22/05/2019 as 06:40

Eliane Aquino, a bola da vez

A atual vice governadora na minha visão deve ser a candidata do PT a prefeitura de Aracaju

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

Sempre fui fã do jeito de fazer política da atual vice governadora Eliane Aquino (PT), ela tem um jeito bem especial de fazer política e de se preocupar com o social, um coração puro e fora dos vícios da política, como disse acima vou confessar mais uma vez que sou fã de carteirinha desse jeto. Ontem no Jornal Nova Manhã, eu, André Barros e Priscila Andrade, tivemos o prazer de entrevistar Eliane e de sabermos também sobre a sua visão sobre vários aspectos da política sergipana. Não sou tucano, não gosto de ficar em cima do muro e muito menos de ficar com mimimi, portanto mesmo contrariando algumas expectativas vai aí o que mais foi de relevante da entrevista de Eliane. Logo no começo da entrevista André saltou de voadora e perguntou a Eliane se o Partido dos |Trabalhadores vai apresentar candidata própria a prefeitura de Aracaju? Eliane suspirou e disse: essa discussão em termos do PT todas eleições acontece, isso significa que o partido  é  extremamente consolidado. Um partido que tem uma história no Estado de Sergipe,  uma história muito forte que tem todo direito de pleitear qualquer candidatura, nós participamos em dois processos para ajudar e agora é um direito do PT se quiser discutir isso. Mais isso tudo vai ser discutido partidariamente, até agora não tem absolutamente nada certo, nada discutido sobre isso.  A gente só precisa lembrar o seguinte, que se o PT decidir assim será uma decisão coletiva.

Bem,  respondendo a outra voadora de Priscila Andrade, que perguntou se havia um interesse do PT em protagonizar o processo, Eliane delicadamente respondeu: eu acho que o PT tem umas bandeiras muito reais, nosso lado sempre foi olhar pelo lado do trabalhador, a gente sempre construiu querer fazer uma política para as pessoas que mais precisão e nos saímos de um processo eleitoral que foi forte, nos saímos de uma história de gestão nesse Estado, tanto das duas gestões do Estado como da prefeitura, na gestão de Marcelo Deda gestões muito forte, então não há como falar que o PT não teria esse direito, porque o PT serve para ajudar, porque o PT serve para ajudar eleger, e porque na hora que o PT tem vontade ou quando alguém quer sair candidato não pode? Ai o PT vira um partido totalmente do mal. O que eu tenho falado em todo o momento é que respeite o PT é só o que eu tenho pedido. Peguei a deixa de Eliane e disparei, você não esta discutindo a sucessão? Mais uma vez um suspiro e a resposta a galope, ainda não,  eu anda estou muito focada na gestão do governo do Estado e tenho me encontrado com alguns companheiros tenho tido conversas mais nada partidariamente com todo agrupamento. Voltei a carga e perguntei,   e o arco de alianças o PT deve caminha com quem na sua visão? Desta vez um suspiro maior e a resposta; então eu não posso falar quem são as pessoas do PT que estão conversando porque não vou falar pelos outros cada um fala por si, lógico que o PT é a favor de alianças, alias sempre de 2000 pra cá o PT foi construindo alianças, mesmo com Marcelo Deda e isso é extremamente importante na política atual. André não perdeu a linha e disparou, Eliane como você interpreta o fato da exoneração de cinqüenta pessoas da administração de Edvaldo Nogueira?  Então no momento que eu soube disso, eu realmente levei um susto, não pelo fato de serem pessoas ligadas a Eliana, quem quiser que olhe aquela secretaria, vão encontrar 50 pessoas que trabalharam a vida inteira comigo, muito pelo contrario, o próprio Edivaldo sabe muito bem disso, como que as pessoas foram contratadas pra aquela secretaria, eu fui eleita vice prefeita, eu não sai da minha casa pra pedir pra ser vice, eu recebi o convite, e entrei literalmente para ajudar, e com muita vontade de ajudar Aracaju. Agora para finalzar, na minha opinião candidatíssima é só aguardar, se fizer aliança com o PSB fica forte e esta no segundo turno.

