CULTURA E ENTRETENIMENTO

02/12/2019 as 17:00

Orquestra Sinfônica apresenta Festival Tchaikovsky no Teatro Atheneu

Apresentação acontece dia 5 de dezembro

<?php echo $paginatitulo ?>

Nesta quinta-feira, 5 de dezembro, às 20h30, a Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse), sob a regência de seu diretor artístico maestro Guilherme Mannis, apresenta um concerto inteiramente dedicado ao compositor romântico russo Piotr Ilytch Tchaikovsky (1840-1893).

Mesclando peças famosas, como as que compõem os Ballets “O Quebra-Nozes” e “Lago dos Cisnes”, a obras importantes como a Sinfonia nº 5, em Mi menor, o concerto trará ao público um grande panorama composicional deste grande artista russo, na interpretação da orquestra sergipana. Os ingressos, a preços populares, estão disponíveis à venda na bilheteria do Teatro Atheneu. A Orsse é uma realização da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), do Governo de Sergipe.

Segundo o maestro Guilherme Mannis, a Orsse possui grande domínio na interpretação do compositor: “Já realizamos o ciclo completo de suas sinfonias e suas mais importantes obras. Elas requerem dos músicos enorme delicadeza, aliada a momentos de energia dignos de uma maratona musical, como é o caso da Marcha Eslava, ou mesmo o último movimento da Sinfonia nº 5. Nossos músicos desenvolveram, ao longo dos últimos tempos, uma notável competência quanto à interpretação destas obras”.

Sobre o programa, um dos destaques desse último concerto da Série Laranjeiras, na Temporada 2019, será a execução da “Marcha Eslava”, de 1876, ano em que a Sérvia encontrava-se em guerra com o império turco-otomano. Nikolai Rubinstein, amigo de Tchaikovsky, requereu, por parte da Rússia, que Tchaikovsky compusesse uma peça orquestral a fim de auxiliar os sérvios feridos por meio de um concerto beneficente. Muitos russos simpatizaram com aqueles considerados companheiros eslavos e cristãos ortodoxos, enviando, à Rússia, soldados voluntários e apoio em geral aos sérvios.

Outras importantes realizações do programa serão algumas danças compostas para o ballet “O Quebra-Nozes”, de 1892. Este conta uma história em que fantasia e magia, típicas do romantismo, relatam as aventuras de um quebra-nozes, de aparência humana, vestido como um soldado, mas que tem as pernas e a cabeça de tamanho desmensurado. Estarão na programação desta noite excertos de outro impactante ballet, “Lago dos Cisnes” de 1877. Traduz-se como um enredo dramático encenado em 4 atos, um dos trabalhos memoráveis do compositor russo que conta a história da princesa Odette, que por um feitiço é transformada em cisne e pra reverter tal condição necessita da jura de amor e um homem fiel, este homem é o príncipe Sigfried. Completa o programa a aclamada Sinfonia nº 5, em Mi menor, em quatro movimentos.

Ingressos à venda na bilheteria do Teatro Atheneu, nos valores de R$15,00 (estudantes, melhor idade e professores) e R$30,00.

Fonte: Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE)




Tópicos Recentes