CULTURA E ENTRETENIMENTO

25/02/2019 as 13:00

Cangaço sergipano é tema de escola de samba do Rio de Janeiro

Escola da Baixada Fluminense vai desfilar na sexta-feira (1º).

Portal G1/SE
Marcus Ferreira/ Arquivo pessoal<?php echo $paginatitulo ?>

“O Frasco do Bandoleiro” é o tema que a escola da Baixada Fluminense, Inocentes de Belford Roxo, vai levar nesta sexta-feira (1º), à Marques de Sapacuí, no Rio de Janeiro.

No último carro, o grupo vai abordar o declínio do cangaço, passando pela morte de Lampião e parte do bando em Sergipe.

Essa alegoria leva panelas velhas, garrafas, baldes e outros utensílios que seriam descartados. Com uma pegada ambiental, estão sendo utilizadas 13 mil garrafas PET, latas, panelas e outros produtos que seriam descartados para decorar três das quatro alegorias.

“Eu acho que é importante ajudar o carnaval em um ano que a gente não está contando com o poder público. Estamos fazendo um carnaval com muito sacrifício. As escolas são um patrimônio do Rio, ajudam a alavancar a cidade”, analisou o carnavalesco, Marcus Ferreira.

Através das alegorias, a Inocentes vai fazer um paralelo com os dias atuais e oferecendo aos espectadores do espetáculo uma inspiração cinematográfica. Vai trazer as crendices de pessoas que guardavam fortunas enterradas em seus quintais no Nordeste do país e cenas de casos atuais de corrupção.

 

 

 




Tópicos Recentes