POLÍTICA

18/01/2020 as 15:02

Edvaldo já “escorregou” com Lula e Dilma! Ciro Gomes será o próximo?

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

A classe política em geral caiu em descrédito junto à população por culpa dos próprios representantes do povo! Neste segmento existem “grandes líderes”, “homens de palavra”, “pessoas sérias e honestas”, mas também existem apenas os “maus políticos”. A partir do momento em que o cidadão é eleito em uma consulta popular, ele passa a ter legitimidade para representar bem a coletividade. Alguns políticos têm forte aceitação popular; outros são “pesados” e “duros de carregar”.

 

A disputa pela Prefeitura de Aracaju em 2020 tem “políticos” de todas as correntes e de todos os tipos. Pré-candidato à reeleição, o prefeito Edvaldo Nogueira (sem partido) concentra as atenções e isso é natural. Até o final de 2019, muita gente dava como certa sua continuidade no cargo pela força do agrupamento que lhe apoia. É inegável que o rompimento do Partido dos Trabalhadores criou um “fato novo” na disputa, mesmo porque, Edvaldo jamais confrontou o partido de Marcelo Déda (in memoriam)...

 

Em entrevista na FAN FM, nessa sexta-feira (17), o senador Rogério Carvalho (PT) deu um “tom” do que vem por aí na próxima campanha eleitoral: o petista questionou onde estava Edvaldo quando o ex-presidente Lula foi preso e onde estava o prefeito de Aracaju quando a então presidente da República, Dilma Rousseff (PT), sofreu o processo de impeachment. Nogueira, que a vida inteira foi “carregado” pelo PT, ficou “em cima do muro” e não se posicionou, não se expôs nos dois casos.

 

O interessante é que quando anunciou que iria disputar a eleição para prefeito de Aracaju, em 2016, salvo engano, o primeiro partido a ser procurado pelo então candidato Edvaldo Nogueira foi o Partido dos Trabalhadores. Naquele momento ele precisava da legenda, não tinha estrutura para “conquistar” apoios. Quatro anos depois, com a “máquina nas mãos”, Edvaldo agora seleciona com quem quer caminhar na próxima campanha.

 

A história é real e Edvaldo não tem como negar. Após o falecimento de Déda (dezembro de 2013), parece que o atual prefeito se “desapegou” do PT, das causas sociais, dos movimentos sociais. Sofrendo o processo de impeachment, Dilma veio a Aracaju, em julho de 2016, em busca de apoio popular. Fez um ato em praça pública e, então pré-candidato, Edvaldo se “escondeu”! Parecia não querer “se desgastar”. Também não deu às caras quando o ex-presidente Lula foi preso...

 

Agora, Edvaldo anuncia que vai se filiar no PDT e já posa para fotos ao lado do eterno presidenciável Ciro Gomes. Em Sergipe, em Nossa Senhora do Socorro, mais precisamente, já deixou o Padre Inaldo “rezando sozinho” e agora já tem “projetos” com o deputado federal Fábio Henrique (PDT). Este é Edvaldo, “transparente para uns, fosco para outros”. Ele já “escorregou” com Lula e Dilma! Quem por aí acha que Ciro será o próximo? Cenas dos próximos capítulos...

 

Veja essa!

Depois das recentes críticas que setores da classe política estão fazendo à postura do prefeito Edvaldo Nogueira, em entrevista na FAN FM, Rogério Carvalho disse, em alto e bom som, que o prefeito de Aracaju “quer herdar a herança de Albano Franco e João Alves Filho”. É mole?

 

E essa!

Rogério deu ênfase que o PT continua com o ex-presidente Lula, diferente de Edvaldo, que “se aproxima de Ciro, que hoje é adversário de Lula e do PT”. Em síntese, o senador deixou transparecer que o prefeito de Aracaju, após 39 anos no PCdoB, hoje caminha rumo aos partidos de direita.

 

Frases de Brizola I

Já que estamos falando muito do PDT, este colunista recordou-se de duas frases “históricas” do líder Leonel Brizola. A primeira delas diz que “estou pensando em criar um vergonhódromo para políticos sem-vergonha, que ao verem a chance de chegar ao poder esquecem os compromissos com o povo”.

 

Frases de Brizola II

Outra frase proferida por Brizola que ainda é bem atual é quando ele propagou que “esses pastores querem é estação de rádio e dinheiro. São adoradores dos bezerros de ouro”. Teremos um “Brizola” mais vivo do que nunca na próxima campanha eleitoral de Aracaju. Isso ainda vai dar o que falar...