ABORTOU

O vereador e secretário municipal de Assistência Social do Município, Antônio Bitencourt, achou estranha a informação de que o prefeito Edvaldo Nogueira teria autorizado a exoneração de 50 cargos em comissão da Secretaria Municipal de Assistência Social, veiculada em alguns canais das redes sociais.A bem da verdade, ele disse, o que existe de fato é a substituição de 12 funções da secretaria, das quais uma pessoa pediu exoneração por livre decisão e outras três serão remanejadas para outros setores.Bitty empurrou com a barriga, a matéria do jornalista André Barros é verdadeira, tanto é, que abortou a espinhosa missão do vereador prefeito NitinhoVitale.

TROCA TROCA

Depois do jornalista André Barros com sua rede de informações abortar a iniciativa do prefeito Edvaldo Nogueira, em demitir cinquenta comissionados da prefeitura ligados a vice governadora Eliane Aquino (PT), parece que vai haver um troca troca de servidores na FUNDAT e na SEMAS. Na Fundat sai o grupo liderado pelo deputado federal Fabio Mitidieri (PSD) e entra o grupo liderado pelo ex governador Jackson Barreto. Já na Semas,  sai o grupo liderado por Eliane Aquino e entra o grupo do deputado federal Fabio Mitidieri, simples assim, coisas da politica.

DRAMALHÃO

O deputado estadual Garibalde Mendonça, que demonstra uma grande insatisfação com o seu atual partido o MDB, pode estar de malas arrumadas para o PP de Laercio Oliveira. É desejo do parlamentar e praticamente definida como certa a saída de Garibas do MDB e a sua chegada de malas e cuia no PP. Segundo a informação, a desavença com Jackson Barreto tem se intensificado e vamos partir para os próximos capítulos deste dramalhão bem mexicano.

EMENDAS

O líder do governo na Casa Legislativa de Sergipe, o deputado estadual Zezinho Sobral (PODEMOS), ocupou a tribuna  para esclarecer a respeito do fechamento de fábrica de cerâmica e sobre vídeo apresentado na Alese por outro parlamentar, na tarde de ontem, que mostrou médico lamentando a qualidade do fio utilizado para suturar uma cirurgia de cesariana, em uma unidade de saúde de Sergipe.Durante o seu discurso, o deputado Zezinho também falou a respeito da PEC das emendas do Poder Legislativo. Ele explicou que em primeira reunião com os deputados, o presidente da Casa apresentou proposta, com o acompanhamento de equipe técnica, objetivando solução efetiva e adequada na construção das emendas.  De acordo com Zezinho, a bancada sergipana irá se reunir novamente na próxima semana, data a ser definida, para o fechamento da construção da legislação.

AVALIA

O presidente Jair Bolsonaro considera participar, no próximo domingo (26), de manifestações convocadas no país inteiro em apoio ao seu mandato.O movimento, que é também contrário ao Congresso e ao STF (Supremo Tribunal Federal), tem sido defendido, nas redes sociais, pelos filhos do presidente e por parlamentares do PSL, partido de Bolsonaro.Segundo relatos feitos à reportagem, o presidente indicou, em conversas reservadas, a disposição de comparecer, mas afirmou que ainda não havia tomado uma decisão.A presença dele é defendida pelo núcleo ideológico do Palácio do Planalto, formado por seguidores do escritor Olavo de Carvalho. Para eles, a participação do presidente seria um gesto importante a seus apoiadores.O grupo moderado, que é composto pelos militares, no entanto, considera a ida de Bolsonaro um erro. Para eles, o presidente sofrerá um desgaste independentemente da adesão do público.

CEGOS

Após criticar publicamente a organização dos atos de apoio ao governo Jair Bolsonaro previstos para o dia 26 de maio, a deputada estadual Janaina Paschoal ameaçou deixar o PSL, partido do presidente. Candidata mais votada na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), a advogada sinalizou a possível desfiliação em uma mensagem enviada nesta segunda-feira, 20, no grupo de WhatsApp da bancada do partido no Legislativo paulista."Amigos, vocês estão sendo cegos. Estou saindo do grupo, vou ver como faço para sair da bancada. Acho que os ajudei na eleição, mas preciso pensar no país. Isso tudo é responsabilidade", escreveu a parlamentar na mensagem reproduzida pela site O Antagonista e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo com deputados do PSL. Em seguida, ela deixou o grupo, Janaina foi a deputada estadual mais votada da história do País, com 2 milhões de votos, o que ajudou o PSL a ter a maior bancada da Assembleia, com 15 deputados.

 

 

 

 

 




Tópicos Recentes