28/05/2018 as 05:52

Linha direta

As eleições de 2018 podem trazer um novo ingrediente para a política estadual, a comunicação direta entre os possíveis candidatos e o povo

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

As  eleições de 2018 podem trazer um novo ingrediente para a política estadual, a comunicação direta entre os possíveis candidatos e o povo, seus futuros eleitores. Sempre achei que a interlocução das lideranças municipais com o eleitor fosse extremamente importante para a formação do mapa político do estado, ou seja, sempre considerei que ter grupo fosse o principal ingrediente para uma campanha vitoriosa, mas parece que esta máxima deve cair nas eleições deste ano, e tudo por causa de uma novidade que a maioria dos políticos começaram a se atentar nesta eleição, as mídias sociais.

A Internet será fundamental para a disputa deste ano, a  maioria dos políticos terão que se comunicar com os seus prováveis eleitores através do Facebook, Instagram, Twitter, Zap e outras mídias sociais disponíveis na Net. A campanha eleitoral será de tiro curto, é humanamente  impossível para este ou aquele candidato visitar na companhia da liderança local as casas do seu futuro eleitor, por isto, cresce a importância das mídias sociais. Se você fizer um exercício de volta ao passado, quem não se lembra daquele velho cabo eleitoral com a sua famosa pastinha debaixo do braço, depois veio a época da liderança geralmente representada por um vereador ou pelo prefeito municipal, aquela figura que crescia em importância na época eleitoral. Pois é, ele continua por aí, mas para ganhar mesmo as eleições o candidato terá que ter uma ligação direta com o povo, este sim o grande senhor, que vai decidir quem irá governar o país, o estado e eleger seus representantes para o senado, câmara e assembleias legislativas.

Nomeada

A Procuradora do Trabalho Vilma Leite Machado Amorim, foi nomeada pelo presidente Michel Temer (MDB),  para exercer o cargo de juíza do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª região. A nova juíza é esposa do senador Eduardo Amorim (PSDB) e sua nomeação foi publicada no DOU no dia 25 de maio.

Atrasado

O prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira o popular Foguinho Zabumbeiro (PCdoB), esteve reunido na tarde de ontem na sede da prefeitura com os seus auxiliares. O objetivo da reunião  foi o de buscar soluções para o funcionamento da cidade em virtude da greve dos caminhoneiros. Um pouco atrasado o Foguinho , mas antes tarde do que nunca.

Chepa

O pré candidato ao governo do estado Mendonça Prado (DEM), foi o entrevistado da semana na Exclusiva do Alô. Segundo Mendonça a chapa lançada pelo PSDB, PSC e PRB  não é uma chapa, é uma chepa! É uma chapa reprovável né? De pessoas que demonstraram ao longo da vida pública procedimentos que eu acho que são ruins para o estado de Sergipe.

Explodir no ar

O deputado André Moura, por exemplo, é quase que manchete permanente de notícias negativas. O senador Eduardo Amorim que antigamente tinha o piloto que era o Edvan Amorim, agora tem o co-piloto que é André Moura. Acho que é um avião fadado a explodir no ar e ocasionar a desgraça de toda a tripulação. Então eu acho uma chapa muito ruim para o estado de Sergipe e é por isso que nós precisamos apresentar alternativas pra Sergipe não cair na desgraça de ter o governo conduzido por essas pessoas.

Inveja

O senador Valadares (PSB), disparou um twiitter enigmático ontem a noite. Confira o que postou o senador: A inveja de alguns é o culto dissimulado à admiração pelo que você é, pelas suas conquistas, ou pelo sucesso alcançado em sua carreira. O invejoso é atormentado por perguntas que martelam o seu cérebro e, no seu delírio doentio, não consegue responder: “Por que ele, por que não eu? Afinal, ao me olhar no espelho, este me diz que sou o melhor, e por que diabos eu não ocupo o lugar dele?” Esse é o desprezível sintoma do psicopata invejoso.

Sanguessuga

O ex-governador e pré-candidato ao senado federal Jackson Barreto (MDB) disse que “Heleno Silva é um ficha suja, e está ludibriando o povo. Heleno responde a um processo antigo, o sanguessuga, aquele caso das ambulâncias e está enganando a população dizendo que pode ser candidato. Ele não pode ser candidato. Hoje ele não pode ser candidato. Ele está impedido pela Lei da ficha limpa”, desabafou o ex-governador. Ao se referir ao ex-pastor e deputado federal Jony Marcos, Jackson foi mais duro e disse que “esse ainda é pior, porque esse votou contra Dilma, é também um golpista”, desabafou o ex-governador.

 




Tópicos Recentes