 

“Casos de Polícia”

Recentemente o portal NE NOTÍCIAS propagou que, nem bem saiu da cadeia, o ex-prefeito Sukita já se reuniu com o dono da empresa TORRE para, possivelmente, arrendar a programação da emissora de rádio do Grupo em Aracaju ou montar um programa jornalístico, formador de opinião na concessão pública. A coluna sugere “Casos de Polícia” para o programa. Pense num “encaixe”! Quando você pensa que já viu de tudo em Sergipe...

 

Bomba!

O assunto é tratado em todas as rodas políticas do Estado: um parlamentar sergipano, em tempos de crise, acaba de adquirir um apartamento luxuoso na 13 de Julho, em Aracaju. Com um detalhe: além de dar seu antigo imóvel na região (já bem valorizado), ainda entregou a monta de R$ 2 milhões. Tá bom de bolso ou não?

 

Exclusiva!

Este colunista não vai antecipar os nomes agora porque ainda precisa de mais comprovações, mas já existem rumores de que uma das pré-candidaturas a prefeito de Aracaju é puramente “laranja”! Um nome estaria sendo lançado apenas com um objetivo específico: agradar uma liderança maior que estaria insatisfeita com a realidade local. É um jogo onde os dois lados ganham e o povo...ah povo!

 

Já há desconforto

A informação é que integrantes de um partido político estariam insatisfeitos porque se sentem enganados e traídos com um projeto que fora apresentado para 2020. Pensavam que o direcionamento seria um, mas agora perceberam que o caminho é completamente diferente. Resta saber até quando vão suportar esta situação em silêncio...

 

Futuro da Saúde

Dois nomes que foram ventilados para assumir a Secretaria de Estado da Saúde, após a saída de Valberto que vai disputar a prefeitura de Propriá atravessam problemas de saúde e de ordem pessoal e já teriam sido descartados. Hoje o nome mais cotado não é o da deputada estadual Goretti Reis (PSD), como fora ventilado, mas de sua nora, Adriana Menezes. Este seria o desejo do governador. Quem “corre por fora” seria Lícia Diniz, ex-superintendente do HUSE.

 

Gustinho & Heleno

A informação chega de Lagarto: em troca do apoio do PRB para a reeleição da prefeita Hilda Ribeiro, o deputado federal Gustinho Ribeiro (SD) teria chegado a um acordo com o Pastor Heleno (PRB) para que os evangélicos da Igreja Universal passem a compor a programação da Rádio Eldorado, no município. Resta saber o que o Cabo Zé pensa disso...

 

Falando nele

Falando em Gustinho Ribeiro, este colunista o avistou, essa semana, nos corredores do Tribunal de Contas do Estado, onde seu pai, o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, é o novo presidente. Aliás, Gustinho tem visitado o órgão com bastante frequência, ultimamente. Hoje seu “braço direito” é o novo diretor financeiro do TCE.

 

Edvaldo muda I

Nessa sexta-feira (17), o prefeito de Aracaju nomeou o jornalista Luciano Correia na presidência da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) que estava sendo dirigida por um militante do Partido dos Trabalhadores. Luciano estava na condição de secretário-adjunto da Comunicação Social.

 

Edvaldo muda II

Já na Assistência Social, o prefeito apenas promoveu a adjunta Simone Santana Passos, que agora responde pela Pasta no lugar de Antônio Bittencourt Filho, que voltou para a Câmara Municipal. A coordenadora de Benefícios Eventuais, Selma França, é a nova secretária-adjunta da Assistência. A Pasta tem o controle do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD).

 

Erro de Márcio I

Alguns políticos avaliam como equivocada a ação de Márcio Macedo de, logo após ter seu nome lançado pelo PT para disputar a Prefeitura de Aracaju, tratou de inaugurar sua pré-campanha em São Paulo, ao lado de Fernando Haddad.

 

Erro de Márcio II

A avaliação é que Haddad é uma paulista que não conhece a realidade de Aracaju e que não caberia a ela a responsabilidade de elaborar um plano de governo para administrar a capital de Sergipe. “Como ele vai apresentar um plano elaborado por alguém que não sabe nem onde fica o Japãozinho? Isso é ignorar a realidade local da cidade”, avalia um político experiente do Estado.

 

Maria do Carmo I

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) destacou a importância de mais escolas em Sergipe serem incluídas na modalidade de ensino integral, pelo Ministério da Educação (MEC), que após análise de critérios, escolheu nove localizadas em várias partes do Estado. “Todos nós sabemos que a escola é o lugar mais seguro para milhares de crianças e jovens, cujos pais precisam trabalhar e não têm com quem deixá-los”.

