26/03/2019 as 06:22

Piauitinga ficou para Abril

Documento de autorização da Prefeitura de Lagarto atrasou a obra

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

Uma importante obra hídrica para o governo do estado e para o povo da região centro sul do estado foi discutida ontem pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, em Brasília (DF).  O encontro, que contou com a presença do deputado federal Fábio Reis (MDB), teve como objetivo solicitar a emissão de Autorização de Início da Obra (AIO), referente às obras de Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água Integrado Piauitinga (Adutora do Piauitinga), no município de Lagarto (SE). Na oportunidade, o governador também solicitou a liberação de outros recursos de obras hídricas e de projetos de água e esgoto que estão em andamento no estado de Sergipe. "Esta é uma obra importantíssima, que atende uma população de quase 200 mil habitantes na região Centro-sul do estado, contemplando os municípios de Lagarto, Simão Dias, Riachão do Dantas e Tobias Barreto. Uma obra fundamental, de grande alcance social, e para o desenvolvimento dessa região”, ressaltou Belivaldo. A respeito da AIO, o ministro destacou que a análise já estava sendo feita e que a autorização não tinha sido emitida devido a falta do documento de autorização da Prefeitura de Lagarto, que só foi liberado na semana passada.  Ele ressaltou ainda que, com a demora do documento da Prefeitura de Lagarto, as coisas mudaram, e que a obra precisa primeiro entrar no Plano Nacional de Segurança Hídrica. O ministro garantiu que terá uma posição mais detalhada sobre o assunto até a segunda semana de abril. 

Além disso, Rigodanzo destacou que o Governo Federal deverá realizar contingenciamentos no orçamento como um todo, o que pode afetar obras deste tipo. “Acredito que as decisões serão no mérito de importância, daquilo que possa levar um benefício concreto para a população”, complementou. Também participaram da reunião, o secretário nacional de Saneamento, Jonathas Castro; o secretário de Representação em Brasília, Dernival Neto; o assessor econômico do Governo de Sergipe, Ricardo Lacerda; e o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto. A obra de ampliação da Adutora do Piauitinga, orçada em R$ 83,5 milhões, já possui os recursos garantidos por meio de contrato de repasse com a Caixa Econômica Federal e foi licitada há um ano, com autorização do Ministério das Cidades, que atualmente é o Ministério do Desenvolvimento Regional. Esta obra integra a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Com esse projeto de ampliação da infraestrutura sanitária, milhares de habitantes terão garantidos o acesso ao abastecimento de água tratada. A obra contará com 46,6 km de adutoras, uma captação, uma Estação de Tratamento de Água (ETA), uma Estação Elevatória de Água Tratada (EEAT), um reservatório de distribuição com capacidade de 2.000 m³ e 14.436 ligações prediais. A obra é considerada de grande porte e terá um prazo de duração de 24 meses. O Sistema Integrado do Piauitinga abastece as sedes municipais e diversas localidades rurais dos municípios de Lagarto, Salgado, Simão Dias, Poço Verde e Riachão do Dantas.

Com informações da ASN

CONVENÇÃO

Seguindo o que estabelece o calendário nacional da sigla, o PSDB Sergipe realizará de 29 de março a 01 de abril as convenções dos diretórios municipais. Em Aracaju, a Convenção Municipal acontecerá no dia 29, das 9h às 17h, na sede do Diretório Estadual do partido, localizado na rua Frei Paulo, 444, bairro Suíssa. Atualmente o PSDB de Aracaju é presidido pelo vereador Manoel Marcos e tem como presidente do diretório Estadual, o ex-senador Eduardo Amorim.

REFORÇO

Quem ganha reforço importante para as eleições municipais de 2020 é o PSC. A partir de hoje, o ex-presidente estadual do PPS, Clovis Silveira, passa a dar expediente no Partido Socialista Cristão. Clovis é conhecido no estado por saber organizar boas chapas para a disputa de eleições no município e no estado. Silveira passa a ser o grande articulador no PSC, e é um reforço considerável do partido e do deputado estadual Gilmar Carvalho, que tenta disputar a prefeitura de Aracaju.

CANDIDATURA

O PSB disputará as eleições de 2020 com chapa própria em Aracaju. O vereador Elber Batalha confirmou a informação em entrevista nesta segunda-feira (25) à Rádio Fan FM. De acordo com o vereador, ele, e também o ex-deputado federal Valadares Filho, são os possíveis nomes da sigla para o pleito que define a administração da capital sergipana. Elber afirmou que os partidos que quiserem apoiar a candidatura do PSB deveram se adequar ao projeto do partido, e que a sigla não estará coligada a nenhum dos partidos da base aliada de Edvaldo Nogueira (PC do B), atual prefeito de Aracaju. Segundo o vereador, o PSB não compartilha com "atitudes políticas nem com as práticas administrativas da atual gestão municipal".

REVOGADA

O desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, determinou nesta segunda-feira, 25, a soltura do ex-presidente Michel Temer, segundo informou o advogado Eduardo Canelós a aliados do emedebista.  Athié é relator do habeas corpus dos advogados de Temer, que contestam o decreto de prisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, responsável pela Operação Lava Jato. A decisão também inclui a liberdade do ex-ministro Moreira Franco. Athié havia pedido que o caso fosse incluído na pauta de julgamento do tribunal na próxima quarta-feira, para que a decisão sobre o habeas corpus fosse colegiada. Ao conceder a liberdade, porém, ele se antecipou.

CIDADANIA

O deputado Georgeo Passos (REDE), ocupou a tribuna da Alese para informar sua participação no congresso extraordinário do Partido Popular Socialista (PPS), que aconteceu em Brasília, na última sexta-feira e no sábado. O parlamentar explicou que na oportunidade, representantes do diretório nacional do PPS, aprovaram a mudança do novo nome do partido durante reunião, que teve a frente o presidente Roberto Freire. Ainda de acordo com o deputado, o novo nome do partido passa a ser Cidadania. Seu estatuto e programação será modificado, e o senador Alessandro Vieira assume a Presidência da Comissão Provisória do diretório estadual.

LULA

Próximo de completar um ano na cadeia, em razão de uma condenação a 12 anos e um mês em regime fechado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta ir para a prisão domiciliar no começo de abril. Os ministros da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) vão analisar um recurso apresentado pela defesa do petista que tem força para provocar redução na pena. Além disso, no próximo dia 10, o Supremo Tribunal Federal (STF) volta a analisar a constitucionalidade da prisão a partir de segunda instância. O posicionamento dos tribunais superiores será fundamental para definir o futuro do ex-presidente. Caso o recurso dele no STJ tenha uma definição antes da sessão do Supremo que pode revisar o entendimento sobre o momento permitido para o início do cumprimento da pena, o resultado não surtirá efeito para o caso de Lula, já que o processo dele terá tramitado em todas as instâncias judiciais.

BRIGA DE RUA

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse ao blog da jornalista Andréia Sadi que o momento é de "colocar a bola no chão" e conversar para não prejudicar a reforma da Previdência e outros temas importantes. Quando perguntado sobre a crise entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Mourão respondeu: "Parece briga de rua. Precisa acalmar as bases. O momento é de clareza, paciência e determinação". Sadi perguntou como se resolve a crise, e Mourão respondeu: "Conversando, né? Precisa conversar". Mourão disse ao blog que não quer "atravessar o presidente", mas que está "à disposição" para ajudar.

 




Tópicos Recentes