21/10/2019 as 06:23

Belivaldo assina carta de repúdio a Bolsonaro

Presidente chamou governador de Pernambuco de 'espertalhão', reivindicando autoria do 13º do Bolsa Família.

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

Governadores de oito estados do Nordeste assinaram uma carta de repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), após ele chamar o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), de espertalhão para falar da autoria do decimo terceiro salário do Bolsa Família. No documento, eles chamam a declaração de "ataque descabido e desrespeitoso". Os governos federal e estadual instituíram projetos semelhantes, mas em datas diferentes. A ideia do 13º do Bolsa Família de Paulo Câmara foi divulgada em agosto de 2018 e o de Bolsonaro, em outubro do mesmo ano, durante a campanha eleitoral. "Além de inverídica, a mensagem publicada possui um tom inaceitável, em qualquer situação, tornando-se ainda mais grave ao ser assinada pela mais alta autoridade do Poder Executivo nacional", diz o texto. A carta é assinada por Rui Costa (PT), da Bahia; Rena Filho (MDB), de Alagoas; Camilo Santana (PT), do Ceará; Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão; João Azevedo (PSB), da Paraíba; Wellington Dias (PT), do Piauí; Fatima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte; e Belivaldo Chagas (PSD), de Sergipe. Pormeio das redes sociais, o governador Paulo Câmara agradeceu a solidariedade dos governadores. Câmara també reagiu à declaração de Bolsonaro também por meio da internet.O texto do presidente da República foi divulgado com um vídeo postado por um seguidor. Nele, um homem afirma que o governador de Pernambuco estaria querendo "surfar na onda Bolsonaro".Na postagem, Bolsonaro escreveu que "a desonestidade ainda persiste na política. O espertalhão da vez agora é o governador de Pernambuco, do PSB. Mas o povo de bem reage às mentiras".

No vídeo publicado pelo presidente, aparece um homem, que está em frente a um outdoor de divulgação do 13º salário do Bolsa Família instituído em Pernambuco. Essa pessoa afirma que "foi o governo federal que fez isso".Em um texto publicado nas redes sociais, o governador de Pernambuco afirmou que "não faz sentido dedicar energia apenas para fabricar intrigas". Confira a cata dos governadores na íntegra: Nós, governadores do Nordeste, gostaríamos de expressar nossa solidariedade ao colega Paulo Câmara, de Pernambuco, vítima de um descabido e desrespeitoso ataque proferido, hoje, pelo presidente Jair Bolsonaro. Além de inverídica, a mensagem publicada possui um tom inaceitável, em qualquer situação, tornando-se ainda mais grave ao ser assinada pela mais alta autoridade do Poder Executivo nacional. É profundamente lamentável que a missão confiada ao atual presidente seja transformada em um vergonhoso exercício de grosserias e, neste caso, também na propagação de falsidades.A verdade dos fatos, apresentada na resposta do governador de Pernambuco, prevaleceu. Mas não poderíamos abrir mão de registrar esta nota de repúdio. O Brasil precisa de seriedade, solidariedade, espírito público e entendimento. O país precisa de reunião de esforços para superar enormes desafios. É fundamental que este compromisso, que todos esperamos ver cumprido pelos gestores públicos, não seja debochadamente ignorado por alguém que deveria ser uma de suas maiores referências. Continuaremos a postos, unidos, e firmes no trabalho a favor da população, também permanentemente atentos à manutenção de um ambiente que favoreça o diálogo, o respeito às pessoas e o fortalecimento da democracia.

BATE BOCA I

Depois das declarações de Felizola secretário chefe da casa civil e genro do atual governador, o ex senador e ex governador Valadares disparou: “Belivaldo entrou no Governo como defensor público sem concurso e se aposentou sem assinar uma petição”. Felizola em entrevista recente, disse que, Valadares enquanto governador foi um dos principais responsáveis pelos problemas financeiros enfrentados hoje pelo Governo do Estado, com a adoção da prática conhecida como “trem da alegria”. “Em 1988 e 1989, o estado quadruplicou o número de funcionários. Após esse fato, todas as gestões tiveram dificuldades e o déficit veio crescendo vertiginosamente. O estado não culpa os servidores, mas sim o Governo de Valadares, que inchou a folha de pagamento. Ele foi o grande responsável pela forma como aumentou o valor da folha de pagamento”, afirmou Felizola. E o bate boca continua, vou propor um debate entre o “criador” Valadares e a “criatura” Belivaldo.

