SEX APPEAL

11/01/2018 as 10:00

O simples hábito que ajuda a proteger a pele do sol

E se lhe dissermos que o segredo está na alimentação?

Foto: (DR)<?php echo $paginatitulo ?>

Pensar nas formas mais eficazes de proteger a pele é pensar, quase sempre, em aplicar protetor solar diariamente. Até aqui, tudo certo. Mas é preciso ir mais além.

Além do protetor solar ao longo de todo ano (e sim, o inverno também conta), do uso de óculos de sol e da escolha de roupas adequadas à estação, importa também proteger o órgão que nos veste… à mesa. Sim, a alimentação é um dos maiores escudos protetor daquele que é o maior órgão do corpo humano.

Um estudo publicado na revista científica Cell Reports diz que comer ao longo do dia – e mais de dia do que à noite – ajuda a proteger a pele da ação solar e isto porque comer fora de horas (isto é, fora das 12 horas diurnas) altera o bom funcionamento das enzimas que protegem o órgão, como é o caso da XPA – que tem a capacidade de travar os raios ultravioleta.

De acordo com o site da revista "Women’s Health", os cientistas que realizaram o estudo sugerem que as refeições principais sejam feitas antes das 19 horas para que o relógio interno não fique afetado.

Mas a alimentação não é apenas uma forma de proteção, é também um trampolim para a regeneração e para o 'efeito jovem' da pele. Os cuidados alimentares, ou falta deles, são bastante notórios na pele. Enquanto alguns alimentos são conhecidos por provocar pequenas irritações sou acelerar o crescimento de borbulhas (como é o caso dos alimentos processados e do fast-food), outros são fundamentais pelo efeito benéfico que exercem na nutrição e aparência da pele.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto.

 




Tópicos Recentes