01/04/2019 as 05:56

Neto de Lula não morreu de meningite meningogócica, afirma deputado

Arthur Lula da Silva, de 7 anos, faleceu no dia 1º de março, em hospital de Santo André (SP)

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) afirma que a causa da morte do neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Arthur Lula da Silva, de 7 anos, não foi meningite meningogócica, conforme divulgado pelo Hospital Bartira, do grupo D’Or, em Santo André, onde o menino veio a óbito. Como publicado pela "Revista Fórum", nessa sexta-feira (29), Padilha entrou com requerimento de informações ao hospital no dia do falecimento do menino, em 1º de março, questionando o vazamento do óbito de Arthur. De acordo com a publicação, a morte foi constatada pela unidade às 12h11 e divulgada no blog do jornalista Ancelmo Gois, no "Globo", às 12h20. Segundo o parlamentar, muitos familiares, incluindo o pai de Arthur, Sandro Luís Lula da Silva, ficaram sabendo da morte da criança pelo blog.

Além do vazamento, agora Padilha questiona o diagnóstico. Uma médica e amiga da família que acompanhou o caso afirmou não haver sinal de meningite na tomografia de Arthur. A princípio, o deputado, que também é médico, ponderou a ocorrência de casos específicos da doença, mas pediu que o hospital fizesse o diagnóstico completo no Instituto Adolfo Lutz. Ainda de acordo com ele, os resultados ficaram prontos depois do carnaval. "O Arthur não morreu de meningite meningogócica. Não posso dizer do que ele morreu, porque a divulgação disso é uma decisão da família. Mas posso afirmar do que não foi. O agente etiológico não é o meningococo", garantiu Padilha. "Há dois crimes bastante graves. Primeiro o vazamento da morte do Arthur para a imprensa e a divulgação da causa que se comprovou falsa. O segundo é que houve pânico por conta de ser uma doença altamente contagiosa. Na escola do Arthur, no bairro, na cidade e em todo o Brasil muita gente saiu correndo atrás de uma vacina que hoje custa mais de R$ 1 mil. E isso podia ter sido evitado", explicou Padilha.

Alexandre Padilha
 
@padilhando


Até então não tivemos resposta sobre o vazamento do diagnóstico.

 

Arthur, neto de Lula, não morreu de meningite meningogócica | Revista Fórum

O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) afirma que o neto do ex-presidente Lula,  Arthur Lula da Silva, de 7 anos, filho de Marlene Araujo Lula da

revistaforum.com.br
Alexandre Padilha
 
@padilhando
 

Sabemos que houve um crime ético, por divulgarem uma informação sem autorização da família e uma irresponsabilidade com a saúde pública, propagando o medo de contágio, fazendo com que famílias corressem para vacinar seus filhos.

 
 A revista tentou contato com as empresas envolvidas, mas não obteve retorno.
 
Com informações da Revista Fórum

MÁFIA DOS SHOWS

O jornalista Roberto Cabrini apresenta hoje, em reportagem especial que vai ser exibida pelo SBT, denúncia que envolve uma suposta Máfia de shows em Sergipe que envolvem artistas, autoridades e empresários no estado. Serão apresentados  entrevistas em que artistas apareceram dizendo que receberam menos de 20% do que mandavam os contratos. Tudo pago com dinheiro público. Na vala da corrupção, sempre shows para órgãos públicos. A pergunta que não quer calar é a seguinte, onde foi parar tanto dinheiro público?

MUDOU

O governador Belivaldo Chagas (PSD) mudou de posição sobre a reforma da Previdência.  Belivaldo tinha assinado documento com governadores nordestinos que era contrário a reforma, mas mudou de posição ao discursar na presença da ministra Tereza Cristina da Agricultura. Em seu discurso, o governador foi claro: “sem a reforma, não vamos deslanchar. Com a reforma da Previdência, teremos recursos para a Educação, Segurança, infraestrutura”, disse ele, prometendo esforços no Congresso para ajudar na articulação. A ministra, logo depois, colocou o presidente ao telefone com o governador.

PSD COM EDVALDO

O  ex-ministro e atual presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab disse que agora é hora de fortalecer o partido e ampliá-lo para o pleito eleitoral de 2020. Sobre o apoio ao prefeito de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira (PC do B), nas eleições do próximo ano, Kassab disse que o PSD através de uma resolução determinou que todas as cidades em que o partido dispõe de tempo no programa eleitoral obrigatório na televisão, deverão lançar candidaturas majoritárias, mas segundo ele, Aracaju pode ser exceção, diante da união que há com Edvaldo. “O fato de sermos aliados de Edvaldo, não quer dizer que o apoio é obrigatório, mas é preciso considerar que existe é uma sólida aliança”, pontuou.

RÉDEAS

O senador Alessandro Vieira (Cidadania/SE) cobrou nesta semana, o governo federal de tomar as rédeas do processo de arrendamento das Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados (Fafens) da Petrobras. Em entrevista, Vieira criticou a postura do governo e da Petrobras e afirmou que a abertura do mercado de fertilizantes para empresas internacionais pode impactar diretamente o custo da produção do agronegócio brasileiro. Para ele, a Petrobras ainda não demonstrou claramente qual é a alternativa pensada para garantir segurança aos agricultores. “Hoje o Brasil já depende da importação de fertilizantes, mas se as Fafens pararem, vamos depender 100% de importação”, criticou. “Além dos empregos e da cadeia local, há uma questão de estratégia nacional nesse processo. Não é inteligente colocar nas mãos do estrangeiro a composição de preço da nossa principal commodity”, complementou.

SOCORRO

O ex-deputado estadual e ex-prefeito Zé Franco afirmou que o seu projeto é disputar o comando da Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro em 2020. Se for eleito, ele comandará a gestão municipal pela quarta vez. O que lhe credencia, segundo ele, são os feitos ao longo de três mandatos e as pesquisas de consumo interno que o colocam à frente dos adversários. “Quem viu Socorro a 20 anos percebe hoje uma diferença muito grande e uma demonstração que o desenvolvimento passou ali com muita vontade. Antes Socorro era uma cidade dormitório, hoje é um polo industrial grande, com um comércio extraordinário e um exportador de mão de obra para Aracaju, isso sem contar com o nascimento do Shopping Prêmio, onde o município demonstrou seu desenvolvimento”, afirmou o ex prefeito.

PSD MULHER

A deputada Estadual e Coordenadora do PSD Mulher Sergipe, Maisa Mitidieri, ressaltou a importância do evento e destacou a representatividade da mulher. “Nós estamos vivendo um momento de transformação, não só na política, mas como uma mudança geral do nosso olhar para o mundo. Esse momento foi importante para o fortalecimento dos ideais partidários do PSD. A fala da Coordenadora Nacional do partido, Alda Marco Antônio, foi bastante pertinente nesse sentido, pois nos mostrou que mesmo que o caminho seja longo, é bastante prazeroso segui-lo. A política precisa de mulheres que lutem por seus espaços”, afirmou Maisa.  Mesmo ainda sendo maioria votante, muitas mulheres tendem a ter receio de votar em outras mulheres, com isso o universo da política é composto massivamente de homens.




Tópicos Recentes