20/08/2018 as 14:58

Sanduíche de beterraba, creme de ricota, castanhas e rúcula

Um grande cozinheiro não é o que elabora grandes pratos, o que ele precisa é prepara-los com amor

Coluna Gourmet

Gastronomia
Por Elisangela Nunes
<?php echo $paginatitulo ?>

Sou apaixonada por essa iguaria!!! Sanduiche é bom demais!

Em um domingo no parque, em viagens pelo mundo, no café da manhã, ou à tarde. Com café, com chá, com suco, incrementado com queijo, com maionese, com salada, com carne. Ele sempre está lá. O sanduíche é uma das formas mais populares de comer no Ocidente. E não é de hoje.

O sanduíche é definido como “uma comida que consiste em dois pedaços de pão com algo entre eles, ingerido como uma refeição rápida e prática”. Mas quem foi o primeiro a pensar nessa ideia tão simples e eficiente de cortar o pão e colocar um recheio no meio? John Montagu, 4° Conde de Sandwich como é chamado o lanche em inglês, que viveu na Inglaterra durante o século 18. Ele era um aristocrata apaixonado por jogos de cartas. Era tão apaixonado que não queria parar nem para ir jantar ou almoçar. Pedia então para trazerem um pedaço de carne no meio de duas fatias de pão.

As coisas não mudaram muito desde então. Até hoje, muita gente que quer praticidade, sabor, versatilidade e rapidez pega um sanduíche para comer. Desde então, o sanduiche continua firme e forte, sempre renovando a sua tradição com inovações no recheio, na forma de preparo, ou nos acompanhamentos. Hoje o sanduíche se modernizou e está mais presente do que nunca em nossas vidas. Há diversos tipos de pães e de recheios para se colocar no meio de duas fatias. Há os vegetarianos, os de carne, os quentes e os frios e os naturais.

Assim como o sanduíche evoluiu, muitas das receitas também se transformaram. Em um país como o Brasil, onde as pessoas adoram inventar novas formas de comer, é claro. Hoje em função da saúde, muitos optam em comer comidas mais naturais, a exemplo dessa receita de hoje.

Sanduíche de beterraba, creme de ricota, castanhas e rúcula

Vamos a receita !!!!!!

Ingredientes

1/2 beterraba cozida e cortada em cubos
1/4 xícara (chá) de castanha de caju
1 colher (chá) de azeite de oliva
4 colheres (sopa) de creme de ricota (pode substituir por requeijão ou cream cheese)
1 pão australiano
3 colheres (sopa) de molho pesto
folha de rúcula
sal
pimenta

Modo de preparo

- Deixe as castanhas de caju de molho em água, em um pote fechado e dentro da geladeira, de um dia para o outro. Isso vai deixá-la mais macia e úmida, o que favorece que vire um creme mais facilmente.
- Descasque e corte a beterraba em cubos não muito grandes e cozinhe
- Coloque as castanhas escorridas em um processador de alimentos para triturá-las bem.
- Junte a beterraba e bata novamente.
- Tempere com o azeite, sal e pimenta do reino e bata novamente.
- Corte o pão ao meio e espalhe a pasta de beterraba na parte de baixo.
- Depois, uma camada do creme de ricota.
- Cubra com o molho pesto e, em seguida, as folhas de rúcula.

Dica da chef:

Você pode servir com um molho de cebolinha e alcaparras, para isso é necessário 1/2 colher de sopa alcaparras picadas, 1/2 colher de cebolinha picada e 1 e 1/2 colher de sopa de iogurte natural. Misture tudo e terás um ótimo molho de acompanhamento para o seu sanduiche.

Elisangela Nunes - Chef gourmet, colunista gastronômica e consultora na área de organização e limpeza.
- Trabalhamos com todos os tipos de eventos,
- Oferecemos kit festa,
- Oferecemos cesta de café da manhã e festa na caixa,
- Oferecemos serviço de congelamento com cardápio variados,
- Oferecemos cursos para iniciantes na areia da gastronomia,
- Oferecemos serviços de Buffet com equipe qualificada,
Nos siga no Instagram elisangelasantos¬¬_40
E-mail: chefgourmetlinunes@gmail.com




Tópicos Recentes