EITXA PÉ

11/11/2019 as 09:01

Afogamentos deixam três mortos em Sergipe durante o domingo

Registro ocorrido em Gararu, no Alto Sertão de Sergipe, contou com o acompanhamento do Grupamento Marítimo.

<?php echo $paginatitulo ?>

O fim de semana foi marcado pela atuação do Grupamento Marítimo (Gmar) do Corpo de Bombeiros em registros de afogamento no Estado de Sergipe. Somente no último domingo, 11, o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher corpos de três vítimas em circunstâncias similares que culminaram em afogamentos nos municípios de São Cristóvão, Gararu e Ilha das Flores.

O comandante do Gmar, major Caldas, explica que o primeiro chamado ocorreu durante a manhã do domingo, 10, quando populares informaram de um afogamento em um trecho do Rio Poxim localizado em São Cristóvão. A vítima foi um adolescente de 16 anos que estava acompanhado de familiares quando ocorreu o óbito. “Pelo que os populares informaram, ele tentou atravessar uma pequena faixa do rio, mas não percebeu que o local era fundo e veio a se afogar”, diz o comandante.

Os outros dois registros ocorreram em Gararu e Ilha das Flores. A ocorrência em Gararu foi informada durante a tarde através de familiares da vítima identificada como Alexandro Andrade de Santana, 41, os quais acionaram o Gmar após o desaparecimento do homem em uma barragem do povoado Várzea Nova. “Nos informaram que a vítima havia ingerido bebida alcóolica e teria tentado atravessar o rio, mas que, durante o percurso, veio a cansar e se afogar”, explica o Gmar.

Em Ilha das Flores, ainda durante a tarde do domingo, um homem de nome Francisco Ilídio Newton Júnior fazia a travessia de uma margem à outra no Rio São Francisco e, aparentemente, veio a se cansar enquanto fazia o nado. A companheira e outros familiares da vítima estavam no local e foram os responsáveis pelo acionamento do Gmar.

Dos três registros, apenas o cadáver de Max Henrique, vítima do município de São Cristóvão, foi liberado para sepultamento pela equipe do IML. Os outros dois casos tiveram as entradas protocoladas por volta de 1h e ainda não possuem previsão para liberação.




Tópicos Recentes