10/05/2018 as 06:28

“Deus nos livre de mais quatro anos”, disse Almeida

Bem ao seu estilo o ex-secretário de estado da Saúde Almeida Lima (MDB)

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Bem ao seu estilo o ex-secretário de estado da Saúde Almeida Lima (MDB), deixou a secretaria dizendo impropérios para todos os lados. A vitima inicial de Almeida foi o atual governador Belivaldo Chagas (PSD), que ouviu ontem mesmo uma frase que vai abalar as estruturas políticas do estado. “Deus vai livrar Sergipe de mais quatro anos de uma futura administração do governador se reeleito ele fosse”, foi o que disse Almeida ontem na imprensa e hoje promete muito mais. Daqui a pouquinho os jornalistas André Barros e Priscila Andrade vão entrevistar Almeida que promete esclarecer à população o real motivo da sua saída da secretaria.

Depois de exonerado Almeida Lima retornou à SES para se despedir  dos servidores  e disse que “vida que segue. Etapa cumprida”. Deixo a pasta com a mesma dignidade de quem aqui chegou, entendendo muito pouco da área da Saúde, da Saúde Pública e da gestão de Saúde e aqui teve a colaboração de todos vocês”. Almeida ainda afirmou que estava deixando a secretaria muito “grato a todos pelo apoio, pela dedicação, pelo trabalho prestado à população do nosso Estado. Sigam em frente. Trabalhem muito. Transformem a Saúde do nosso Estado naquilo que a população deseja”. Por fim, Almeida disse que a população é  "credora do serviço público” e admitiu que “todos nós estávamos, promovendo, buscando, buscando a melhoria na adversidade que nós nos encontramos, durante todo esse período. Portando, meus agradecimentos a todos”. Segundo ACM, adeus Darlene.

Chapa dos sonhos

Mesmo com a participação do presidente estadual do Partido dos Trabalhadores Rogério Carvalho na chapa que disputará as eleições de 2018, o governador Belivaldo Chagas (PSD) não esconde sua preferência pelo nome de Eliane Aquino (PT) para ser sua companheira de chapa nas eleições de outubro. "Ela só não será minha vice se não quiser", disse o governador, que não vê problema em ter o PT com dois nomes na chapa majoritária, Resumindo virou um sonho de todos: do PT, de Belivaldo e de JB.

 “Você é irresponsável"

O governador Belivaldo Chagas (PSD) suportou até onde deu a administração de Almeida Lima na Saúde. A farsa assumida por Almeida na inauguração de uma obra que não existia, o Centro de Nefrologia do HUSE, foi o primeiro ponto de divergência entre o governador e seu secretário. Na última reunião, com a presença dos dois,  Belivaldo chamou Almeida de irresponsável, acusando-o de não ter levantado os custos para o governo do pagamento que faria aos selecionados pelo PSS.

Laércio na CNC

O deputado federal Laércio Oliveira lançou sua candidatura à Presidência da CNC (Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo), SESC e SENAC, no plenário da câmara federal. “Em 2018, teremos eleição para a presidência da CNC e, após 38 anos de gestão, o presidente Antônio Oliveira Santos deixará o cargo. Sem dúvida, este é um momento de renovação”, disse Laércio, acrescentando que além de ações para ampliar a transparência e a divulgação de ações, tem entre as suas propostas a delimitação do direito a apenas uma reeleição na CNC.

Direcionada 

O vereador Cabo Amintas (PTB), denunciou ontem que a licitação do Forró Caju pode estar sendo direcionada. O parlamentar chamou atenção para um parágrafo no pregão que ressaltava uma série de exigências que impediam empresas que já prestavam serviços à cidade, de concorrer novamente.  “Sabe onde vai parar isso? Na empresa que faz os eventos do Governo do estado. Eu vou verificar as informações que dizem que essa empresa não tem porte para atender ao Forró Caju, e aí terceiriza as coisas, naqueles velhos esquemas. Nesse momento, só vão concorrer à licitação, essa empresa e outra, chamada Agogô, que fez serviços na antiga Gestão do prefeito Edvaldo Nogueira e na Gestão do ex-prefeito João Alves Filho. Sabem que empresa é essa? É a empresa que, em 2015, fez o Forró Caju, contratou serviços de empresas daqui, não pagou aos empresários e que é suspeita de várias maracutaias. É direcionado ou não é?”, questiona Amintas.

Desemprego

O alto índice de desemprego no Brasil e, em especial em Sergipe, foi o assunto que levou o deputado Valadares Filho (PSB-SE) à tribuna da Câmara, nesta semana. O deputado destacou que, em Sergipe como um todo, a taxa de desemprego fechou o ano de 2017 em 13,4%; mas em Aracaju, no segundo trimestre de 2017, a taxa foi de 16,0%. “Isto é, taxa bem superior à nacional”, destacou o parlamentar.

Mais 2 para Aracaju

O vereador Elber Batalha utilizou a tribuna da Câmara Municipal, enquanto líder do Partido Socialista Brasileiro (PSB), para falar sobre a contribuição de seu partido através de emendas para Aracaju e várias entidades que prestam serviço ao município. Elber disse que o mandato do deputado Valadares Filho tem contribuído com Aracaju.  “O deputado liberou mais de 2 milhões em recursos direcionados à administração municipal. Para que se registre que não fazemos política como oposição irresponsável, como muitos tentam passar aqui. Quero agradecer ao vice-líder do prefeito, Thiaguinho Batalha, que, publicamente, agradeceu ao gesto de Valadares Filho e ao PSB e reconheceu os recursos”. Finalizou o vereador.

 




Tópicos Recentes