EDUCAÇÃO

19/09/2018 as 15:31

Mais de 80 mil jovens e adultos privados de liberdade fazem o Encceja

71.115 destes estão no sistema prisional e 9.568 no sistema socioeducativo

Foto: (Pixabay).<?php echo $paginatitulo ?>

Mais de 80 mil jovens e adultos privados de liberdade no Brasil fazem hoje (18) e amanhã (19) exame do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para receber a certificação do ensino fundamental e médio. As provas serão aplicadas em 1.041 unidades prisionais e 324 unidades socioeducativas, de 701 municípios

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja Nacional PPL) 2018 é dividido em quatro provas objetivas, que são diferentes de acordo com o nível de ensino, e uma redação.

A maioria dos inscritos (47.457) tentará a certificação para o ensino fundamental, cujas provas são aplicadas hoje (18). Amanhã será aplicado o exame para a certificação do ensino médio.

Segundo o Inep, ao todo, são 80.683 inscritos, sendo 71.115 do sistema prisional e 9.568 do sistema socioeducativo. Na mesma data, em nove estados, será feita a reaplicação do Encceja Nacional Regular para 65 participantes afetados por questões logísticas na aplicação de 5 de agosto.

Será certificado o participante que atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e atingir o mínimo de cinco pontos na prova de redação.

Os participantes podem conseguir dois documentos por meio do Encceja: o Certificado de Conclusão, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação; e a Declaração Parcial de Proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.


 

 

 

Com informações de Agência Brasil.




Tópicos Recentes