04/06/2018 as 09:54

Em sua terceira Copa seguida, Uruguai busca surpreender mais uma vez

Especial Copa do Mundo

Copa do Mundo Rússia 2018
Por Dhiogo Oliveira e Iago Rick
Foto: (GABRIEL APONTE/LATINCONTENT/GETTY IMAGES).<?php echo $paginatitulo ?>

Segunda colocada nas eliminatórias sul-americanas, a seleção uruguaia é marcada por ter uma forte defesa liderada por Godín e um dos ataques mais invejados do mundo, com Cavani e Luis Suárez. Por outro lado, carece de um meio campo de alto nível e muitas vezes sofre para articular jogadas ofensivas.

A depender da já conhecida garra pode surpreender e se mostrar um osso duro de roer para outros adversários. O problema, no entanto, é que o futebol não é feito só disso.

Palpite do Alô - Não terá muitas dificuldades para avançar da fase de grupos, porém, é muito improvável que vá além das quartas de final.
 
Melhor colocação - Campeã em 1930 e 1950.
 
Destaque - Luis Suárez (Atacante).
 
Ranking FIFA - 12º
 
Convocação: Goleiros: Fernando Muslera – Galatasaray (Turquia), Martin Silva – Vasco (Brasil), Martín Campaña – Independiente (Argentina);

Defesa: Diego Godín – Atlético de Madrid (Espanha), Sebastián Coates – Sporting CP (Portugal), José Maria Giménez – Atlético de Madrid (Espanha), Maxi Pereira – Porto (Portugal), Gastón Silva – Independiente (Argentina), Martín Cáceres – Lazio (Itália), Guillermo Varela – Peñarol (Uruguai);

Meio-campo: Nahitan Nández – Boca Juniors (Argentina), Lucas Torreira – Sampdoria (Itália), Matías Vecino – Inter de Milão (Itália), Rodrigo Bentancur – Juventus (Itália), Carlos Sánchez – Monterrey (México), De Arrascaeta – Cruzeiro (Brasil), Diego Laxalt – Genoa (Itália), Cristian Rodríguez – Peñarol (Uruguai), Urreta – Monterrey (México)

Ataque: Cristhian Stuani – Girona (Espanha), Maximiliano Gómez – Celta de Vigo (Espanha), Edinson Cavani – PSG (França), Luis Suárez – Barcelona (Espanha).

 

 




Tópicos Recentes