04/09/2018 as 06:21

Valadares Filho continua liderando corrida sucessória, confira nova pesquisa.

Registrada no TSE sobre o número SE - 0486712018, a pesquisa ouviu 1.112 eleitores de 13 municípios, no período de 28 de agosto a 2 de setembro

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

A TV Atalaia divulgou nesta segunda-feira, 3, no Jornal do Estado, pesquisa de intenção de voto realizada pelo Instituto Única para o governo e o Senado em Sergipe. Registrada no TSE sobre o número SE - 0486712018, a pesquisa ouviu 1.112 eleitores de 13 municípios, no período de 28 de agosto a 2 de setembro. O nível de confiabilidade é de 95,45% e 3% de margem de erro. A pesquisa demonstra divergências claras e evidentes, com relação a pesquisa que foi divulgada pelo Instituto Dataform no começo do dia de ontem. Em uma analise rápida, pode-se constatar que o número de municípios pesquisados pela Única foi bem menor do que o pesquisado pelo Dataform; talvez aí resida a discrepância dos resultados, quando um Instituto resolve abrir um leque maior de municípios pesquisados. A opinião dos seus munícipes pode mudar o resultado geral por causa da influência que os candidatos podem ter na região pesquisada. Um exemplo do que digo é a força eleitoral de Valadares Filho (PSB) na região metropolitana de Aracaju, ou até mesmo a força de Eduardo Amorim (PSDB), na região Agreste do estado, ou a regularidade da influência das obras do governo em municípios de pequeno porte onde se sobressai o nome do governador Belivaldo Chagas (PSD). Enquanto isto, assessores, marqueteiros e Cia. continuam se esguelhando para chegar perto de um eleitorado desconfiado e esperando o dia sete de outubro com uma vontade enorme de cravar a sua decisão.

Confira os percentuais dos candidatos para o governo do estado , senado federal e as  respectivas rejeições dos candidatos, na pesquisa ÚNICA/ TV ATALAIA

Governo

Valadares Filho (PSB) - 18,9%

Eduardo Amorim (PSDB) - 16,8%

Belivaldo Chagas (PSD) - 12,9%

Dr Emerson (REDE) - 4,9%

Mendonça Prado (DEM) - 3%

Márcio Souza (PSOL) - 2,3%

João Tarantella (PSL) - 2,2%

Milton Andrade (PMN) - 1,3%

Gilvani Santos (PSTU) - 0,4%

          REJEIÇÃO

Eduardo Amorim - 24,2%

Belivaldo Chagas - 17,9%

Valadares Filho - 17,7%

Mendonça Prado - 12,7%

Tarantella - 8,6%

Dr Emerson - 7,8%

Márcio Souza - 6,6%

Gilvani - 6,6%

Milton Andrade - 5,7%

A pesquisa mostrou que 19,4% dos eleitores ainda estão indecisos em quem votar para o governo e 17,9% disse que votariam branco.

Senado

Antonio Carlos Valadares (PSB) - 18,9%

Jackson Barreto (MDB) - 9%

André Moura (PSC) - 7,6%

Pastor Heleno (PRB) - 5,8%

Alessandro Vieira (REDE) - 5,6%

Rogério Carvalho (PT) - 4,9%

REJEIÇÃO

Jackson Barreto - 32%

André Moura - 18,1%

Valadares - 10,9%

Rogério - 9,6%

Heleno - 9%

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Com o objetivo de criar um programa de prevenção contra o alto índice de violência e a redução de homicídios no Estado, foi apresentada à mesa diretora da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) a indicação nº 198 do deputado estadual Robson Viana (PSD), que solicita ao Governo a criação de um Programa de Prevenção contra a Violência denominado Selo pela Vida. De acordo com o documento apresentado, o jornal Folha de São Paulo mostrou que a taxa de homicídios de pessoas entre 15 e 29 anos é o dobro da média nacional e mais de seis vezes a taxa global de homicídios, segundo a Organização Mundial de Saúde. O autor da indicação, deputado Robson Viana (PSD), explicou que a questão precisa ser de interesse de toda a sociedade. “Devemos caminhar de mãos dadas selando um trato pela vida”.

