EXCLUSIVA

02/02/2019 as 17:34

Em busca de um corpo sarado? Confira com especialista como conquistá-lo

Personal Trainer Tiago Nery nos explica como desenvolver uma rotina que privilegie o comportamento e a intensidade em atividades físicas para alcançar um corpo admirável

Foto: (iStock).<?php echo $paginatitulo ?>

Alcançar um corpo físico bonito, bem definido e pouco teor de gordura perceptível é um dos desejos que parece atingir de modo absoluto a mente das pessoas na atualidade. Seja jovem, adulto, acima dos 40 anos, ou mesmo idoso, todo mundo gosta ou gostaria de ter um corpo belo, capaz de causar admiração em que o contemple.

No entanto, o processo para alcançar este objetivo não é lá muito fácil e exige disciplina e esforço de quem o busca. Mudança de hábitos, readequação alimentar, comprometimento com atividades físicas e ciência de onde se almeja chegar são fatores fundamentais para a obtenção da feliciade e satisfação com o próprio corpo.

Para falar sobre como desenvolver estratégias eficazes para o alance de um corpo bonito e saudável, o Portal Alô News conversou nesta semana com o personal trainer Tiago Nery (confira instagram do profissional aqui) que vai nos esclarecer no que consiste este "corpo bonito" tão aclamado pela sociedade, explicar como é possível adquirir um visual que proporcione maior autoestima e satisfação e de que modo podemos trabalhar nosso psicológico para obter os resultados tão esperados.

Confira esse papo esclarecedor, a seguir:

Portal Alô News - (A.N): A busca pelo corpo perfeitmundo gostaria o é um dos ideais mais publicizados na vida contemporânea, seja em peças publicitárias, filmes, novelas, revistas ou qualquer outro meio de difusão de informação. Mas será que existe mesmo uma definição verdadeira para o que chamamos de corpo perfeito?

Tiago Nery - (T.N): O culto ao corpo vem se mostrando como uma característica de nossa época. Uma busca diária por um corpo perfeito capaz de superar qualquer problema e corresponder a qualquer expectativa. Padrão esse, bastante influenciado pelos meios de comunicação como algo que pode ser modificado, por isso encontrar uma definição para o corpo considerado perfeito não é uma tarefa fácil. Mas na atual conjuntura vem se destacando como preferência entre as mulheres um corpo com baixo percentual de gordura, porém com músculos aparentes tanto nos membros inferiores, como nos membros superiores, algo semelhante às atletas da categoria bikini nas competições de fisiculturismo, já o corpo masculino que mais se considera o ideal nas rodas de conversa, e nos clientes que atendo, são aqueles parecidos com os atletas men´s physique, corpo esse que preza mais pela definição, se comparado com o volume.

(A.N): Quando uma pessoa sedentária te procura em busca de uma consultoria ou querendo iniciar uma rotina de treinamentos, quais procedimentos você costuma adotar? Quais treinos são passados nas primeiras semanas de exercício desta pessoa?

(T.N): Para iniciar a periodização de treinos se faz necessário uma boa anamnese, que nada mais é que um questionário para verificar seus hábitos gerais, prática de atividade física anterior e atual, hábitos alimentares, existência de doenças hereditárias, cirurgias realizadas ou lesões que tenham deixado ou não sequelas, e uma avaliação física completa, para saber o estado atual do aluno, avaliando o percentual de gordura e massa livre de gordura, se existe alguma assimetria entre os membros, desvios posturais dentre outros fatores, podendo dessa maneira direcionar a montagem do treino, dividindo em diferentes etapas: fase de adaptação, intermediaria e avançado.

(A.N): É muito comum que, nesse início, os clientes que nunca tiveram o hábito de malhar o corpo sintam grande dificuldade, se sintam desmotivados, e pensem até em desistir em virtude das dificuldades que precisam encarar para se habituar a esse novo modo de vida. Como você faz para manter estas pessoas interessadas nesta nova conduta de vida e esperançosas na obtenção de frutos positivos a médio e longo prazo coma mudança de postura?

(T.N): Vamos entender um pouco como se constitui um habito. O hábito é composto pela Deixa que é um estimulo que manda seu cérebro entrar em estado automático, em seguida temos a rotina que pode ser física, mental ou emocional e pela recompensa que ajuda ao cérebro saber se vale a pena memorizar esse loop. Mas nosso cérebro não sabe diferenciar um hábito bom de um hábito ruim, por isso insisto que nessa nova fase da vida deles, eles tentem afastar ao máximo os gatilhos que os levam à autossabotagem e procrastinação. Por exemplo, ao invés de chegar em casa e deitar no sofá para assistir TV ao chegar do trabalho, é melhor que ele já deixe o tênis e a roupa dentro do carro, para quando sair do trabalho já ir direto pra academia, grupo de corrida, dança ou qualquer outro exercício físico do seu agrado.

(A.N): Além da orientação de treinamentos físicos, você aconselha seus clientes a tomarem alguma vitamina ou suco que possua função suplementar? Qual a importância deste tipo de produto?

