07/03/2020 as 06:23

Sukita é renegado no PT

Diretório Municipal poderá lançar candidatura a prefeito de Capela nas próximas eleições de outubro.

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O PT recusou a filiação do ex-prefeito Manuel Messias Sukita na legenda. Ele havia escolhido o partido para disputar a Prefeitura de Capela, mas o diretório municipal se colocou contra a entrada dele na legenda. Segundo informação de Capela, o ex-prefeito Sukita teve uma conversa com o presidente do partido, deputado federal João Daniel, quando ouviu dele que a maioria dos membros do PT no município não queria que ele integrasse a sigla, para disputar ou não o mandato. João Daniel teria dito que tinha respeito pelo ex-prefeito Manoel Messias Sukita, mas que o partido não poderia deixar de acatar uma decisão do Diretório Municipal, que poderá lançar candidatura a prefeito de Capela nas próximas eleições de outubro.

O Partido dos Trabalhadores já estaria discutindo um nome para lançar a pré-candidatura à Prefeitura de Capela, que seja ligado à área de Educação. Já apareceu o nome do vereador Toni (PT) que se dispõe a disputar o mandato, com o apoio do diretório municipal da cidade e da direção estadual do partido. A informação é que Manoel Messias Sukita vai escolher um outro partido para disputar a Prefeitura, e que pode ser o PDS. Acontece que a legenda é conduzida em Capela pelo deputado estadual Jeferson Andrade e tem ligações com o ex-prefeito Ezequiel Leite (PL), inclusive podendo indicar nome para chapa majoritária à Prefeitura de Capela. Já o deputado federal Luis Mitidieri (PSD), que sem esteve ao lado de Sukita, manterá a mesma posição para o próximo pleito e apoiará sua provável candidatura a prefeito daquela cidade. Munir Darrage

HACKEADO

Mais um telefone de político foi invadido. Desta vez o senador Alessandro Vieira (Cidadania) teve seu telefone pessoal violado por um hacker por meio do aplicativo de mensagens, WhatsApp. A invasão ocorreu na noite desta quinta-feira (5), sendo comunicado imediatamente à Polícia Federal. O senador emitiu a seguinte nota: “O senador Alessandro Vieira, do Cidadania de Sergipe, um dos líderes do grupo Muda Senado, informa que foi vítima de um ataque hacker ontem à noite, com o sequestro da sua linha telefônica pessoal e da respectiva conta de WhatsApp. Este fato ocorreu por volta das 22h e já é objeto de investigação pela Polícia Federal”.

PRESO

Policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) prenderam Naldimar de Oliveira Galdino, mais conhecido como “Dimar” ou “Naldi”, 43 anos. A operação foi em apoio a investigações do DAGV de Estância.   Ele possuía dois mandados de prisão em aberto pela prática do crime de estupro de vulnerável, nas cidades de Propriá/SE e Aracaju/SE, e é investigado por práticas semelhantes em Estância/SE. Naldimar, que é radialista e locutor de eventos, foi encontrado na cidade de Cristinápolis/SE, enquanto se preparava para trabalhar em uma festa de um sindicato. As investigações indicarm que Naldimar também era técnico de futebol juvenil e aliciava adolescentes, com idades entre 12 e 14 anos.  O preso confessou as práticas criminosas e disse estar arrependido.

VICE

No município de Lagarto, está praticamente certo que a prefeita Hilda Ribeiro (Solidariedade) e o deputado estadual Ibrahim Monteiro (PSC), filho do ex-prefeito Valmir Monteiro (PSC), serão candidatos a prefeito. Entre os Reis, quatro nomes se destacam: o deputado federal Fabio Reis, o ex-deputado Sérgio Reis, a deputada estadual Gorette Reis e o ex-prefeito e ex-deputado Jeronimo Reis. Eleitoralmente, o mais forte é Fábio. No grupo, assim como nos demais, não há definição de candidato a vice-prefeito.

PSDB

O PSDB emitiu uma nota na tarde desta sexta-feira (06) dizendo que lamenta as declarações do vereador Manoel Marcos. A nota, responde de forma dura as declarações do vereador e diz que “o parlamentar faz lembrar aquela frase popular: “está cuspindo no prato que comeu”, diz a nota. Veja a nota na íntegra O Diretório Estadual do PSDB lamenta a declaração do vereador Manuel Marcos (PSDB) de que o partido está desorganizado. O parlamentar faz lembrar aquela frase popular: “está cuspindo no prato que comeu”. Além de não ser elegante, não condiz com a história do vereador. Vale até lembrar que Manuel Marcos foi presidente do Diretório Municipal, eleito em Convenção, de outubro de 2017 até novembro de 2018. Talvez ele tenha dado essas declarações por não estar frequentando o partido, além de jamais ter consultado o PSDB sobre nenhuma decisão legislativa.

SOLICITOU

A frequência de má-formação congênita é grande entre bebês (1 em cada 100 nascidos vivos). Cerca de 20% destes necessitam de intervenção ainda no período neonatal. O teste do coraçãozinho indica a suspeita de cardiopatia, mas o ecocardiograma permite a verificação da doença e seu tratamento. A maternidade do Hospital Santa Isabel realiza uma média de 900 partos por mês, mas o aparelho de ultrassonografia com capacidade de realização de ecocardiograma em recém-nascidos e crianças está quebrado. Por esse motivo, o deputado federal solicitou nesta quinta, 5, ao Ministério da Saúde um novo aparelho, em reunião com o chefe de gabinete do ministro Mandeta, Gustavo Machado Pires. “Esse aparelho custa R$ 170 mil e é fundamental para salvar a vida dessas crianças”, afirmou o parlamentar, informando que quando ficou sabendo da necessidade, já havia passado o prazo de indicação de emendas.

AGORA É LEI

A partir da divulgação no Diário Oficial do Estado de Sergipe nesta sexta-feira, 06, da Lei Nº 8.663, sancionada em 05 de março de 2020 pelo governador Belivaldo Chagas, passa a vigorar a redução da jornada de trabalho para pais e responsáveis por pessoas com deficiência que sejam funcionários da administração estadual. O decreto atualiza a Lei 4.009/1988 e permitirá que a servidora e o servidor público, de qualquer categoria, com filho(a) com deficiência tenha sua carga horária de trabalho reduzida em 50%. Para a vice-governadora Eliane Aquino, a atualização desta lei é uma vitória não só para a categoria dos servidores públicos, mas também e principalmente um grande passo ao horizonte da inclusão social: “Em primeiro lugar, tenho que registrar meu agradecimento ao governador Belivaldo Chagas por sua sensibilidade com o tema. Desde que o procurei para tratar do assunto, ele se mostrou totalmente aberto e favorável à alteração da lei. Como mãe de uma criança com Síndrome de Down, sei o quanto é importante que todos os meninos e meninas que possuam algum tipo de deficiência tenham a oportunidade de contar com uma maior presença de um dos seus responsáveis, imprescindível para que recebam ainda mais atenção e estímulo ao seu desenvolvimento”.




Tópicos Recentes