10/09/2018 as 11:25

Teoria da Conspiração

Ponto de Vista, Port Ivan Valença

Ponto de Vista

Política
Por Ivan Valença
Foto: (Fabio Motta/Estadão Conteúdo).<?php echo $paginatitulo ?>

Não é da cultura do brasileiro atentados contra suas estrelas políticas principalmente quando em campanhas pelo Brasil afora. Assim não deixou de ser uma enorme surpresa, o atentado que retirou da cena política, pelo menos por alguns dias, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, atingido por uma facada na barriga quando fazia corpo a corpo numa praça pública do município de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

O candidato da direitona era sempre o líder das pesquisas, quando estas não contavam com o nome do Presidente Luiz Inácio da Silva, preso num cubículo da Polícia Federal de Curitiba e insistindo, com todas as suas forças, para se liberar da cadeia e ir para as ruas fazer campanha. Tá difícil, tá complicado.

O provável substituto de Lula, o ex-Prefeito de São Paulo, Sr. Fernando Haddad, deverá ser anunciado oficialmente hoje, mas há dez dias não assusta ninguém. As pesquisas não sorriem para ele, nem muito menos os petistas que não querem abrir mão de Lula como candidato.

Neste quadro complicado, o líder das pesquisas sempore foi Bolsonaro. Como entender que ele vá fazer campanha junto ao povão, numa praça pública, sem usar coletes a prova de bala? Teria sido o único dia em que preferiu deixar o colete em casa. Pois a faca chegou ao corpo de Bolsonaro justamente pelo único espaço livre, aberto, e assim causou-lhe um estrago fantástico, a ponto de afastá-lo da campoanha pelos próximos dias – quantos? 10 oui mais?

Há quem tenha teoria para tudo neste mundo. No caso Bolsonaro ,também. Tem muita coisa a explicar: como um desempregado está há 15 dias em Juiz de Fora hospedado numa pensão, onde guardava entre seus alfarrábios nada menos que quatro celulares?. Como ele arranjou dinheiro para ir a Florianopolis treinar tiro ao alvo (um esporte de elite) no mesmo clube onde treinavam os filhos do presidenciável? Tem muita história mal contada neste “imbróglio” todo, não é mesmo?




Tópicos Recentes