EXCLUSIVA

02/06/2018 as 18:00

Exclusiva do Alô com o empresário Wagner Costa da WMC Holding

A WMC é uma empresa baiana e atua em Sergipe com segmentos da engenharia e serviços terceirizados

Foto: (WMCHolding)<?php echo $paginatitulo ?>

Com um mercado baiano bastante amplo, a WMC Holding sendo uma empresa extensa na região Nordeste, tem como objetivo realizar melhorias aqui no estado de Sergipe, trabalhando com terceirização de serviços no ramo da engenharia e se comprometendo com os valores em satisfazer seus clientes.

A forma de priorizar como melhor atendimento e transformar em qualidade, a WMC realiza serviços de reformas em condomínios, pinturas em prédios, além de ter total transparência no que faz com seus clientes, fornecedores e colaboradores.

Medidas eficazes que a WMC chega hoje aqui na cidade de Aracaju para continuar garantindo um prestígio para seu público através das tendências, valorização no ramo da segurança e benefícios no segmento da engenharia.   

Diante de uma entrevista exclusiva para o Portal Alô News, o empresário Wagner Costa nos apresentou medidas e capacitações emergentes que visa atender as necessidades de cada cliente e a busca pelo crescimento constante.

 

Alô News (A.N): Wagner, inicialmente conte ao público sergipano como você iniciou sua carreira como empresária do setor de engenharia e de terceirização de serviços e criou a WMC HOLDING.

(W.C): Na realidade a WMC é filha da WM engenharia, uma empresa que tive há 22 anos. Montei a primeira empresa para fazer serviços de reformas de condomínio como pinturas de prédios. Em 2016 decidimos montar a holding, porque passamos a atender várias áreas do mercado de engenharia.

Alô News (A.N): A WMC HOLDING é uma holding de grande prestígio na Bahia no segmento da engenharia e da terceirização de serviços e que está chegando agora em Sergipe. Sendo mais específico, nos fale sobre os produtos ofertados por ela para o mercado.

(W.C): Trabalhamos com todos os serviços de engenharia; manutenção, elétrica, fundação, civil e etc. Além disso, temos paisagismo e urbanismo, pintura, recuperação estrutural e reforma de prédios.

Alô News (A.N): Por que escolher Sergipe para sediar uma filial da empresa? Qual o potencial do estado para estabelecer parcerias e planejar projetos, principalmente na área de engenharia?

(W.C): Começamos a executar a ampliação do hospital da Hapvida em Aracaju e a limpeza urbana e paisagismo na cidade de Indiaroba. Ao começarmos a circular pelo estado identificamos uma carência neste setor de manutenção predial e passamos a buscar novas parcerias.

Alô News (A.N): Sentiu dificuldades para ingressar no mercado sergipano? Quais as obras e serviços que a WMC já está executando no estado?

(W.C): O mercado sergipano se mostrou aberto para nós e com um público ético e correto no cumprimento dos contratos. Estamos muito satisfeitos com o trabalho aqui! Como disse anteriormente já temos obras em Indiaroba e em Aracaju.

Alô News (A.N): A WMC também possui uma filial situada no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Como surgiu a ideia de criá-la e qual o perfil do cliente atendido por ela.

(W.C): Os americanos gostam muito de velocidade nas obras como as casas pré-moldadas, por exemplo. Surgiu a oportunidade de trabalharmos lá exatamente pelo fato de nossas entregas serem rápidas. Nós não podíamos deixar de aproveitar!

Alô News (A.N): Enfrentamos nos últimos anos, uma forte crise econômica que gerou uma onda de medo no empresariado e até inviabilizou diversos projetos na área da engenharia. Como a WMC atuou para superar essas dificuldades e seguir expandindo seus negócios?

(W.C): Usamos uma estratégia ousada e que deu muito certo no nosso caso.  Baixamos nossos preços para a capacidade de pagamento do cliente. Conseguimos isso porque priorizamos a sustentabilidade. Além disso, investimos fortemente na motivação dos nossos colaboradores através da participação nos lucros. Por exemplo, uma obra tem sua previsão de lucro e quando um engenheiro nosso consegue que ela lucre mais ele ganha 50% desse aumento de lucro, desde que a qualidade se mantenha. Esse acordo leva a um comprometimento maior do colaborador. Ele ganha, a empresa ganha e o cliente ganha!

Alô News (A.N): Fale-nos sobre a composição do corpo técnico da empresa. Quem são os principais colaboradores da WMC? Quais habilidades você considera indispensáveis, para ser um profissional da empresa?

(W.C): Nosso time é formado basicamente por engenheiros, gerentes de expansão, arquitetos e orçamentistas. Precisamos de profissionais abertos ao aprendizado diário, ágeis, engajados e focados no trabalho. Lidar com detalhes é o dia a dia da engenharia, mas é preciso ter também uma visão ampla que ajuda a entender as necessidades de cada cliente e a busca pelo crescimento constante.

Alô News (A.N): Hoje vivemos, um momento no qual a população cobra cada vez mais pelo uso racional e otimizado dos recursos públicos. Nas parcerias que a WMC estabelece com o setor público, como é trabalhada a questão do emprego das verbas repassadas? Há um cuidado para prever as despesas gerais das obras e serviços e buscar não realizar gastos excessivos e muitas vezes desnecessários?

(W.C): Em obras públicas normalmente entramos com desconto de 30% sobre o valor que o órgão determinou. É praxe da empresa. Conseguimos isso cortando gastos desnecessários e trazendo produtos recicláveis. Dessa forma trabalhamos com sustentabilidade e não perdemos a qualidade.

Alô News (A.N): Sabemos que na atualidade, uma boa empresa não se destaca apenas pelo nível técnico e científico que a ela está agregado, mas também pela capacidade de conviver harmoniosamente com a comunidade na qual se insere de notar as suas principais necessidades. Desse modo, quais valores e atitudes a WMC faz questão de promover, visando assegurar uma imagem positiva perante não só seu público, mas também sobre toda a sociedade? 

(W.C): No nosso site está lá escrito: fora da caridade não há salvação. Preservamos a transparência nos relacionamentos com os clientes, comunidade, fornecedores e parceiros. Acreditamos ser este o caminho para uma empresa crescer com responsabilidade.

Alô News (A.N): Para finalizar, quais metas a WMC têm estabelecido para alcançar patamares ainda mais altos nos próximos anos?

(W.C): Estamos desenvolvendo parcerias com escritórios de arquitetura e design, temos vários projetos em vista e as parcerias públicas privadas (PPs). Nossa meta é chegar a 20 obras mensais somente aqui em Aracaju,

 

 




Tópicos Recentes