10/03/2020 as 06:00

Prefeito de São Cristóvão desviou mais de 5 milhões, diz Armando

Armando, afirmou que “São Cristóvão virou uma república da corrupção".

Política Online

Política
Por Ewerton Júnior
<?php echo $paginatitulo ?>

O ex-prefeito de São Cristóvão, Armando Batalha, fez sérias acusações contra o atual prefeito do município de São Cristóvão, ao afirmar que um levantamento feito por sua equipe aponta que o atual prefeito, Marcos Santana (MDB), desviou mais de R$ 5 milhões da prefeitura municipal para a  família dele. Na entrevista  Armando afirmou que “São Cristóvão virou uma república da corrupção . Além das duas filhas como secretárias municipais, o prefeito tem 31 parentes ocupando cargos em comissão na prefeitura. De R$ 40 milhões recebidos pela prefeitura,  fruto dos royalties, cerca de R$ de 5 milhões vai para a folha de pagamento de familiares do prefeito".

"Isto é uma vergonha", afirmou Armando lembrando Boris Casoy. Batalha, afirmou tambem, que será  pré-candidato a prefeito de São Cristóvão. ele tenta conseguir habilitação legal junto à Justiça Eleitoral para disputar a eleição. Em nota, Armando explicou sobre sua Certidão de Quitação Eleitoral (CQE), que lhe concede os direitos políticoas. Sobre a decisão da Justiça Eleitoral, Armando disse que “essa foi a primeira de muitas vitórias que estão por vir. Trata-se da minha regularidade junto à Justiça Eleitoral, e como todos sabemos, é o primeiro degrau para alcançar a eleição”, explicou. "Todos afirmam, que o meu nome é o melhr para administrar a quarta cdade mais antiga do país, quando fui prefeito busquei dotar a minha cidade de toda estrutura para melhorar a qualidade de vida da nossa gente. Vou trazer de volta a dignidade para o nosso povo" finalizou um entusiasmado Armando Batalha. 
 
ANULADA

A secretária de Cultura, Regina Duarte, sentiu mais uma vez nesta segunda-feira, 9, o peso da força do presidente Jair Bolsonaro, que disse durante sua posse que ela tinha carta branca para nomear e ele para exonerar.. Maria do Carmo Brant de Carvalho, que comandaria a Secretaria da Diversidade, trabalhou na gestão de Dilma Rousseff. Comandaria! Foi nomeada nesta segunda-feira e teve seu nome vetado pelo Planalto. Domingo, no “Fantástico”, da Rede Globo, Regina Duarte havia declarado publicamente que “facção” queria sua demissão.

ESPAÇOS DE PODER

As mulheres estão ocupando cada vez mais os espaços de poder no Brasil. Em Sergipe, especialmente na Assembleia Legislativa, o número de deputadas vem crescendo a cada disputa eleitoral. Atualmente, dos 24 parlamentares, seis são do sexo feminino e elas fazem a diferença no sentido de lutar por melhorias, direito a voz, contra o feminicídio e pelo aumento da bancada feminina na política. Para as deputadas Maria Mendonça (PSDB), Goretti Reis (PSD), que são veteranas e as novatas Diná Almeida (PODE), Maisa Mitidieri (PSD), Janier Mota (PL) e Kitty Lima (CIDADANIA), o Dia Internacional da Mulher, deverá ser lembrado como de luta na busca do reconhecimento.

VOTAÇÃO

O líder do governo do Estado na Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Sobral (Podemos), confirmou, que os parlamentares terão pauta de votação, na Sala de Comissões e em plenário. A pauta ainda não está definida, mas Sobral confirmou que não será muito extensa por conta do plenário compartilhado, já a partir desta terça-feira (10), com a Câmara Municipal de Aracaju (CMA). “Existem alguns projetos que estão tramitando aqui na Casa que são solicitações do Governo, que forma pautados em 2019 e que nós estamos retomando agora. É a primeira sessão de votação efetivamente. Estamos definindo a pauta, alguns projetos estão sendo solicitados, temos resoluções internas do Poder, além propostas do Judiciário e do Ministério Público”, comentou o deputado.

ORIENTAÇÃO

Na expectativa de estimular a participação de mais mulheres na política, a Ordem dos Advogados do Brasil, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) e a Assembleia Legislativa de Sergipe promoveram um evento para orientar mulheres sobre o processo de candidatura para eleições. O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), com a Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe (OAB-SE) e com a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe – ALESE promoveram o evento Mulheres na política: viabilizando candidaturas. O presidente do TRE-SE, Des. José dos Anjos iniciou o evento dizendo que “os problemas políticos decorrem da baixa representatividade da mulher em cargos de poder. Deve haver um equilíbrio maior entre a representação masculina e a feminina na política. Quando as mulheres alcançarem uma participação efetiva na política partidária brasileira, certamente, teremos um país com mais progresso e administrações mais benéficas à sociedade”.

CONVOCACÃO

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) publicou o ato de convocação de mais 10 aprovados no concurso público para o preenchimento de vagas em cargos efetivos do quadro de pessoal da Alese. Foram 96 aprovados e, com este anúncio a gestão atual da Mesa Diretora completará 64 convocados. O concurso público em questão representa um marco histórico no mandato do presidente da Alese, deputado Luciano Bispo. Foram convocados candidatos para o cargo de Analista Legislativo para a Área Técnico-Jurídica (especialidade Apoio Jurídico); Analista Legislativo para a Área Apoio Técnico ao Processo Legislativo (especialidade Processo Legislativo); Analista Legislativo para a Área Apoio Técnico Administrativo (especialidade Contabilidade). Também houve convocação para Analista Legislativo para a Área Comunicação Social (especialidade Jornalismo); para Técnico Legislativo para a Área Apoio Técnico Administrativo, além para Técnico Legislativo para portador de necessidades especiais.

ESPONTÂNEOS

Depois de compartilhar pelo WhatsApp vídeos em defesa da manifestação bolsonarista marcada para o dia 15, o presidente Jair Bolsonaro convocou abertamente ontem a população para participar dos protestos. Ele se declarou vítima de traidores em seu governo. "Já levei facada no pescoço dentro do meu gabinete", afirmou. O presidente fez o apelo à plateia que assistia ao seu discurso em Boa Vista (RR), antes de embarcar para os Estados Unidos, onde se encontraria com o presidente americano, Donald Trump. Bolsonaro disse que os atos marcados para a próxima semana são "espontâneos", "bem-vindos" e "pró-Brasil". Apesar de os apoiadores do presidente convocarem o protesto em meio a ataques a parlamentares e a ministros do Supremo Tribunal Federal, Bolsonaro afirmou que o ato não será "contrário ao Congresso Nacional ou ao Judiciário". Ele acrescentou: "Quem diz que os protestos do dia 15 são contra a democracia está mentindo".




Tópicos Recentes