 

Maria do Carmo II

Sem contar, ressaltou a senadora, que muitas famílias, infelizmente, não têm como sustentar os seus filhos e a escola nesse modal permite que eles tenham assegurado, além da aprendizagem e da capitação, o alimento e a segurança de não estarem vulneráveis nas ruas.   

 

Maria do Carmo III

Para ela, comprovadamente o modelo integral melhora o rendimento do aluno, pois os possibilita melhor acompanhamento dos estudos, bem como a devida orientação para realizar as tarefas passadas pelos professores. “Sem dúvida, é um ganho importante para pais, alunos e sociedade”, disse Maria do Carmo, acrescentando que mantê-los no ambiente escolar, além de mais saudável, o distancia do risco social.

 

TCE I

Com o objetivo de orientar administradores públicos e responsáveis por unidades ou entidades das administrações direta e indireta, o Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) mantém em seu site o Calendário de Obrigações, onde são informadas, da forma objetiva, as datas, providências e diretrizes necessárias para a prestação de contas à Corte.

 

TCE II

“É fundamental que os gestores estejam atentos a esses prazos e encaminhem os relatórios sem atraso, de modo que o corpo técnico do Tribunal possa verificar com celeridade eventuais falhas na aplicação dos recursos públicos”, avalia o presidente do TCE, conselheiro Luiz Augusto Ribeiro.

 

Cronograma I

Conforme consta no cronograma, as primeiras obrigações têm como prazo final o próximo dia 30 de janeiro. Até lá, por exemplo, os prefeitos municipais e o governador do Estado deverão encaminhar à Corte de Contas o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) referente ao 6º Bimestre do exercício financeiro anterior.

 

Cronograma II

Nesse mesmo prazo, também os prefeitos e o chefe do Executivo estadual, bem como presidentes das Câmaras municipais, devem remeter ao TCE os relatórios de gestão fiscal (RGFs) do 3º quadrimestre e do 2º semestre do exercício financeiro passado. Tais obrigações têm como fundamentação legal dispositivos da Constituição Federal e da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

Exigências

De acordo com o diretor de Modernização e Tecnologia do TCE, Jailton Moura, é importante destacar que essas exigências não se inserem no contexto dos prazos que ficam suspensos durante o período das férias regulamentares do Tribunal, por se tratarem de “obrigações que têm como base legislações nacionais”, destacou.

 

Controle interno

Outro item que consta no cronograma do TCE, com prazo final de entrega no dia 30 de janeiro, consiste no Relatório do Controle Interno do 4º Trimestre do exercício financeiro anterior. Neste caso, a competência está nos responsáveis pelos controles internos dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

 

Ano da Alese I

Os deputados estaduais de Sergipe, ao longo do ano legislativo de 2019, apresentaram na Assembleia o montante de 2.728 proposituras, sendo que 2.490 delas já foram aprovadas nas Comissões Temáticas e em plenário. Houve um esforço concentrado da Mesa Diretora, através do seu presidente e deputado Luciano Bispo (MDB), no sentido que as votações fossem realizadas com frequência, até para dar tramitação aos projetos que se encontravam já protocolados na Casa.

 

Ano da Alese II

Desse montante de proposituras, apenas cinco findaram sendo arquivadas após entendimento dos pares; 19 proposituras ficaram prejudicadas; uma foi rejeitada por maioria; e outras 13 foram retiradas da pauta de votação. Ainda existem 200 em tramitação no Poder Legislativo.

 

Indicações e Moções

Ao todo foram apresentadas 507 indicações pelos deputados estaduais da atual legislatura, sendo que 504 foram aprovadas, duas delas foram arquivadas e apenas uma findou sendo retirada. Os deputados protocolaram 69 Moções na Casa do Povo, com 59 aprovações e oito delas em tramitação; apenas duas foram retiradas por seus respectivos autores.

 

Projeto de Decreto Legislativo

Dentre as diversas proposituras apresentadas, foram protocolados dois projetos de Decreto Legislativo, sendo que um já foi aprovado e outro ainda está em tramitação.

 

PEC

Os parlamentares sergipanos apresentaram, ao longo de 2019, seis PEC’s (Propostas de Emendas à Constituição), sendo que duas foram aprovadas e quatro seguem em tramitação.