BATE BOCA II

Infelizmente, a política em Sergipe desde há alguns anos mudou de cara e a mentira passou a ser usada por integrantes do staff do governo com a maior sem cerimônia, sem o mínimo respeito à população, tida por eles como desinformada, e disposta a aplaudir ou calar, sobre o que dizem os donos do poder notadamente contra membros da oposição. Fui acusado em entrevista numa emissora de rádio por José Felizola, genro do governador, chefe da Casa Civil, de ter sido o único causador da crise financeira que atravessa o Estado, por ter comandado, segundo ele, um trem de alegria quando fui governador. Pura invencionice na tentativa de desviar o foco do retumbante fracasso do governo, que não encontra saídas para a crise e atira para todos os lados, sem se importar com balas perdidas que podem atingir a quem não merece nem tem culpa no cartório. Ao contrário, fiz um governo austero e realizador, não houve trem de alegria nem nomeações em massa como fui acusado e de ter provocado um inchaço na folha do Estado.  Belivaldo foi auxiliar de meu governo e sabe que tudo isso não passa de uma grande mentira. Declaro que essa conversa não passa de mais uma fake news espalhada por alguém que deveria ter a mínima responsabilidade pelo elevado cargo que ocupa, e, por isso, por sua postura, está mostrando que é Chefe da Casa Civil porque tem a vantagem de ser genro do governador.

OPC

O governador do estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, disse recentemente em entrevista, a seu posicionamento sobre o encaminhamento do projeto de lei que cria o cargo de Oficial de Polícia Civil (OPC). Pleito do Sindicato dos Policias Civis de Sergipe (Sinpol) e que tem gerado muita polêmica. O governador disse que esta sistemática de criar um novo cargo, para possibilitar que servidores possam desempenhar funções para as quais não estavam habilitados, é uma sistemática que não foi adotada ainda por nenhum estado brasileiro. “Eu não tenho nenhuma boa vontade de ser o pioneiro. Existe um processo em teste em um município do interior do Ceará, sem aprovação de lei, feito em acordo. Eu estou disposto a fazer da mesma forma aqui em Sergipe. Não sou contra a criação do OPC, mas entendo que é preciso dialogar mais e eu estou aberto ao diálogo”, afirmou.

PT

O deputado federal João Daniel foi eleito para presidir o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, durante o Congresso Estadual da sigla, realizado neste sábado, dia 19, no Sindicato dos Bancários, em Aracaju. A expressiva maioria dos delegados e delegadas presentes ao congresso escolheu João Daniel, que encabeçou a chapa “Várias forças, uma só luta – Lula Livre”. Ele estará na direção do partido pelos próximos quatro anos. Filiados das diversas correntes petistas, vindos de vários municípios do estado, participaram desse momento de grande democracia do partido. João Daniel ressaltou a importância de todo debate que foi feito durante o processo eleitoral do PT em Sergipe, com a participação dos filiados e da militância e com todas as correntes, durante o debate hoje no Congresso Estadual. “Nosso grande desafio é continuar fortalecendo o partido cada vez mais, com participação da militância e com um grande projeto de retomada da democracia no Brasil, da libertação do presidente Lula e estarmos fortes para enfrentar os retrocessos causados pelo desmonte do governo autoritário de Bolsonaro”, afirmou o presidente recém-eleito.

PATRIOTA

Com o objetivo de fortalecer o grupo para as eleições municipais do próximo ano em todo o estado, inúmeras pessoas, de diferentes faixas etárias, se fizeram presentes, no encontro do Patriotas realizado na Alese no ultimo sábado.  A vereadora Emília Corrêa Corrêa, durante seu pronunciamento agradeceu a presença de todos, em pleno sábado, e ressaltou que um dos intuitos do Patriota além do fortalecimento, é dar novas opções para o povo aracajuano. “Quando a gente forma um grupo novo sem figurões, e com a chegada de gente experiente, porque nova política não é idade, política é ação, prática.  As pessoas que a gente representa, temos que representar na fala, exercício e efetividade da coisa. Nova política é isso que estamos fazendo aqui. Essa é a finalidade do Patriota; mudança, é nisso que vamos focar”, afirmou.

MEIA PISTA

Com o avanço da obra de recapeamento completo da avenida Beira Mar, executada pela Prefeitura de Aracaju, o trânsito ficará em meia pista, nesta segunda-feira, 21, da avenida Paulo Silva até o Parque da Sementeira, no sentido Norte. No sentido Sul, o trânsito também ficará em meia pista do retorno do Parque dos Cajueiros até o cruzamento com a avenida Paulo Silva. Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) estarão no local para organizar o fluxo de veículos das 5h até às 17h. Uma sinalização temporária será instalada no trecho para orientar os condutores. Mesmo sem bloqueios totais na avenida, a SMTT recomenda o uso de rotas alternativas para evitar possíveis congestionamentos. Assim, para quem segue do Centro sentido região das praias, recomenda-se acessar, por exemplo, as ruas Arauá, Santa Luzia e as avenidas Acrísio Cruz, Hermes Fontes, Rio de Janeiro e Pedro Calazans.Para quem sai da região das praias sentido Centro, a orientação é utilizar as avenidas José Carlos Silva (antiga Heráclito Rollemberg), Santos Dumont (Orla da Atalaia), Mário Jorge Menezes, Delmiro Gouveia, Melício Machado e Hildete Falcão.

 

 




Tópicos Recentes