28/09/2018 as 06:48

Belivaldo representa, perde e DatAlô confirma pesquisa

Coligação do governador entrou com uma representação tentando barrar na Justiça Eleitoral a pretensão do Instituto DatAlô de realizar mais uma rodada de pesquisas

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

A Coligação Pra Sergipe Avançar comandada pelo atual governador e candidato a reeleição Belivaldo Chagas (PSD), representada pelos advogados Jairo Henrique Cordeiro de Menezes e Paulo Ernani de Menezes, entrou com uma representação tentando barrar na Justiça Eleitoral a pretensão do Instituto DatAlô de realizar mais uma rodada de pesquisas, que irá a campo a partir desta segunda-feira e terá os seus resultados publicados nas vésperas das eleições de 2018, com o argumento de que euzinho aqui, Gestor Público, Radialista e Jornalista conhecido como Junior Valadares fosse “suposto parente” do candidato a governador Valadares Filho (PSB). Logo meu amigo Belivas, o Galego sabe que meu parentesco com os Valadares é tão longe, que deve estar na Conchichina, a vida política de Belivaldo tem uma ligação muito maior  que meu parentesco com os Valadares . Sergipe é terra de muro baixo, todos se conhecem, principalmente o meu amigo pessoal o Galeguinho, que conheço há mais de 31 (trinta e hum anos).  Belivaldo Chagas, que foi a primeira pessoa a quem fui apresentado em Sergipe quando vim morar no meu estado e na cidade do meu coração. Lembra amigo? Nos conhecemos na Segrase, empresa que você presidia à época, indicado pelo então governador Antonio Carlos Valadares, eu lembro, foi um momento marcante na minha vida.

Sempre mantive com o governador, apesar da importância que o seu cargo exige, uma relação harmoniosa e tranqüila, gosto do cara, ainda como vice-governador e secretário chefe da Casa Civil fui recebido pelo Galego várias vezes em audiência, fui até criticado várias vezes pela assessoria do senador Valadares em ser rato de palácio, mas ali ia convidado pelo amigo Belivas, nunca perdi uma chance de rever o cara  quando era convidado. Mas amigo perdoa, sei que o momento para o Galego é de agonia, apesar de toda a estrutura governamental, não consegue passar o primeiro colocado nas pesquisas o deputado federal Valadares Filho (PSB). Desta vez, o cirurgião Carlos Cauê não consegue esconder o desastre da administração de Jackson Barreto (MDB) no governo de Sergipe, quando  Belivaldo assumiu escrevi neste espaço que a sua administração era de tiro curto, ele não podia errar, mas errou, um dos seus equívocos foi o episodio da saída do ex-secretário Almeida Lima da Saúde, a decisão do galego deveria ser rápida, mas  se prolongou, vários críticos chegaram a dizer que o governador era fraco, eu discordei, mas vida se segue, apesar de chateado, não guardo mágoas de meu amigo Belivaldo, a quem vou dar o beneficio de ter duvidado da idoneidade da pesquisa  e disponibilizar a ele e sua equipe todos os formulários do levantamento  que o Instituto DatAlô ira realizar, alem é claro lembrar ao candidato que na outra pesquisa realizada pelo Instituto sua equipe comemorou a sua curva de crescimento com peças publicitárias que rolaram nas mídias sociais, um abraço meu amigo e fique com Deus.

DESCABIDA

O governo do Estado estranhou  a afirmação do senador Valadares de que anunciar o calendário de pagamentos dos servidores seja uma “jogada eleitoral”. Todos os meses, o governo anuncia as datas de pagamento dos servidores nos mesmos moldes, e esse mês não poderia ser diferente, devido ao fato de termos eleições no dia 7 de outubro. O calendário deste mês repete os mesmos critérios adotados pelo governo nos últimos quatro meses, onde recebem dentro do mês 70% dos servidores públicos. Todos os demais funcionários públicos estaduais, que representam 30% dos servidores, recebem na íntegra, no dia 12 de outubro. Segundo o governo a acusação do Senador Valadares é descabida e visa criar uma falsa polêmica, já que não há alteração nenhuma em relação aos últimos quatro meses da gestão do governador Belivaldo Chagas.

FHS

O Projeto de Lei (PL) 98/2018 foi aprovado por unanimidade em votação que aconteceu nesta quinta-feira, 27, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). O PL regulamenta, oficializa e garante estabilidade, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), aos trabalhadores da Fundação Hospitalar da Saúde (FHS) a partir de março de 2019. De acordo com informações do diretor Jurídico da Secretaria de Estado da Saúde, Max de Carvalho Amaral, o PL produzirá seus frutos a partir de 30 de março de 2019. “A Fundação Hospitalar de Saúde vai existir até que o último funcionário se aposente, que se garanta o vínculo empregatício”, disse Max. Segundo ele, "o projeto de lei veda o ingresso de novos funcionários à FHS. O acesso de servidores se dará através de concurso público realizado pelo Estado para servir na Secretaria de Estado da Saúde, que voltará a ter o quadro próprio”.

