CULTURA E ENTRETENIMENTO

13/04/2019 as 13:30

Roupa Nova recicla música de astro espanhol em single gravado com a cantora mexicana Maite Perroni

Grupo quer se reafirmar na indústria da música pop

Divulgação<?php echo $paginatitulo ?>

À beira de completar 40 ininterruptos anos de atividade, a serem festejados em 2020, o grupo carioca Roupa Nova segue tentando soar atual na indústria da música pop. O salto para o momento presente está sendo dado com a gravação das músicas que compõem o projeto fonográfico intitulado Novas do Roupa.

Esse projeto foi anunciado oficialmente em julho de 2018 com EP de três músicas inéditas que revelou flertes do sexteto com o pop sertanejo na faixa Luzes de emergência e com o pop romântico dos anos 2010 na composição Queda de braço.

Nove meses após o EP, o Roupa Nova apresenta o single Destino o casualidad, lançado neste segundo fim de semana de abril de 2019. Trata-se de versão de composição de autoria de Ramón Melendi Espina, o cantor e compositor espanhol conhecido no mercado latino pelo nome artístico de Melendi.

A música Destino o casualidad foi originalmente lançada em 2016 em gravação feita pelo próprio autor com a dupla norte-americana de pop country Ha*Ash, formada pelas irmãs Hanna Nicole e Ashley Grace.

Três anos depois, a canção é reciclada pelo Roupa Nova em versão em português assinada pelos seis integrantes do grupo e gravada com a adesão da cantora mexicana Maite Perroni.

Juntos como Roupa Nova desde 1980, embora alguns integrantes já tocassem juntos na segunda metade dos anos 1970 no grupo de baile Os Famks, Cleberson Horsth (teclados e vocal), Kiko (Eurico Pereira da Silva Filho, violão, guitarra e vocal), Nando (Luiz Fernando Oliveira, baixo e vocal), Paulinho (Paulo César dos Santos, percussão, voz e vocal), Ricardo Feghali (teclados, violão, guitarra e vocal) e Serginho (Sérgio Herval Holanda de Lima, bateria, voz e vocal) têm guardado na manga um reggae gravado com o cantor Luan Santana e intitulado Amor sob medida.

 

Com informações do G1




Tópicos Recentes