 

PLs e PLC

259 foram os projetos de lei apresentados pelos atuais deputados estaduais e 150 desse volume já foram aprovados; outros 106 estão em tramitação e apenas três foram retirados. Também tramitaram 21 Projetos de Lei Complementar (PLC), sendo que 20 deles foram aprovados na Casa e apenas um ainda segue em tramitação.

 

Projetos de Resolução

Os deputados estaduais apresentaram 55 projetos de Resolução, sendo que 50 foram aprovados e outros cinco ainda estão tramitando.

 

Requerimentos

Por fim, a Casa do Povo apresentou um volume de 1.809 requerimentos, e 1.704 deles foram aprovados; apenas três foram arquivados e 75 seguem tramitando; 19 ficaram prejudicados, apenas um foi rejeitado e outros sete foram retirados.

 

Geoergeo Passos I

O líder da bancada de oposição, deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania), nessa sexta-feira (17), esteve percorrendo a região Centro-Sul do Estado e aproveitou para visitar o Rodoanel do município de Itabaianinha, construído com recursos do Proinveste, onde estão sendo registrados diversos acidentes entre veículos, já com seis vítimas confirmadas.

 

Geoergeo Passos II

Georgeo atendeu aos apelos de lideranças comunitárias da região que estão preocupadas com o crescimento no quantitativo de acidentes registrados no trecho. “Recebemos a denúncia de que são vários os registros de acidentes neste local. E muito por falta de sinalização, infelizmente. Uma obra construída com recursos do Proinveste e aqui várias vidas já foram ceifadas”.

 

Geoergeo Passos III

O deputado se comprometeu em encaminhar a reivindicação na Assembleia Legislativa. “Essas pessoas esperam a sensibilidade dos responsáveis e nós vamos acionar os órgãos competentes, neste caso o DER/SE (Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe), que responde pelas rodovias estaduais, no sentido que este trecho venha a ser melhor sinalizado para que o número de acidentes possa diminuir gradativamente”.

 

Luciano Pimentel I

O deputado estadual Luciano Pimentel participou da solenidade de sanção do Projeto de Lei, de autoria do Poder Executivo, que cria o ICMS Social e estabelece critérios para a distribuição da parcela da receita do produto da arrecadação do imposto pertencente aos municípios.

 

Luciano Pimentel II

“O ICMS Social é uma proposta bem avaliada em outros estados, a exemplo do Ceará.  Acreditamos que em Sergipe a realidade não será diferente e tanto o governo quanto as prefeituras estarão comprometidos em gerar bons resultados para reverter os baixos índices nas áreas da educação básica e saúde”, considera Luciano Pimentel.

 

Iran Barbosa I

Diante da inclusão da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) no Programa Nacional de Desestatização (PND) do Governo Federal, é essencial fortalecer as trincheiras de luta em defesa da classe trabalhadora e do serviço público brasileiro.

 

Iran Barbosa II

Firme nesse propósito, o deputado estadual Iran Barbosa (PT), que é presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Informática da Assembleia Legislativa de Sergipe, Alese, participou de uma reunião, na sede da Dataprev, em Aracaju, com funcionários da empresa, sindicalistas e parlamentares.

 

Iran Barbosa III

Na pauta, as consequências, para a soberania nacional e para os servidores, da inclusão dessa Estatal no pacote de Privatização do Governo Federal. “Toda solidariedade à luta dos trabalhadores do Serpro, da Dataprev e de todas as áreas que estão sendo privatizadas pelo 'entreguismo' oficial”, manifestou o deputado. “É um cenário de ataques e precisamos continuar resistindo. Está em risco a soberania nacional e funcionários serão demitidos com essa medida”, alertou Iran Barbosa.

 

MasterClass I

A MasterClass apresentará aos profissionais do mercado da moda as últimas tendências mercadológicas do segmento que movimenta cerca de 200 bilhões de reais por ano. O evento será ministrado pelos experts Max Daguano e Ester Morgan, fundadores do canal do Youtube “Coffee Break do Varejo”, e que possuem mais de 20 anos de experiência com grandes marcas nacionais e internacionais.

 

MasterClass II

Eles serão responsáveis pelo compartilhamento de diversas informações na área de varejo e atacado de moda para você alavancar seu negócio e prosperar em um mercado em constante transformação. A “MasterClass: táticas para um varejo e atacado lucrativo” ocorrerá no dia 8 de fevereiro, das 9 às 18h, no hotel Radisson, em Aracaju/SE. As inscrições no site www.negociosvarejoeatacado.com.br ou pela página do evento no sympla. Para mais informações ligue para (79) 9 8133-3509.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 




Tópicos Recentes