08/11/2018 as 06:42

Justiça manda soltar George Magalhães, preso por tentar obstruir a própria justiça

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Vou lembrar o Sr. Agenor. "Não me convidaram pra essa festa pobre, que os homens armaram pra me convencer, apagar sem ver toda essa droga, que já vem malhada antes de eu nascer, Brasil mostra tua cara, quero ver quem paga pra agente ficar assim, Brasil qual e teu negocio, o nome do teu sócio confie em mim. Brasil mostra a tua cara quero ver quem paga, pra gente ficar assim, Brasil, qual é teu negócio, o nome do teu sócio, confia em mim", este é meu Brasil. O Superior Tribunal de Justiça (STJ), através do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, concedeu na tarde desta quarta-feira (7) um habeas corpous ao radialista George Magalhães, acusado de tentar obstruir a própria Justiça no caso em que é investigado pelos crimes  de agressão e estupro contra uma funcionária do prédio onde morava o poderoso radialista  O advogado do réu, Getúlio Sobral, que acompanhou o andamento do processo em Brasília, informou que falta apenas a comunicação oficial ao Tribunal de Justiça de Sergipe, que comunicará à juíza do caso, Olga Barreto, para que efetivamente o radialista ganhe a liberdade.

E agora José e Maria? Como ficam as testemunhas que foram contatadas pelo poderoso radialista para mudar o testemunho na Justiça e tiveram a coragem de denunciar o fato? Como fica a brava Polícia Civil sergipana, que muitas vezes sem condições de investigar fechou um inquérito e indiciou o poderoso radialista pala prática  do hediondo crime de estupro e por tentar obstruir a própria Justiça? Como fica  a justiça sergipana que julgou o Habeas Corpus e negou o provimento para dar a liberdade ao poderoso radialista? Como ficam os moradores do edifício Infinitty com a possibilidade de encontrar em seus corredores o poderoso radialista? Como ficam os sergipanos, que de uma forma ou de outra, tomaram conhecimento destes crimes praticados pelo poderoso radialista? E por fim uma pergunta que não quer calar, como ficam as supostas vitimas do poderoso radialista em questão? Perguntas que a própria Justiça tem que responder a sociedade, por enquanto a decisão monocrática do Ministro Reynaldo Soares da Fonseca, que não conhece as vitimas, não as ouviu e concedeu liberdade a um acusado de obstruir a própria Justiça vai ser respeitada, Brasil mostra a sua cara. 

IPESAUDE

Foram aprovados na Sala de Comissões e no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na manhã desta quarta-feira, 7, dois projetos de leis do Poder Executivo, que fazem alterações aos beneficiários do Ipesaude e do Sergipe Previdência. Na oportunidade, foi aprovada emenda que trata do afastamento dos servidores da Prefeitura de Aracaju. Com isso, mesmo sendo afastados da administração municipal, esses servidores continuarão sendo beneficiários do Ipesaude. O Projeto de Lei nº 113/2018, altera o 1º do artigo 4º da Lei nº 5.853, de 20 de março de 2006, que dispõe sobre a criação do Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe – Ipesaude  e em decorrência, sobre a extinção do Departamento de Assistência e da Diretoria de Promoção da Saúde, do Instituto de Previdência do Estado de Sergipe – IPES.

CONDENADO

O Juiz da comarca de Aquidabã, Raphael Silva Reis, acatou em parte o pedido do Ministério Público e condenou o Prefeito José Nicárcio Aragão, do município de Graccho Cardoso, por improbidade administrativa. Na denúncia, o Ministério Público diz que  Cassinho teria usado o programa assistencial “Bolsa Graccho” para fins eleitoreiros, violando princípios constitucionais, e por isso, deveria sofrer penalidades previstas na lei, entre elas, a suspensão dos direitos políticos e perda da função pública. Na sentença,  o magistrado diz: “julgo procedente em parte os pedidos iniciais para, em consequência, reconhecer que o Réu José Nicárcio Aragão praticou atos de improbidade administrativa, definidos como tal no art. 10, caput, inciso III, da Lei 8.429/92, e para condená-lo nas sanções previstas no art. 12, II, da referida lei, ao ressarcimento integral do dano, bem como ao pagamento de multa civil no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais)”.

PREVIDÊNCIA

O  vereador Isac Silveira (PCdoB) fez uso da Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para criticar a reforma proposta durante o governo Temer, que não chegou a ser votada ainda em plenário já que o capital político do emedebista foi desgastado. Segundo o vereador, o obstáculo maior à reforma em curso são os interesses pontuais daqueles com a caneta para aprová-la. “A turma do atraso conspira rumo ao desastre geral. Atualmente 48% das despesas primárias do Estado são consumidas por aposentadorias e pensões. Em outras palavras: quase metade tudo que a União arrecada evapora nessa rubrica. O número avança absurdamente a cada ano e estima-se que já no exercício de 2024 nada menos que 100% do orçamento serão gastos no sistema previdenciário, caso nada seja feito”, disse o vereador.

AUMENTO

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (7) o reajuste de salário de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil. Foram 41 votos a favor e 16 votos contra. O texto depende de sanção do presidente Michel Temer para entrar em vigor. Em seguida, também foi aprovado aumento no mesmo valor para o procurador-geral da República, em votação simbólica. "Não haverá aumento do teto do gasto dos órgãos", afirmou o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), após a votação. De acordo com cálculo feito pelas consultorias Orçamento da Câmara e do Senado, o impacto anual nas contas públicas pode ser de R$ 4 bilhões.

DIPLOMAÇÂO

A diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro foi marcada para 10 de dezembro, às 11h, nove dias antes do prazo final definido no calendário eleitoral. A informação foi confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Pela manhã, a presidência do TSE entrou em contato com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni para discutir a realização da solenidade antes de 19 de dezembro, conforme previsto anteriormente. Esta é a data limite para o ato. No contato com Lorenzoni, o TSE sugeriu que a campanha de Bolsonaro antecipasse em cinco dias sua prestação de contas final, cujo prazo limite para entrega é 17 de novembro. Desse modo, a corte tem como adiantar também o julgamento das contas, que deve ser feito antes da diplomação.

FAZ DE CONTAS ILUMINADO

A avenida Airton Andrade, que fica localizada na  entrada da cidade de Tobias Barreto, ficou às escuras na noite desta terça-feira 06, devido ao corte da energia das torres de iluminação da avenida. De acordo com informações da concessionária de energia, o município está inadimplente com a empresa, o que ocasionou a suspensão. O prefeito do Faz de Contas, o popular Dr. Heraro foi procurado por nossa reportagem mas não atendeu e não retornou as nossas ligações. TB poderá ter o seu primeiro natal iluminado do Faz de Contas.  

 

 




Tópicos Recentes