PALANQUE

A pedido do Ministério Público Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE-SE), proibiu a realização de quatro festas patrocinadas pela Prefeitura de Tobias Barreto, que aconteceriam nos próximos dias 28, 29 e 30 de setembro. Para o MP Eleitoral, os eventos seriam usados como palanque político pela candidata a deputada estadual Diná Almeida, que é esposa do prefeito do município, Diógenes José de Oliveira Almeida. A decisão liminar foi concedida nesta quarta, 26/09. Segundo a investigação, iniciada pelo promotor eleitoral da Comarca de Tobias Barreto, Paulo José Francisco Alves Filho, a prefeitura do município planejava executar quatro eventos no fim de semana anterior à eleição: Festival de Arte de Tobias Barreto (Tobiarte), Feira de Artesanato e Confecção de Tobias Barreto (Factob), Festa do Vaqueiro de Tobias Barreto e Tradicional Festa de Setembro de Tobias Barreto. Para a realização dos eventos, a Prefeitura Municipal assinou contratos no valor de R$ 1,3 milhão de reais, apesar de, desde março, o município ter decretado situação de emergência por conta da seca.

TURISMO

O candidato a governador de Sergipe Valadares Filho (PSB) pretende revolucionar o Turismo em Sergipe. Dentre as medidas propostas pelo candidato, destacam-se a profissionalização do setor e qualificação da sua mão de obra para melhorar o atendimento. Valadares Filho propõe ainda a criação de programas para incentivar investimentos privados, a exemplo do Aqui Simples, e do Bureau de Atração de Investimentos, buscando estimular investimentos da iniciativa privada. Outra medida proposta pelo candidato é a criação e divulgação de um calendário de eventos. A conclusão do Centro de Convenções é, no entendimento de Valadares Filho, “essencial” para o incremento do turismo de negócios.  Apesar de ele, na Câmara Federal, e Antonio Carlos Valadares, no Senado, terem garantido recursos para a obra, o equipamento ainda não foi concluído. Será  no seu governo, assegura o candidato, acrescentando que vai trabalhar para destravar programas federais, como o  Prodetur, e viabilizar recursos para investir na promoção de Sergipe como destino turístico nacional e internacionalmente.

3 MILHÔES

A deputada estadual e ex-prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça está sendo cobrada pela Fundação Nacional da Saúde (Funasa) para que devolva R$ 3.337.667,62 aos cofres da União. O pedido de devolução feito pela Funasa foi pelo fato de que no ano de 2003 e 2004 o Município de Itabaiana recebeu recursos federais por meio dos convênios Funasa nº 1307/2003 e 1066/2004 para implantar sistema de esgotamento sanitário na sede municipal de Itabaiana. As obras desse convênio tiveram início na gestão do ex-prefeito Luciano Bispo de Lima (gestão 2000/2004), tendo sido assumida a continuidade pela ex-prefeita Maria Vieira de Mendonça (2005/2008). Porém, ao final de seu mandato, as obras, que são interdependentes, ainda estavam inacabadas e sem atingir sua etapa útil, ou seja, sem funcionar.

APOIO

Diversos produtores rurais do sul do Estado de Sergipe reuniram trabalhadores e lideranças políticas para declararem apoio à candidatura do delegado Alessandro Vieira 181 ao Senado. O ato aconteceu nesta quinta-feira, 27 de setembro, na zona rural do município de Cristinápolis e contou com a presença do prefeito Du de Juca, da vice Nega da Gente, e de vereadores e empresários do município. Durante o encontro, os produtores rurais leram a “Carta de Cristinápolis”, documento contendo demandas e necessidades da classe. O prefeito de Cristinápolis, Du de Juca, ressaltou a importância do voto de cada cidadão para que exista uma verdadeira mudança para melhor no Brasil. “Agora é a hora. Nós estamos a poucos dias da eleição, onde nós vamos decidir o destino do nosso país, do nosso Estado, e do nosso município. É por isso que eu estou aqui dizendo SIM ao delegado Alessandro 181 para senador de Sergipe. Um homem de ficha limpa, com uma história de trabalho de credibilidade, e nós precisamos dar esse voto de confiança a ele”, afirmou o prefeito.




Tópicos Recentes