04/10/2018 as 16:51

A morte de Charles Aznavour

Ponto de Vista, por Ivan Valença

Ponto de Vista

Política
Por Ivan Valença
Foto: (Divulgação).<?php echo $paginatitulo ?>

No século passado, a canção francesa teve três nomes imortais: Edith Piaf, Yves Montand e Charles Aznavour. Este último, vítima de um edema pulmonar morreu quando se preparava para ir tomar banho em sua casa no Sul da França, na manhã do último domingo. Enquanto o Brasil chorava a morte de Ângela Maria – a mais extraordinária voz da música popular brasileira –  a França ficou a especular o que teria acontecido. Afinal, no dia de ontem, veio o laudo: não se tratava de assassinato, mas de um edema pulmonar. Aznavour morreu aos 94 anos (Ângela Maria tinha 89 anos) sob o manto protetor do seu público na França que o reverenciava coo um deus.

Os seus pais eram franceses de Paris, como ele, que também nasceu em Paris – mas os seus ancestrais descendem todos da Armênia, país que ele amava como se fosse sua pátria. Nos anos 80 do século passado, Charles Aznavour fez uma primeira visita a Armênia que ainda estava ferida com a guerra civil que corroeu suas entranhas. Fez um show lá num  estádio de futebol e reuniu quase 20 mil pessoas que o aplaudiu sem parar. Aznavour saiu de lá com o título de Embaixador honorário da Armênia e isso só fez aumentar o seu amor pelo país.

Recordista de gravações na França, Aznavour deixou quase 50 discos gravados em francês, 20 em inglês, 10 em espanhol, 9 em alemão  e pelo menos 20 em italiano. No Brasil, esteve pelo menos três ve3zes para shows inesquecíveis, já que ele era um artista de primeira linha. Dono de uma voz exuberante e de um rítmo musical insuperável, Aznavour disse certa vez que compôs em torno de 800 canções. Não é exagero, pois só não entregou canções novas aos franceses de dois anos para cá.

Em 1955, Aznavour começou a carreira de ator cinematográfico.  Em pelo menos três filmes, Charles Aznavour brilhou: “Atire no Pianista” (ele é o pianista, naturalmente), “Um Taxi Para Tobruk” e “Passagem do Reno” fizeram sucesso até no Brasil. Embora não fizesse o tipo de galã, o corpo franzino  facilitava-lhe performances extraordinárias.

 




Tópicos Recentes