13/03/2019 as 06:12

Vereador acusa presidente da CMA de agir em conjunto com chefe de quadrilha

Cabo Amintas ainda afirmou que se mexerem com ele “eu vou para cima como bicho”

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O vereador de Aracaju Cabo Amintas (PTB), subiu à Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), para fazer fortes acusações ao presidente da Casa, o vereador Josenito Vitale (PSD).  O parlamentar fez duras acusações ao presidente Nitinho. Cabo Amintas disse que o Presidente Nitinho age em conjunto com chefe de quadrilha e ameaça: ”Eu vou pra cima feito um bicho!” O vereador petebista ainda lamentou a ausência do presidente da Casa Legislativa, o vereador Nitinho (PSD), Amintas deixou claro logo de início a gravidade da situação. “Todas as vezes que a gente tenta dar um recado à presidência desta Casa, não encontramos o presidente aqui. Deve estar resolvendo as broncas dele… Mas eu sei que os fofoqueiros de plantão sempre levam o recado do jeito que querem”, disse, sarcástico.

Sem citar especificamente o que aconteceu, o militar na reserva não poupou críticas à Nitinho e acusou o também parlamentar de estar agindo junto a um chefe de quadrilha para desprestigiar sua imagem. Amintas ainda metaforizou, se comparando a um leão, e ressaltando que não se intimidaria diante da situação e de quem quer que fosse. “Presidente, depois procure esse vídeo, eu tenho uma mensagem para o senhor. Nessa Casa existem muitos tipos de bichos, eu sou um leão. Não pense que vai me acuar, de jeito nenhum. O senhor sabe do que eu estou falando. O seu ato junto com um chefe de quadrilha — eu estou dizendo que é chefe de quadrilha e vou provar no momento certo —, tentando manchar minha imagem usando o sistema contra mim, vai ter uma resposta a altura. Ninguém vai acuar um leão! Eu vou pra cima feito um bicho! E vou lhe dar uma dica: eu sou kamikaze; a gente só morre abraçado”, enfatizou o vereador.

Com informações da assessoria parlamentar.

FALTAM 6

O senador Alessandro Vieira (PPS) voltou a coletar assinaturas para reapresentar requerimento propondo a instalação da CPI das Cortes Superiores, a chamada CPI da Lava Toga. Alessandro já obteve 21 das 27 assinaturas necessárias. Para apresentar a proposta de criação da CPI, Alessandro precisa de mais 6 assinaturas.Confira quem assinou: Alessandro Vieira, Jorge Kajuru,  Selma Arruda, Eduardo Girão, Leila Barros, Fabiano Contarato, Rodrigo Cunha, Marcos do Val, Randolfe Rodrigues, Plínio Valério, Lasier Martins, Styverson Valentim, Alvaro Dias, Reguffe, Oriovisto Guimarães, Cid Gomes, Eliziane Gama, Major Olímpio, Izalci Lucas, Carlos Viana e Luís Henrique.

VALMIR DE FRANCISQUINHO

O julgamento do recurso apresentado por Valmir foi apreciado no Tribunal de Justiça de Sergipe, em Aracaju. De acordo com o relator do processo, o desembargador Diógenes Barreto, as medidas que afastavam Valmir da prefeitura de Itabaiana já não eram mais necessárias, já que as investigações que relacionavam o prefeito ao susposto esquema de corrupção e desvio de verbas do matadouro municipal foram encerradas. Os desembargadores Edson Ulisses de Melo e Ana Lúcia Freire dos Anjos também votaram a favor do recurso apresentado pela defesa, que decidiu por unanimidade que Valmir está apto para administrar o município.

MOTOTAXI

O vereador Cabo Amintas (PTB) utilizou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), para falar sobre sua indicação, que pretende legalizar o trabalho dos mototaxistas na capital sergipana. “Desde o primeiro ano do meu mandato eu tento fazer com que apreciemos um projeto de lei sobre esse assunto. Eu tentei dar entrada mas um vereador esperto disse que já tinha feito. Tem alguns vereadores malandros, que não são brincadeira. Dizem que estão dando entrada num projeto e quando a gente vai ver não tem nada, não tem interesse em ajudar categoria nenhuma”, afirmou. Amintas ainda ressaltou a necessidade de respeitar os mototaxistas e o direito de ir e vir da população aracajuana.

CODEVASF

A bancada federal sergipana mais simpática ao governo do presidente Jair Bolsonaro decidiu que a senadora Maria do Carmo (DEM) escolherá o novo comando da Codevasf. A Codevasf vem sendo dirigida em Sergipe pelo ex-prefeito de Itaporanga, César Mandarino, indicado pelo então senador Eduardo Amorim (PSDB). Um dos nomes mais cotados é o do ex-secretário de Estado de infraestrutura, Valmor Barbosa.

CÂNCER

O ex-senador Eduardo Amorim (PSDB), está entusiasmado com a vinda de Henrique Prata para conhecer o sistema de tratamento oncológico gerenciado pelo governo. Prata é o presidente da Fundação Pio XII – mantenedora do Hospital de Amor de Barretos (SP) e veio à Sergipe por convite do governador Belivaldo Chagas (PSD), que em fevereiro conheceu a estrutura do hospital no interior paulistano. “Se foram buscar o Hospital de Barretos é porque estávamos certos. Nós que trouxemos esta experiência para cá, a carreta deles, a clínica, e na campanha dizíamos que buscaríamos esta parceria. Tudo lá é SUS e não deixa a desejar para nenhum dos melhores particulares do Brasil”, disse Amorim.

VIOLENCIA DOMÉSTICA

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe, para falar sobre o "Guardiões da Vida". O projeto foi implantado na cidade de Três Rios, no Rio de Janeiro, e tem como objetivo atender e dar assistência às vítimas de violência doméstica.  O parlamentar explicou que policiais militares do Rio de Janeiro, com atuação em Três Rios, são deslocados para atuar somente neste trabalho, agindo como mediadores dos conflitos entre casais. “Funciona como uma espécie de alcoólicos anônimos, onde os policiais trabalham na aplicação do que determina a Lei Maria da Penha. Eles dão as mulheres a assistência necessária, como também aos companheiros que iniciam com ameaças, o que já é uma violência, mas que não tocaram na mulher, levando-os a participar de sessões de aconselhamento, explicando como funciona a lei”. 

 

 

 




Tópicos Recentes