30/10/2018 as 05:53

As derrapadas de Jackson Barreto

Vídeo gravado pelo ex governador é uma peça de profundo mau gosto

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

O ex-governador e candidato derrotado ao senado Jackson Barreto (MDB), deu uma derrapada em seu potente veículo que abateu recentemente o PSB em Sergipe. Jackson, simulou uma ligação para o candidato derrotado ao governo do estado, o deputado Valadares Filho (PSB),  e com um telefone amarelo em uma das mãos e uma carteira de trabalho na outra, taxou o deputado de vagabundo e que ele ia agora ter que trabalhar, aí eu pergunto, o que fez o próprio Jackson durante toda a sua vida pública? Será que vagabundou, eu acho que não, ser vereador, prefeito, deputado federal, vice-governador e governador do  estado tomam tempo e dão trabalho como qualquer outra atividade, o vídeo que você pode conferir, através do link https://youtu.be/QE2FtHu5LVs, é uma peça de mau gosto e tenho certeza que deve ter envergonhado o ex-governador e a claque, que entusaismada apreciava aquela opera bufa. Não se desdenha desta forma de uma candidato derrotado, o governador eleito pelo povo sergipano Belivaldo Chagas (PSD), disse em entrevista na noite que recebeu o resultado das eleições, que naquele momento estava desarmando o palanque e começando a trabalhar como governador de todos os sergipanos; esta sim uma atitude de grandeza.

Ontem mesmo, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), derrotado ao tentar a reeleição nas eleições deste ano, quebrou o silêncio que mantinha desde o resultado final do primeiro turno, para postar no Twitter e dizer que “um político decadente, para dissimular a derrota que sofreu nas urnas pousa (sic) de vitorioso e parte para atacar em vídeo degradante a pessoa de Valadares Filho, na tentativa de humilhá-lo de público. A esse político faltam-lhe grandeza de espírito e mancômetro. O povo não quer saber dele”. Jackson Barreto justificou a reação ao dizer que estava em silêncio, enquanto Valadares Filho o chamou de corrupto por várias vezes no programa de televisão, nas inserções e debates, reclamando que “como pode ser corrupto um governador que não responde a nenhum processo na Justiça”. O senador Valadares postou um segundo Twitter avisando que estava “indo a Brasília para exercer com a mesma dignidade e correção de sempre o mandato de senador. Tenho uma pauta extensa a cumprir, especialmente a da discussão e aprovação do Orçamento da União para o exercício de 2019, inclusive as emendas dos parlamentares”. O senador viajou a Brasília no mesmo vôo do governador eleito Belivaldo Chagas, mas não trocaram uma única palavra e sequer houve cumprimentos. Segundo um deputado que também viajava, “os dois se tornaram adversários de jamais se olharem”.

ACIDENTE

O ex-vereador e presidente do PROS em Sergipe Danilo Segundo se apresentou à polícia e confessou ter atropelado o jovem ciclista, de 13 anos, na Orla da Atalaia. O adolescente morreu após o acidente. Danilo disse á polícia que tentou evitar o acidente, mas não conseguiu. Ainda segundo a versão de Danilo, ele também disse que pensou em prestar socorro, mas não o fez com o receio de ser linchado. Na minha opinião um acidente, que deixa marcas e seqüelas para ambos os lados.

EDUCAÇÃO

O governador Belivaldo Chagas reafirmou ontem, que a Educação será a prioridade do governo de Sergipe não somente a partir de 2019, mas desde já. "Hoje mesmo, estou viajando para Brasília, com o objetivo de buscar recursos financeiros para melhorar a estrutura de nossas escolas, para permitir a valorização dos trabalhadores da educação. Pretendo garantir o maior valor possível de recursos e emendas para a educação. É preciso buscar também ações conjuntas com o governo Federal e buscar formas de integrar os municípios nesse processo, afinal, nosso país está carente de um projeto voltado para educação. O que vemos são exemplos isolados de estados que estão dando certo", destacou o governador. Belivaldo venceu em 74 dos 75 municípios sergipanos. Uma vitória que, para ele, só reforça a responsabilidade de administrar um estado como Sergipe. 

CACHÊS

Uma comissão de vereadores da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) foi recebida no Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), na manhã desta segunda-feira, 29, pelo conselheiro Luiz Augusto Ribeiro e por integrantes do corpo técnico da 3ª CCI, responsável pela fiscalização e instrução dos processos da área que inclui o Município de Aracaju. O encontro ocorreu após solicitação dos parlamentares, que relatam haver pendências no pagamento dos cachês dos artistas sergipanos que se apresentaram na última edição do Forró Caju. "Como órgão responsável pela fiscalização do uso do dinheiro público, cabe também ao Tribunal esse diálogo com a sociedade e seus  representantes, de modo que iremos analisar a denúncia dos vereadores da capital, para que possamos nos posicionar", afirmou o conselheiro Luiz Augusto.

PROCESSO

O ex-governador de Sergipe, Jackson Barreto (MDB), rebateu duramente as críticas que sofreu durante a campanha e disse que irá processar a delegada Daniele Garcia. Daniele participou ativamente da campanha de Valadares Filho (PSB), que acabou sendo derrotado. Durante a campanha ela apareceu no horário eleitoral gratuito do então candidato, afirmando por diversas vezes que se o grupo aliado de Jackson Barreto permanecesse no poder ela sofreria perseguições e disse ainda que foi exonerada do cargo de chefia que ocupava no Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária da Polícia Civil (Deotap) por ter combatido a corrupção. Jackson rebateu. “Não me compare com corrupto. Eu quero que ela e Valadares provem na Justiça onde foi que teve corrupção no meu Governo. Eu tive problemas com servidores, porque enfrentei uma séria crise financeira e política. Lutei bastante para não ter manchas no meu Governo”, destacou o ex governador.

MORO

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou que pretende convidar o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo julgamento de casos da Operação Lava Jato, para ser ministro da Justiça ou para ocupar, quando surgir, uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele informou que em breve vai conversar com o magistrado, que mora em Curitiba. Não disse quando será o encontro. O presidente eleito destacou que seu governo terá uma “conversa harmônica” com o Judiciário. Bolsonaro contou que conversou com o presidente do Supremo, Dias Toffoli e terá novo encontro. “Todos nós somos responsáveis pela nação.” Ele afirmou que não pensa mais em ampliar o número de ministros da Corte.

PERNA CURTA

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo (MDB), avaliou a vitória de Belivaldo Chagas (PSD),  falou sobre as novidades para o próximo ano na Alese e criticou a postura de Valadares Filho Durante a campanha. “Alessandro Vieira foi uma mentira de perna curta. Tanto ele quanto Daniele Garcia. A mentira não durou um mês. A forma como Valadares colocou é como se só os dois fossem honestos e se só os dois trabalhassem. Estávamos em uma eleição para o Governo e não numa disputa de quem prendeu mais ou quem prendeu menos”, respondeu às declarações feitas por Valadares Filho com o apoio dos delegados Alessandro e Daniele, de que o grupo de Belivaldo era corrupto e perseguia delegados honestos. ”A vitória de Belivaldo foi a resposta do povo a uma campanha mentirosa e errada. Valadares Filho mentiu para população. A delegada já tinha negociado uma secretaria. Ele agiu muito feio. Antes mesmo de assumir o cargo, já estava com negociações baratas. Ele vais dizer que é mentira, como já disse, mas a verdade é essa”, disse o deputado.




Tópicos Recentes