(T.N): Como não possuo formação para tal orientação, prefiro me limitar ao programa de treinos, e indico profissionais da área da nutrição para que eles possam orientar meu cliente de acordo com as necessidades diária dele. Mas sempre pergunto o que comeu, para saber se ta seguindo corretamente a orientação nutricional e para que dessa maneira não comprometa o desempenho no treino, e os futuros resultados.

(A.N): Existe algum cenário no qual, eles não são indicados?

(T.N): Sim existem vários, por isso enfatizo a importância de procurar um profissional qualificado e de qualidade. E comprometido com os resultados do seu cliente, tratando o mesmo de forma individualizada.

(A.N): É importante que quem esteja iniciando um processo de reeducação alimentar aliado a uma rotina de atividades físicas registre seus avanços ou falhas, a fim de se ter em mente o quão longe ou perto se está do seu objetivo final? Ou criar uma meta pode induzir a pessoa a voltar a relaxar, depois que a alcança-la?

(T.N): Costumo ensinar a meus clientes uma técnica chamada SMART (S – especifica/ M- mensurável / A – alcançável / R- relevante/ T- temporal), a meta deve ser clara ( especifica), ele deve saber realmente o que quer, não pode deixar isso vago, quero emagrecer , emagrecer quanto ( mensurável)? 100 gramas? 5 quilos? Tem que saber, o que vai que fazer pra alcançar (alcançável),treinar 6 vezes na semana? Seguir a dieta de domingo a domingo? Por qual motivo você quer emagrecer ( relevante)? Para usar aquela calça que não cabe mais? Para uma viagem de férias ? E quando você vai alcançar esse objetivo( temporal)? 4 meses? Transmito para eles a autorresponsabilidade, para que ele saiba que se fizer o que deve ser feito, terá resultados.

(A.N): Como você costuma desenvolver as etapas de treinamento do seu cliente? Quando perceber que está no momento de ele avançar nos exercícios, com a aplicação de pesos maiores e de séries mais longas?

(T.N): Costumo dividir as fases do treino em adaptativa, intermediária e avançada, porém o avanço de cada etapa deve respeitar a individualidade de cada cliente, pois cada um tem seu tempo, tempo esse que depende muito da disciplina e dedicação para com o treino. Avançando gradativamente nas variáveis do treino , como frequência, volume e intensidade basicamente. Montando dessa maneira uma boa periodização.

(A.N): Por outro lado, quando é possível notar que a estrutura física e muscular do indivíduo não está suportando a carga de exercícios que foi passada a ele, e pode ser afetada com alguma lesão?

(T.N): Alguns sintomas devem ser analisados , para saber se o indivíduo apresenta sintomas de excesso de treino ( Overtraining ) , como a qualidade do sono, desânimo, irritabilidade, indisposição, entre outros. Overtraining é o resultado de se fazer mais exercícios do que seu corpo é capaz de suportar, podendo ser causado por uma dieta incorreta ou pela falta de descanso. Gerando , também, problemas nas articulações e ligamentos, pela falta de recuperação da estrutura óssea e muscular, pelo excesso de exercícios, na maioria das vezes sem orientação. Isso é comum em corredores sem acompanhamento, pois exageram no volume de treino, sem se recuperar e sem um fortalecimento muscular adequado, para proteger a estrutura óssea.

(A.N): Se uma pessoa acaba extrapolando no uso de suplementos ou mesmo na intensidade dos exercícios, qual a melhor forma de comunicar a ela que o ideal é baixar a empolgação e ser mais moderado nas atividades?

(T.N): Costumo comunicar que primeiro deve ser feito o básico, seja na dieta ou no treino, sem muita invenção ou promessa de efeitos milagrosos, seja nesses treinos mirabolantes que costumam aparecer, como também nas dietas e suplementos da moda, prometendo efeitos a curto prazo. Para obter resultados no treino e na dieta, se faz necessário constância e muita paciência. É o que mais acabo pedindo para os empolgados de plantão.

(A.N): Por fim, deixe uma mensagem para aquela pessoa que esteja interessada em promover uma mudança no seu corpo e em sua condição de saúde, mas que acaba não indo em frente nesse plano por comodismo ou receio de mudar sua rotina. Como avançar sobre esses entraves do nosso psicológicos e deixá-los para trás?

(T.N): Tem uma frase que levo pra vida : Quem para no meio do caminho, não chega a lugar nenhum! Ouvi essa frase num curso de inteligência emocional que fiz, e sempre lembro quando estabeleço uma meta. Sou graduado em educação física pela Unit e Coach pelo ibc, por isso sempre transmito a importância da autorresponsabilidade para meus clientes, e digo para não agir por impulso, antes de tomar uma decisão se pergunte , se aquela ação vai aproximar ou afastar do seu objetivo. Tente inserir uma nova rotina por 21 dias, sem interrupções, para que seja consolidado esse novo hábito. Fique 21 dias sem doce, fique 21 dias fazendo exercícios físicos. Faça esse teste em você e me diga os resultados. E lembre : não pare no meio do caminho.




Tópicos Recentes