22/06/2018 as 07:44

Confira os resultados da nova pesquisa eleitoral realizada em Sergipe

Chegou mais uma, desta vez quentinha e feita pelo Instituto Dataform

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

Chegou mais uma, desta vez quentinha e feita pelo Instituto Dataform, aquele mesmo que nas pesquisas eleitorais realizadas nas eleições de 2016, foi o instituto que acertou em todos os levantamentos. Aliás, não discordo dos números apresentados, só vou reafirmar que as pesquisas eleitorais representam a opinião do eleitor naquele momento. Em recente pesquisa realizada, o instituto quis saber qual a preferência do eleitorado sergipano em relação a disputa para o Governo e para o Senado (duas vagas). A pesquisa foi registrada na  Justiça Eleitoral sob o número SE-07967/2018. A pesquisa ouviu 1200 (mil e duzentas) pessoas entre os dias 15 e 19 de junho de 2018. A margem de erro é de 3%, com intervalo de confiança de 95%. Na disputa para o governo estadual (espontânea), o deputado federal Valadares Filho (PSB) larga na frente, confira os numeros: Nulo/Branco, 38,9%; Não Soube/Não Respondeu, 20,4%; Indeciso, 16,8%; Valadares Filho 8,2%; Eduardo Amorim 6,2%, Belivaldo Chagas 5,2%; Dr. Emerson 1,7%, Mendonça Prado 1,3%, João Tarantela 0,6%, Marcio Souza 0,3%, Albano Franco 0,1%, André Moura, 0,1%; Ivan Leite 0,1%, Milton Andrade 0,1%, Peceu 0,1%, Sukita 0,1%.

Na modalidade estimulada as citações foram: Nulo/ Branco, 36,4%; Valadares Filho, 14,8%; Eduardo Amorim, 12,3%; Indeciso, 11,6%; Não Soube/Não Respondeu, 10,0%; Belivaldo Chagas, 6,8%; Dr. Emerson, 3,2%; Mendonça Prado, 2,7%; Márcio Souza, 1,2%; João Tarantela, 1,0%; e Milton Andrade, 0,2%.  Foi realizado também as consultas realizadas junto aos entrevistados com a apresentação de apenas dois nomes na disputa pelo governo, no que pode valer também como referência a uma disputa de 2° turno. Na primeira, os resultados foram: Nulo/Branco, 48,3%; Eduardo Amorim, 20,8%; Belivaldo Chagas, 10,8%; Não Soube/Não Respondeu, 10,6%; Indeciso, 9,7%.  No outro cenário o resultado foi seguinte: Nulo/Branco, 47,7%; Valadares Filho, 21,2%; Belivaldo Chagas, 10,9%; Não Soube/Não Respondeu, 10,9%; Indeciso, 9,3%. Fechando as consultas, Nulo/Branco, 46,5%; Valadares Filho, 18,3%; Eduardo Amorim, 15,7%; Não Soube/Não Responde, 9,9%; Indeciso, 9,7%. No quesito rejeição, quando o entrevistado diz em quem não votaria de jeito nenhum, para governador o resultado foi: Não Soube/Não Respondeu, 56,2%; Eduardo Amorim, 12,2%; Belivado Chagas, 6,9%; Valadares Filho, 6,8%; Mendonça Prado, 5,5%; Dr. Emerson, 3,8%; João Tarantela, 3,4%; Milton Andrade, 2,8%; Márcio Souza, 2,3%.

Senado espontânea

Na disputa para o Senado, que terá duas vagas nas próximas eleições, quando o Dataform consultou os entrevistados de forma espontânea, Nulo/ Branco, 43,3%; Não Soube/Não Respondeu, 23,3%; Indeciso, 15,5%; Valadares, 7,0%; André Moura, 3,0%; Jackson Barreto, 2,9%; Pastor Heleno Silva, 1,3%; Rogério Carvalho, 1,1%; Sônia Meire, 1,0%; Henry Clay, 0,6%; Alessandro Vieira, 0,6%; Maria do Carmo, 0,2%; Pastor Jhony, 0,1%; Emília, 0,1%.

Senado espontânea (PRIMEIRO VOTO)

Quando o Dataform apresentou os nomes dos pré-candidatos atualmente colocados o instituto obteve os seguintes resultados na pergunta que se referia à primeira opção de voto para o Senado: Nulo/Branco, 40,8%; Valadares, 13,3%; Não Soube/Não Respondeu, 13,2%; Indeciso, 11,3%; Jackson Barreto, 6,4%; André Moura, 6,0%; Heleno Silva, 2,8%; Rogério Carvalho, 2,3%; Sônia Meire, 2,2%; Henry Clay, 1,0%; Alessandro Vieira, 0,8%.

Senado estimulada (SEGUNDO VOTO)

Quando a consulta do instituto quis saber qual seria a intenção de segundo voto para senador entre os entrevistados, o resultado foi o seguinte: Nulo/Branco, 42,4%; Não Soube/ Não Respondeu, 14,0%; Indeciso, 12,8%; Valadares, 12,0%; Jackson Barreto, 6,2%; André Moura, 4,3%; Rogério Carvalho, 2,9%; Sônia Meire, 1 ,9%; Heleno Silva, 1,8%; Alessandro Vieira, 0,9%; Henry Clay, 0,8%.

Nota de repudio

A Sociedade Médica de Sergipe (Somese), a Academia Sergipana de Medicina (ASM) e Sociedade Brasileira de Médicos Escritores Regional Sergipe (SOBRAMES) vêm a público repudiar o tratamento que vem sendo dado ao médico Almir Santana. Um profissional que se dedica ao combate das Doenças Sexualmente Transmissíveis há mais de 30 anos. A gestão municipal não pode desprezar a importância de Dr. Almir Santana para a prevenção das DSTs. Ele coordena o Programa Estadual de DST/Aids desde 1987 e foi o primeiro médico, em Sergipe, que aceitou atender pacientes com Hiv/Aids. Até hoje é um missionário em prol do respeito pelos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/AIDS.

Reconhecimento

Mesmo com tantos serviços prestados à população, principalmente a esses grupos tão discriminados, a classe médica acredita que Dr. Almir Santana não está recebendo o devido reconhecimento da atual gestão da Prefeitura Municipal de Aracaju. Visto que, no início deste ano, Dr. Almir foi lotado no atendimento ambulatorial da rede básica. O fato causou estranheza para toda a classe médica, pois tira a atuação de Dr. Almir no que ele sabe fazer de melhor.

Solidariedade

A Somese se solidariza com Dr. Almir Santana que, após se recusar a assumir a nova tarefa, está há seis meses sem receber salário do município. A classe médica de Sergipe espera que isso não seja nenhuma punição contra ele. Pois, no final das contas, quem está sendo punida é quem mais precisa: a população. Fala Foguinho.




Tópicos Recentes