07/11/2018 as 06:16

Operação Abate prende prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho

Prisões ocorreram na manhã desta quarta feira

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

O Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) da Polícia Civil, em parceria com a Promotoria do Patrimônio Público e o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), cumprem nesta quarta-feira (07) mandados de prisão e busca e apreensão na cidade de Itabaiana. A Operação Abate Final investiga um desvio anual de quase R$ 2 milhões da Prefeitura Municipal de Itabaiana em decorrência de desvios de taxas recolhidas no matadouro da cidade. O Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) também deu apoio à operação. Os principais alvos são o prefeito de Itabaiana, Valmir dos Santos Costa, mais conhecido como Valmir de Francisquinho, e o secretário de Agricultura de Itabaiana, Erotildes José de Jesus. Também foram presos Jamerson da Trindade Mota, Breno Veríssimo Melo de Jesus e Manoel Messias de Souza.

Segundo os investigadores do Deotap, entre os anos de 2015 a 2017 foram abatidos, por ano, entre 2.500 a 3.900 animais, recolhendo entre R$ 24 mil a R$ 39 mil. Investigação preliminar mostra que era cobrada aos boiadeiros a taxa de R$ 50 sem observar as formalidades legais, mas na prática apenas R$ 10 eram recolhidos para os cofres da Prefeitura. O valor recolhido envolve também o recolhimento dos resíduos dos animais. Os investigadores identificaram excesso de exação qualificada (cobrança indevida de tributos), lavagem de dinheiro, associação criminosa e crime de licitação, todos comprovados no andamento do inquérito policial. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas residências dos cinco alvos a fim de apreender documentos e dispositivos, dinheiro em espécie e objetos de valor. Com base no inquérito 27/2018, ainda não concluído, também foi solicitada a indisponibilidade de bens de todos os investigados. Às 10h, na sala de imprensa da SSP, a delegada-geral, Katarina Feitoza, dará os primeiros detalhes sobre a investigação do Deotap.

Por SSP

CEGO DE CORAÇÃO

O vereador Professor Bittencourt (PCdoB) falou sobre as declarações do senador eleito Rogério Carvalho (PT),  em relação à participação do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) na campanha do governador Belivaldo Chagas (PSD) e do candidato à presidência da República, Fernando Haddad (PT). "É preciso ser cego do coração ou não querer enxergar a participação do prefeito Edvaldo Nogueira na campanha. Ouvir de Rogério que o prefeito não participou e não votou nele é um equívoco. Edvaldo reuniu mais de 3 mil pessoas no Iate, no Emes e articulou diversas reuniões para falar de Rogério, Jackson, Haddad e Belivaldo. Edvaldo durante o dia toma conta da gestão pública, que é obrigação dele e foi eleito para isso, e à noite, durante a campanha, estava em todos os lugares pedindo voto. O próprio Rogério estava presente na maioria deles", afirmou Bittencourt, que é presidente do PcdoB em Sergipe. "Edvaldo ajudou muito mais a Rogério que Rogério o ajudou quando foi candidato a prefeito de Aracaju", complementou. 

DESELEGANTE E ANTIREPLUBICANO

Na opinião de Bittencourt, o comentário de Rogério Carvalho foi deselegante e antirepublicano. "A opinião de Rogério foi equivocada, arrogante, desagregadora e inoportuna. Todos os partidos da base têm legitimidade para ter um candidato, mas acho estranho alguém que chegou na administração e ajudou a eleger Edvaldo vir a dizer que já tem um candidato. Antecipar o jogo eleitoral de 2020 e 2022 é um erro. Ao afirmar isso, seria de bom tom dizer que deixará a administração para concorrer", pontuou. Bittencourt disse que  o momento é de somar forças e energias para ajudar a Belivaldo a fortalecer o estado de Sergipe.  "Somos um grupo. Alguém que foi eleito senador tem que ser magnânimo no momento da vitória. É na vitória que nos revelamos. Nesse momento, Rogério precisa reunir as pessoas e dizer que é preciso construir consensos e tornar o grupo unido. Não dar cotovelada em todos a partir da sua avaliação e dizer que os outros estão errados, cobrando posturas que às vezes eles não tem. Essa conversa do final da eleição de 2018 pensando nas campanhas de 2020 e 2022 é um desserviço de quem só quer olhar para seu umbigo como o centro da política. É o momento de arregaçar as mangas e trabalhar pelos sergipanos. Tenho certeza que Rogério cumprirá o seu mandato no Senado com muita determinação e comprometimento em prol do povo de Sergipe", afirmou o vereador.

