19/11/2018 as 23:34

Da mediocridade a excelência, futuro governo Belivaldo será no fio da navalha

Sergipe possivelmente fará oposição ao governo federal

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O governador Belivaldo Chagas (PSD), reeleito governador de todos os sergipanos com mais trezentos mil votos de diferença para o segundo colocado, terá nas suas mãos um arsenal de bombas para desarmar a partir do dia da sua posse como futuro governador do menor estado da federação. Uma das maiores, será a de ser oposição ao futuro presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), esta bomba foi  armada pelo próprio Belivas ao não comparecer ao encontro dos governadores eleitos com o presidente na ultima semana, o governador sergipano foi representado pelo Governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Sergipe não agüenta um mandato de governador na oposição, o estado precisa da ajuda do governo federal, não adianta o Governador ter pescoço grosso e Sergipe ter verbas federais finas. No meu entender, Belivaldo começa uma relação de forma ruim para o estado. As outras bombas foram deixadas pelos seus antecessores, o ex-governador de saudosa memória Marcelo Déda (PT), o principal idealizador da coalizão que hoje ocupa o poder  e o seu sucessor, o desorganizado Jackson Barreto (MDB).

O Estado de Sergipe está em um momento critico, vou usar as palavras do próprio JB para afirmar que o estado "está quebrado". A melhoria apresentada na arrecadação do estado neste segundo semestre, não irá virar regra. 2019 será um ano de arrocho, até porque o governo federal terá que apertar os cintos e fazer as reformas que a economia brasileira necessita para voltar a crescer. A reforma da Previdência Social é essencial para assegurar a sustentabilidade fiscal e garantir justiça, dado que "os gastos com pensões são elevados e estão subindo e as aposentadorias são indevidamente generosas para alguns segmentos da população", destacou o FMI, referindo-se ao Brasil. Em Sergipe, o valor do orçamento é de R$ 9,7 bilhões e há previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, de 2,7%, e a inflação prevista é de 4.1%. A estimativa é que a receita cresça 3,1% e de tudo o que o Estado recebe, 34,6% são do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e 38,8% do Fundo de de Participação dos Estados (FPE), totalizando 75% da receita. Portanto agora é hora de torcer, tenho um profundo respeito pelo Galego e apesar de achar que seu governo atual começou errado e patinando na saúde, conheço a competência administrativa do governador e sei que muito bem organizado administrativamente e politicamente o governo Belivaldo pode dar certo, vai aí a minha torcida e de todos os sergipanos. Pra frente é que se anda.

AFASTADO

A juíza de direito Taiane Danusa Gusmão Barroso Sande, da 2ª Vara Cível de Itabaiana, determinou o afastamento imediato do prefeito Valmir de Francisquinho (PR) de suas funções e a posse da vice, Carminha Mendonça (PSC), no cargo de prefeita. Também foi determinado o afastamento do secretário de Agricultura, Erotildes José de Jesus. A posse de Carminha está marcada para esta terça-feira, 20, às 11h.

OAB

A OAB/SE já tem novo presidente. Com mais de 2 mil votos, a chapa 03, liderada por Inácio Krauss, foi eleita para o triênio 2019/2021 e terá a missão de manter o compromisso da OAB/SE com a defesa da classe e cidadania. Intitulada “Advocacia Forte, Avança”, a chapa vitoriosa tem como vice-presidente, Ana Lúcia Aguiar; secretário-geral, Aurélio Belém; secretária-adjunta, Andrea Leite; tesoureiro, David Garcez, e presidente da Caixa de Assistência, Hermosa França. A posse dos eleitos acontecerá em janeiro de 2019. Confira a chapa completa aqui.

FAZ DE CONTAS

A prefeitura de Tobias Barreto representada pelo prefeito Diógenes Almeida o popular Faz de Contas, assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que se compromete a desativar o matadouro do município, interditado em operação coordenada pelo Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE) e o Ministério Público Federal (MPF) em Sergipe, no dia 06 de novembro. Ficou acordado que, após 30 dias da interdição, o município deverá apresentar nova destinação do espaço ao MP; em até 120 dias após apresentação, comprovar que protocolou junto à Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) o Plano de Recuperação da Área Degradada (PRAD); e depois executar o cronograma aprovado pelo órgão ambiental.

GEORGEO PASSOS

Reeleito deputado estadual com 23.355 votos, Georgeo Passos (REDE) não esconde a satisfação pelo fato de seu eleitorado ter reconhecido e aprovado seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa. Ele reafirma que continuará fiscalizando o governo de Belivaldo Chagas (PSD) e não descarta reassumir a liderança da bancada de oposição em 2019. Georgeo Passos disse que a população lhe mandou um recado. “O eleitorado sergipano votou pela continuidade do nosso trabalho. As pessoas disseram nas urnas que aprovaram minha atuação na Assembleia Legislativa, mesmo com algumas pessoas achando que eu não obteria êxito pelos discursos que fazia, pela minha forma de fazer política”. Em seguida, o deputado registrou a votação que obteve na capital. “Foram 7.630 aracajuanos que foram às urnas em defesa do nosso mandato. Não posso deixar de reconhecer essa parcela do eleitorado. Fui o quinto mais votado na capital, isso me motiva sim, mas também aumenta ainda mais minha responsabilidade”.

CONVITE

Futuro ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro (PSL), o ex-juiz Sergio Moro, exonerado nesta segunda (19), anunciou que levou para o gabinete de transição em Brasília integrantes da Polícia Federal que participaram da Operação Lava Jato, em que ele atuou em Curitiba (PR). Alguns dos nomes são Rosalvo Franco Ferreira, ex-superintendente regional da Polícia Federal no Paraná, e Erika Mialik Marena, uma das primeiras delegadas a comandar a Lava Jato, tendo inclusive nomeado a operação. Dessa forma, Moro começa a confirmar os primeiros nomes da sua equipe. Ele já havia dito que contaria com integrantes da Lava Jato, com quem trabalhou e em quem diz confiar, e que pretende criar no Ministério da Justiça o mesmo modelo da Lava Jato, com forças-tarefa para assuntos prioritários.

EMERGÊNCIA

Chegou a 21 o número de municípios que decretaram situação de emergência por conta da seca no estado. Os decretos levam em consideração que as chuvas do inverno foram insuficientes para a formação de grande estoque de água. A seca afeta cerca de 234 mil pessoas no estado. O decreto de situação de emergência para cada município varia entre 90 e 180 dias de validade, mas pode ser prorrogado. E segundo a Defesa Civil, para o segundo semestre a expectativa da meteorologia é de seca.  A Defesa Civil Estadual intensificou a operação carro-pipa para a distribuição de água nos municípios, que já sofrem os efeitos da seca na agricultura, principalmente na produção de milho e feijão.  Os 21 municípios com situação já decretada são: Carira, Tobias Barreto, Poço Redondo, Gararu, Monte Alegre de Sergipe, Canindé de São Francisco, Frei Paulo, Ribeirópolis, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Simão Dias, Poço Verde, Pinhão, Nossa Senhora da Glória, Graccho Cardoso, São Miguel do Aleixo, Feira Nova, Porto da Folha, Moita Bonita, Nossa Senhora Aparecida e Canhoba.




Tópicos Recentes