CIÊNCIA E TECNOLOGIA

24/09/2019 as 11:52

iPhone 11 ganha mecanismo para bateria durar vários anos

Empresa se envolveu em polêmica em 2017 por reduzir a velocidade dos celulares com bateria envelhecida. Recurso mistura hardware e software para ajustar desempenho em tempo real.

Portal G1/SE
<?php echo $paginatitulo ?>

Os novos iPhone 11, iPhone 11 Pro e 11 Pro Max empregam um novo sistema de gerenciamento de bateria que combina recursos para monitorar e regular o status do componente conforme o celular envelhece. A medida, revelada pela Apple em documentos de suporte técnico, indica uma nova abordagem diante das eventuais perdas de capacidade com o passar do tempo.

A solução pode ser uma correção de curso por parte da Apple, que se viu em uma grande polêmica em 2017, quando evidências mostraram que o iOS diminuía a velocidade dos iPhones conforme a bateria perdia capacidade.

O texto da Apple afirma que os novos modelos contam com um novo sistema de gerenciamento de bateria que monitora dinamicamente as necessidades de energia dos smartphones. O documento diz ainda que o controle ajusta a performance do celular em tempo real de forma a garantir que eventuais diminuições de desempenho causadas pelo desgaste da bateria sejam mitigadas ao longo do tempo.

A descrição não vai a fundo em relação à implementação do novo recurso, mas parece indicar que eventuais problemas de diminuição de desempenho do iPhone continuam sendo uma realidade.

 

Resultado de imagem para iPhone 11 ganha mecanismo para bateria durar vários anosiPhone 11 em mãos: saiba preço e tudo mais sobre o lançamento da Apple em 2019 

 

Em 2017, a Apple foi acusada de artificialmente diminuir a velocidade dos seus celulares como forma de encorajar consumidores a trocarem de aparelhos todos os anos. A empresa também foi criticada por não ser transparente com os clientes. Naquela altura, a Apple se defendeu dizendo que as perdas de velocidade introduzidas pelo iOS eram necessárias por conta do envelhecimento da bateria.

A descoberta levou consumidores a abrir ações judiciais em vários países. A polêmica levou a Apple a criar um programa de troca de baterias com valores promocionais e a introduzir recursos de configurações para que o usuário pudesse desligar a diminuição de desempenho.

Resultado de imagem para iPhone 11 ganha mecanismo para bateria durar vários anos
iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max: testamos os celulares da Apple 

O desgaste da bateria não é um desafio apenas para a Apple. A própria química do componente faz com que ele perca capacidade com o passar do tempo. Aos poucos, o telefone deixa de reter e liberar energia.

Do ponto de vista da alegação da Apple, calibrar a performance de aparelhos mais antigos de forma a igualar as perdas das baterias seria uma maneira de garantir ao usuário que o telefone retém basicamente a mesma autonomia ao longo dos anos.

A nova linha de iPhones está à venda nos Estados Unidos e outros países. Também já foi homologada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o que significa que tem autorização para chegar às lojas brasileiras. A expectativa é de que o desembarque ocorra em novembro.

 

 




Tópicos Recentes