20/11/2018 as 10:46

Cubas um detalhe que faz a diferença

Arquitetura e Decoração, por Luize Corrêa

Arquitetura e Decoração

Arquitetura
Por Luize Correa
Fotos: (Google).<?php echo $paginatitulo ?>

A moda está em todos os lugares, acredite se quiser, mas ela passa também pelo banheiro. E hoje vamos falar de cubas, que ao longo dos anos se tornaram peças de destaque nos banheiros de todo mundo.

    

Até umas duas décadas atrás, as cubas eram no máximo com cores diferentes do branco. Ainda encontramos em muitos lares as cubas embutidas, muitas delas em cores como, marrom, rosa seco ou branca. Estava aqui pensando em como definir o marrom, mas deixa pra lá.

Essas cubas ainda encontramos nas casas espalhadas pelo mundo. Hoje chamamos elas de Vintage. As construtoras em sua maioria, utilizam essas cubas para entrega do imóvel e porque o custo delas é muito mais em conta.

Mas com o passar dos anos, a moda, tendências e a mudança de olhar sobre o banheiro, as cubas foram evoluindo também. Quando olho pra as cubas hoje, vejo obras de arte. Existem hoje uma infinidade de materiais, cores, formas estilos. Mas nem tudo pode e deve ser usado. A adequação de modelo da cuba tem que ser levada em conta o tamanho do banheiro, sua finalidade, quem vai usar e muitas outras coisas.

       

Temos no mercado uma infinidade de modelos, mas as mais conhecidas são, apoio, embutir, piso, sobrepor, semiencaixe, suspensa e esculpida.

        

O material mais usado nas cubas ainda é a porcelana, mas com o passar do tempo surgiram outros materiais como, vidro, resina, porcelanato, granitos, madeiras, alumínio, corian e muitos outros. Todos têm o seu valor e sua beleza.

   

Para cada cuba há uma altura de bancada e uma torneira adequada. As cubas de apoio as bancadas devem ter 0.75cm/h em cima da bancada. Para as cubas de semiencaixe, a altura fica entre 0.80 e 0.85cm/h, dependendo da altura da cuba. Já as cubas esculpidas e de embutir tem altura  máxima de 0.90cm/h; essas alturas levam em conta a ergonomia. Em caso de dúvidas lembre sempre que o topo da cuba tem que está no máximo 0.90cm/h.

Os formatos das cubas também mudaram, hoje temos redondas, oval, retangular, quadrada, triangular ... uma infinidade; o céu é o limite para a criatividade.

    

As cubas também estão em várias cores, preta, dourada, pratas, vermelhas, transparente, pedras, branco, azul, cinza, amarelo... um infinito de cores.

   

Os banheiros tomaram outra proporção na vida das pessoas, passou a ser um lugar de relaxamento e prazer. Onde cuidamos da aparência física e mental.

    

Procure sempre um profissional para te orientar melhor nas escolhas de material e projeto. Ele está capacitado e antenado com as novidades do mercado.

Boa semana a todos e me sigam nas redes sociais.

Luize Corrêa
(Designer de Interiores)
Tel (71) 988080047
Instagram @luizecorrea
Facebook Luize Corrêa
E-mail luizecorrea@hotmail.com




Tópicos Recentes