09/06/2018 as 06:29

Há um remédio para o erro, reconheça que errou

Tenho que dar as mãos a palmatória

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Tenho que dar as mãos a palmatória, errei, não sou de buscar desculpas para o meu erro, mas vacilei quando desprezei de inicio a força eleitoral do deputado federal Valadares Filho (PSB), apesar de não esconder de ninguém que gosto do cara, sou um eleitor penta, ou seja, já votei na figura cinco vezes, nas três vitorias e as duas derrotas na breve carreira política do deputado. Nesta sexta, quando VF oficializou a sua pré-candidatura à Governador do Estado de Sergipe, reconheci que errei. Há mais ou menos quatro meses quando foi lançado o balão de ensaio da candidatura dele ao governo do estado desprezei, cheguei até a acusar a sua assessoria de fumar um do demo, mas quando cheguei para cobrir o evento de lançamento que foi realizado na sede do partido, em Aracaju, não tive outra opção a não ser reconhecer o meu erro, fazer o que, todos temos o direito de errar.

Manhã carrancuda, muita chuva, mas os apoiadores da candidatura de Valadares não arredaram o pé, o evento contou com a presença de amigos, partidários, vereadores do interior e da capital, prefeitos e pré-candidatos, que neste primeiro momento demonstraram que o PSB tem grupo e pessoas  que embarcaram no sonho de ter um “Sergipe melhor, com ética e respeito ao povo”, segundo o próprio Valadares Filho. Já o senador Valadares afirmou que  “não é uma proposta apenas de combate à corrupção, mas é uma proposta que se volta a resolver os problemas da educação, emprego, segurança pública e da saúde no estado”, disse o senador. Na solenidade também foi apresentada a pré-candidatura ao senado federal do presidente licenciado da OAB Sergipe Henri Clay, que discursou enaltecendo as qualidades de Valadares Filho. Segundo Clay, VF "sempre foi atento às grandes causas sergipanas. Ficha limpa, vida limpa”. Sacanagem mesmo foi agüentar as gozações da assessoria do deputado, que a toda hora me dizia, e aí, você também está doidão?

André e o INSS

Recebi na quarta feira uma denúncia contra o deputado federal e líder do governo Temer no Congresso nacional, o cristão André Moura (PSC). Procuro ter a responsabilidade de checar a noticia antes de publicar, o fiz. Liguei para Associação dos servidores do instituto que confirmou a deúnncia, e revelou ainda que grande parte da diretoria da autarquia federal tem o dedinho do deputado federal, aí não tive duvidas, publiquei. Recebi também ontem pela manhã um zap do poplíder que contestava a informação dizendo que,  “ se soltarem uma bomba ou se chover canivete no INSS, serei eu o responsável. Já vi que sou eu quem nomeio todo mundo no governo”.  Demos muita risadas, eu e o poplíder.

Medidas duras

O governador Belivaldo Chagas (PSD),  reuniu dirigentes do primeiro e o segundo escalão do Governo do Estado para apresentar os resultados do primeiro semestre e as metas para o segundo semestre de 2018. Na reunião, o governador baixou uma ordem unida para que os seus assessores adeqüem as despesas ao tamanho do Orçamento do Estado. Ele mostrou  uma série de medidas de contenção de despesa. O encontro foi no Palácio de Despachos. Xiiiiiiii, secretario e dirigente gastador vai se dar mal.

JB e o PT

O pré-candidato ao Senado por Sergipe, Jackson Barreto (MDB), participou do lançamento da pré-candidatura de Luis Inácio Lula Silva (PT), a presidente da República, que aconteceu à noite na cidade de Contagem/ MG. Jackson disse  que  “como todo mundo junto, me lembrou muito o ano de 1994, em Sergipe, quando conseguimos eleger os dois senadores da nossa chapa e o então deputado federal Marcelo Déda”. Os dois senadores eleitos foram Antônio Carlos Valadares (PSB) e José Eduardo Dutra (PT). JB aproveitou o momento e conversou com a ex-presidente Dilma.

Alckmin em Sergipe

O presidente estadual do Partido da Social Democracia Brasileira de Sergipe (PSDB-SE), pré-candidato ao governo do Estado, e senador por Sergipe, Eduardo Amorim, convidou a imprensa  para participar de coletiva com o pré-candidato a presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), no próximo dias 11, às sete da manhã em um dos hotéis da orla de Aracaju. O pré-candidato que estará visitando o estado de Sergipe para realizar atividades da sua pré-campanha, logo após a coletiva  faz palestra e almoça com empresários sergipanos.

Habemus secretário

Fumaça branca no Taj Mahal para anunciar o novo secretario de estado da Saude do governo de Sergipe. O governador Belivaldo Chagas (PSD) efetivou o médico Valberto de Oliveira Lima como titular da Secretaria de Estado da Saúde. Ele é ex-secretário-adjunto e atuava interinamente na pasta desde o dia 2 de maio.“Valberto tem sido o braço direito do governador enquanto superintendente da secretaria de estado e queria aqui anunciar que, esta tarde, estarei assinando o decreto efetivando Valberto como novo secretário da Saúde. Ele é um médico cirurgião competente, que sabe a importância que é a saúde tem para todos”, afirmou Belivaldo Chagas.

Frio do cabrunco

O inverno em Sergipe deve ser de muita chuva e temperaturas mais baixas, em torno dos 20ºC. É o que prevê o Centro de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh). A previsão é que entre julho e agosto, as regiões do agreste e sertão fiquem mais frias, com temperatura mínima em torno de 14 a 15°C. Já na capital, as mínimas podem oscilar entre 19°C e 20°C, as máximas entre 27 e 28°C e temperatura média de 24 e 25°C. Tire o casaco do armário ou durma agarradinho. Só a fogueira junina e a politica podem esquentar o inverno sergipano.

 




Tópicos Recentes