EITXA PÉ

06/01/2019 as 09:42

Verão acende alerta para casos de câncer de pele

O tipo mais agressivo é o melanoma, que nas fases iniciais se parece com uma pinta comum

<?php echo $paginatitulo ?>

Na estação mais quente do ano, aumentam as atividades realizadas ao ar livre. Além disso, a radiação solar incide com mais intensidade, aumentando o risco de queimaduras e surgimento de pintas que podem desencadear o câncer de pele. Geralmente, pintas, sardas ou sinais surgem por dois fatores: herança genética e excesso de sol. Uma grande exposição aos raios solares pode causar câncer de pele.

Segundo o médico dermatologista José Jabur da Cunha, na capital paulista, algumas pessoas são mais suscetíveis à doença do que outras. Um dos fatores que fazem diferença é a cor da pele. “Indivíduos com predisposição genética e aqueles com a pele, os cabelos e olhos muito claros acabam desenvolvendo mais pintas no decorrer da vida por tolerarem pouco a exposição solar. Com isso, têm mais risco de câncer de pele”, explica.

Existem alguns tipos de tumor. O mais agressivo é o melanoma. Nas fases iniciais, ele se parece com uma pinta comum, mas, ao se desenvolver, assume características bem diferentes. “É por causa do melanoma que nós, dermatologistas, estamos sempre de olho nas pintas, porque o tumor, quando em fase inicial, se parece muito com uma, mas na verdade não é. Para diferenciar uma coisa da outra é que deve ser feito o exame dermatológico com regularidade e, quando necessária, uma biópsia”, ressalta o Jabur, que é especialista em câncer de pele.

No entanto, o câncer de pele não é exclusividade das peles mais claras; morenos e negros também correm risco. Em pessoas de pele negra, o melanoma aparece mais frequentemente nos pés e nas mãos. “Muitas vezes é uma mancha escura ou preta que aparece nos dedos ou na região palmar e plantar e vai crescendo com o passar dos anos”, informa o médico.4

Evitar situações que podem gerar exposição solar excessiva é o melhor remédio. O dermatologista dá algumas dicas de comportamentos e hábitos que podem prevenir o câncer de pele:

*Em dias ensolarados, busque caminhar pela sombra.

*Antes de se expor ao sol, aplicar na pele filtro (protetor) solar com fator de proteção 30, no mínimo. Não esquecer de passar em áreas como orelhas e lábios.

*Quando em atividades ao ar livre, use roupas que protejam a pele, como camisetas e chapéus. Se as peças tiverem fator de proteção solar, melhor ainda.

*Evite atividades ao ar livre nos horários de pico do sol, entre 10 e 16 horas.




Tópicos Recentes