GEORGE MAGALHÂES

Em nota divulgada pela FAN FM, o radialista George Magalhães, que está sendo acusado de cometer um suposto estupro contra uma funcionária de um condomínio, informa que está ampliando sua assessoria jurídica com a contratação do advogado Evânio Moura, que soma-se ao advogado Getúlio Sobral. A assessoria atuará na defesa do radialista e no acionamento jurídico dos responsáveis pelos crimes cibernéticos, de injúria e de danos morais dos quais George Magalhães está sendo vítima. Encontrei Dr. Getúlio ontem no DAGV e coloquei este espaço à disposição do nobre acusado para a publicação de sua defesa. Mais tarde liguei para o Dr. Evânio Moura com a mesma intenção e ele não respondeu às ligações.

INDEFERIDOS

O TER julgou os pedidos e indeferiu quatro registros de candidaturas. Entre os indeferimentos estão os pedidos de registro de candidatura formalizado pelo deputado estadual Tijói Evangelista [o Adelson Barreto Lima], que tenta a reeleição, e também de Pedro Firmino, ex-vereador, que também disputa vaga na Assembleia Legislativa. No caso de Tijói Evangelista, o registro de candidatura foi indeferido por apresentação de documentação incompleta e Pedro Firmino por não apresentar prestação de contas à justiça eleitoral em tempo hábil. Também foi indeferido o registro de candidatura do segundo suplente de senador, George Thadeu Franca Campos (PSL), por ausência de sigla partidária, e de Aline Barbosa da Silva (PSL), por ausência de idade mínima para concorrer ao cargo de deputado estadual.

QUEBRADO DE ONDA

O candidato condenado em segunda instância, o filho do vaqueiro Manoel Messias Santos, o popular Sukita, aquele mesmo que declarou à justiça eleitoral possuir uma pequena quantia em dinheiro, continua tirando onda em Sergipe. Segundo vídeo gravado e disponibilizado nas mídias sociais, Sukita anda pensando que o “povo ainda é besta, ele esperava um alvoroço na cidade, as pessoas correndo se batendo nos postes uma nas outras atrás do helicóptero nos seus vôos rasantes pela cidade”. Ainda segundo a publicação “era melhor Sukita  chegar de kombi. Em tempo, o filho do vaqueiro deve ter sua candidatura indeferida com base na Lei de que condenado em segunda instância não pode ser candidato.

ASSASSINATOS

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) revelou-se assustada ao averiguar que o Estado de Sergipe foi o que registrou maior taxa de assassinatos de negros, num comparativo com a média nacional. “São 79 negros mortos para cada 100 mil habitantes”, constatou a senadora democrata, referindo-se aos números do Atlas da Violência deste ano, elaborados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Pelos dados compilados, destacou a senadora, as maiores taxas de assassinatos de negros no Brasil se encontram em Sergipe e Rio Grande do Norte, como 70,5 mortos para cada 100 mil habitantes. “Curiosamente, as menores taxas de homicídios de negros foram registradas em São Paulo, Paraná e Santa Catarina. “É um dado alarmante e muito preocupante, pois denota o alto grau de racismo que enfrentamos”, afirmou Maria do Carmo, para quem “a cor da pele não pode ser parâmetro para se promover o desrespeito e a indignidade humana”. 

SINDIFISCO

Em encontro realizado na tarde desta segunda-feira (3), na sede do Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe (Sindifisco), em Aracaju, o candidato ao governo pela coligação “Um Novo Governo para Nossa Gente”, Valadares Filho, ouviu dos auditores fiscais a incoerência da política de concessão benefícios fiscais à grandes empresas no momento em que o estado está quebrado e a crise financeira inviabiliza investimentos capazes de  melhorar os indicadores econômicos. Primeiro candidato a participar da série de debates do grupo Fisco, Valadares Filho afirmou que o Estado não pode abrir mão de atrair novos empreendimentos e que em seu governo o diálogo e a negociação serão utilizados a fim de encontrar saída para esse “impasse”. “Vamos buscar uma saída para conquistar novas empresas sem abrir mão da arrecadação, é o equilíbrio entre arrecadar e conceder benefícios, que geram empregos”, disse o candidato, reafirmando a sua política de diálogo com toda a sociedade para alcançar o objetivo de reconstruir Sergipe e resgatar sua economia. (Da assessoria)




Tópicos Recentes