21/05/2018 as 06:11

Tiro curto do Galego intensifica a luta do vice

Parece que a disputa pela cadeira de vice governador na chapa do governador Belivaldo Chagas (PSD)

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Parece que a disputa pela cadeira de vice governador na chapa do governador Belivaldo Chagas (PSD), vai se intensificar. Todos sabem que o Galego,  segundo a legislação eleitoral, só poderá disputar esta reeleição, e daí político que não é bobo, começa a lutar pela vaga de vice  da chapa governista. A luta será árdua, eles pensam na frente, sabem que o atual governador após esta disputa irá para casa ou terá que disputar outro mandato. É aí que começa a importância da figura do vice, fatalmente ele comandará a sucessão em 2022, por isto a briga partidária para a indicação desta vaga, será de Titãs, existem interesses de todos os partidos integrantes da situação pela vaga.

O Partido dos Trabalhadores,  o MDB e o PCdo B estão de olho naquilo, sabem que a posição de vice vai influenciar decisivamente nas eleições vindouras, tanto é que já preparam seus vices prediletos. Pelo PT a sempre simpática Eliane Aquino, segundo analistas políticos (aí eu me incluo), seria o sonho de consumo do Galego de JB e do PT que ganharia uma importância muito grande no atual tabuleiro político. No MDB, o deputado federal Fábio Reis tenta a todo custo,  que o seu partido tenha a vaga e já anunciou que tem um nome para a disputa, o do empresário e ex-deputado Marcos Franco, que segundo Fábio faria a renovação dos quadros do partido. Correndo por fora,  mas com uma vontade enorme de abocanhar a vaga, está o PCdoB do prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira o popular Foguinho Zabumbeiro, que de bobo não tem nada e mira no cargo para comandar as eleições de 22, onde com certeza se tudo der certo como ele planeja, os sergipanos poderão ter Foguinho como candidato ao governo do estado.

Achismos jurídicos

O pré candidato ao senado federal Heleno Silva (PRB), disse neste domingo que será candidato sim ao senado. Heleno disse “aos sergipanos que continua pré-candidato ao Senado da República pelo meu partido, o PRB”. Segundo ele, “não serão achismos jurídicos, interpretações da legislação eleitoral ou campanhas difamatórias que irão desviar o foco de um projeto coletivo que pertence à maioria esmagadora de famílias sergipanas, que carecem de um representante em Brasília com o nosso perfil: uma pessoa do povo, que já sentiu na pele o que é ser sertanejo e que por isso, voltará a ser uma voz ativa e constante no Senado em defesa de quem mais precisa”.

Habeas Corpus

Heleno falou que está tranqüilo quanto à sua situação jurídica,  e explicou que o HC garante o registro da sua candidatura no momento certo: “Esquecem, esses adversários políticos, que o maior julgamento é o das urnas. Sabem que se Heleno Silva, o menino pobre que nasceu em um povoado de Monte Alegre, registrar sua candidatura e for para as ruas pedir votos, as chances deles são nulas”. O pré candidato disse ainda que continua forte “porque vocês estão do meu lado, e tenho certeza que será assim até o dia 7 de outubro. Sigamos em frente. Juntos, na força e na fé, até a vitória do povo de Sergipe”.

O mago de André

Ontem recebi mensagem no zap do homem do marketing do deputado federal André Moura (PSC), o sempre simpático Davi Leite. Davi questionava a publicação Caluniosa, Irresponsável e Malandra que você pode conferir através do link http://alonews.com.br/colunista/2018/05/14584/caluniosa-irresponsavel-e-malandra.html. O mago de André questionava o meu posicionamento contra uma publicação de um dos blogueiros sergipanos que tentou ligar o deputado federal Valadares Filho a Operação Delivery. Mesmo respeitando o posicionamento de Davi continuo com o posicionamento de achar que tudo não passa de uma tática de guerrilha comandada pelo marketing.

Estréia

Considerado um dos principais representantes do jornalismo político sergipano, Ivan Valença tem se destacado há mais de 50 anos no estado pelas suas análises políticas contundentes e pelo estilo original de escrita e observação dos bastidores políticos. Nesta semana, ele estreará uma coluna no Portal Alô News, onde abordará tanto assuntos ligados à política sergipana como à nacional.

Separação consensual

Parece que o barco empenou e o casal vinte da política sergipana formado pela prefeita de Capela Silvany e o ex-prefeito Sukita já não dividem os mesmos lençóis. Vixe, falei como colunista social, meus sais please. Como parece ter sido consensual, a separação não trará ao ex-prefeito nenhum tipo de prejuízo político e Silvany continuará pelo menos politicamente ao lado ex-prefeito e ex marido Sukita, que parece ter ainda mais um revés para cuidar, a sua inegibilidade.

PP forte

O Partido Progressista de Sergipe que tem como presidente o deputado federal Laércio Oliveira, ganha corpo no estado. Nesta segunda o governador Belivaldo Chagas (PSD) empossa os novos presidentes da Sergas e da Codise às 11 horas  no auditório da Codise. Eugênio Dezen deixa a direção da Codise para assumir a Sergas e em seu lugar assume José Matos Lima Filho. A Sergas é uma sociedade de economia mista, criada em 1993, com as atribuições de adquirir, armazenar, transportar, distribuir, comercializar e prestar serviços correlatos na área de energias renováveis e gás. A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise) é uma empresa de economia mista do governo de Sergipe, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia.

 




Tópicos Recentes