os possíveis invasores distante de casa sem comprometer os moradores. Portanto, podem ser interessantes para substituir armadilhas ou produtos químicos, nocivos à saúde.

A instalação é simples e não requer a contratação de um profissional. Apesar disso, o investimento inicial pode ter custo razoável, de acordo com o animal que você deseja manter longe de casa.

O que são os repelentes eletrônicos?

Os repelentes eletrônicos, ou ultrassônicos, são dispositivos capazes de utilizar a transmissão de ondas de ultrassom para manter determinados bichos longe. Vale lembrar que esse método, além de não ser nocivo aos humanos, também não afeta animais domésticos como cachorros ou gatos.

Existem equipamentos que têm um funcionamento mais eficiente para certos tipos de alvo. Portanto, é necessário verificar especificamente qual praga você quer afastar antes de investir em um dispositivo do tipo.

Por que utilizar um repelente eletrônico?

Esse tipo de dispositivo é particularmente interessante para pessoas com alguma intolerância aos inseticidas convencionais. Além disso, os repelentes eletrônicos não fazem uso de nenhuma substância tóxica e não exigem manutenção periódica.

A ideia de manter os insetos e animais indesejados longe por meio desses dispositivos é, além de eficiente, mais confortável em relação à utilização de repelentes convencionais ou elétricos. Na maioria das vezes, os métodos tradicionais têm como objetivo atrair os animais e eliminá-los com o material tóxico utilizado. Outro ponto é a necessidade de limpeza para retirar insetos mortos, o que não acontece no caso dos repelentes eletrônicos.

Quanto custa?

O uso mais comum para os repelentes eletrônicos é para combater a entrada de moscas e pernilongos. Os equipamentos indicados para esses insetos possuem valores mais amigáveis, como é o caso do modelo Zen, que custa cerca de R$ 34 no e-commerce brasileiro. Já nos dispositivos voltados para afastar roedores, por exemplo, esse valor pode subir para cerca de R$ 70 ou mais. Mas vale ressaltar que muitos deles, inclusive o próprio aparelho da Zen, são vendidos com a promessa de que funcionam também para ratos e morcegos.

Utilizando o equipamento correto

Os repelentes eletrônicos são ligados a uma tomada convencional, e normalmente têm suporte a múltiplas voltagens. Os equipamentos destinados a combater insetos costumam ser menores, e podem ser instalados em qualquer área interna. Já dispositivos que afastam roedores podem precisar de um transmissor externo, que são posicionados de acordo com o manual.

Já existem algumas lojas online especializadas em repelentes eletrônicos, oferecendo dispositivos específicos a tipos específicos de insetos, como aranhas e até mesmo formigas. Entre as marcas mais conhecidas estão a Zen e a Kawoa, mas também é possível encontrar diversos sites de importação que oferecem repelentes de outras marcas por valores atraentes.


 

 

 

 

Com informações de Fernando Sousa, Tech Tudo.




Tópicos Recentes