FUNDAMENTAL

O deputado federal Fábio Mitidieri disse  que o prefeito Edvaldo Nogueira, o popular Foguinho Zabumbeiro,  “foi fundamental” para a vitória do governador reeleito Belivaldo Chagas em Aracaju. Ele ressaltou que “após a entrada de Edvaldo, o cenário eleitoral mudou a favor do governador na capital”. “Edvaldo deu ritmo e volume de campanha em Aracaju”, afirmou Fábio. “As pesquisas em Aracaju mostravam que o nosso candidato não estava muito bem. E, depois da entrada de Edvaldo, mudou o cenário, e Belivaldo ganhou na cidade nos dois turnos”, afirmou o parlamentar, salientando que a vitória de Belivaldo foi resultado de um “somatório de forças de vereadores, líderes comunitários, deputados”, mas “não se pode negar a importância de Edvaldo na campanha”. Mitidieri disse também que , “o prestígio do prefeito na sociedade, diante dos resultados da sua gestão, foi fundamental” na capital. Deputado federal mais votado do Estado, Fábio Mitidieri salientou não estar desmerecendo os demais, mas frisou que “reconhecer a importância dos amigos e aliados não é demérito”. “É correto e justo”, frisou.

PINÓQUIO

A vereadora Emília Corrêa (Patriota) voltou a fazer duras criticas à Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) devido a falta de comprometimento com a saúde e a segurança dos usuários de saúde da cidade. Segundo a parlamentar, a realidade da cidade de Aracaju é nua e crua, a ficção está no mundo do prefeito Edvaldo Nogueira que pratica a ilusão e a mentira aos aracajuanos. “A ficção está com o prefeito Pinóquio Edvaldo Nogueira, e ainda fica vereador defendendo a gestão dizendo que está linda e maravilhosa. Senhor Prefeito pare de brincar com a vida das pessoas e festejar nas horas erradas. Vá trabalhar, respeite o povo de Aracaju. Seja humano”. Que mal lhe pergunte, é Pinóquio ou Foguinho?

PREVIDÊNCIA

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e sua equipe econômica travaram nesta terça-feira (6) uma queda de braço declaratória com membros do Congresso sobre o prosseguimento da reforma da Previdência. Na chegada ao Ministério da Defesa, Bolsonaro confirmou que tratará da aprovação da reforma com o presidente Michel Temer (MDB) em reunião marcada para quarta-feira (7) no Palácio do Planalto. Ele já havia dito em entrevistas anteriores acalentar a esperança de que algo da reforma fosse aprovado ainda neste ano, como uma leve alteração na idade mínima para aposentadoria. Neste terça, Bolsonaro voltou a afirmar que o importante é que saia algo, mas ele ressaltou que isso dependerá da vontade do Legislativo. "Tem que sair [alguma aprovação este ano]. Gostaríamos que saísse alguma coisa. E não é o que nós queremos ou o que a equipe econômica quer, mas o que a gente pode aprovar na Câmara ou no Senado", afirmou o presidente eleito.

TOBIAS BARRETO

Na terra do prefeito do Faz de Contas aconteceu a eleição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Tobias Barreto para o Biênio 2019-2020. A chapa 01 foi a vencedora, composta por: Romildo Rodrigues, Presidente; Elisângela Campos, vice-presidente; Veranio Rodrigues, 1º secretário e Maria Vital, 2ª Secretária. A chapa 02, derrotada, tentou a reeleição com a seguinte composição: Luis Carlos (Careca), presidente; Tonho Barreto, vice-presidente; 1º secretário Luizete e 2º secretário Edivan (Divan das Candeias). O resultado foi o seguinte: A chapa 01 obteve 8 votos, a chapa 02 obteve 6 votos e 1 voto de abstenção. A votação ocorreu secretamente.




Tópicos Recentes