EXCLUSIVA

09/02/2019 as 15:29

Informática nas escolas: o que ensinar para alunos que já dominam tanto o assunto

Professor de escola particular de Aracaju explica qual tipo de conteúdo tem sido ministrado para as crianças, nos últimos anos

Foto: (Thiago Amaral/Folhapress).<?php echo $paginatitulo ?>

O ensino dos conhecimentos informáticos nas escolas de nível fundamental se tornou um desafio árduo para professores que precisam estar atualizados diariamente sobre as inovações tecnológicas, jogos lançados e e a criação de plataformas de comunicação. Se na década de 90 ou no início dos anos 2000, os professores eram os responsáveis por apresendar o mundo digital para as crianças, hoje, muitas vezes são elas que acabam trazendo novidades para a sala de aula.

Para falar sobre o que é possível ensinar nesse novo cenário, o Portal Alô News entrevistou nesta semana Anthony Ruan, bacharel em Ciência da Computação e professor de informática em escola privada de Aracaju (SE). Ele contou pra gente como se sente em ensinar em uma sala com tanta gente que domina o conteúdo que ele ministra.

Além disso, ele também citou que utiliza o conhecimento em informática que possui para estimular os alunos a produzirem coisas úteis para o dia a dia e que contribuam para a ampliação de sua sapiência em outras áreas, como na matemática.

Confira a entrevista, a seguir: 

Portal Alô News - (A.N): O que você, enquanto professor de informática de crianças, consegue ensinar para elas, que nasceram na era da informação e já acessam equipamentos eletrônicos desde muito novos, com considerável domínio das funções?

Anthony Ruan - (A.R): É muito mais fácil ensinar nos tempos de hoje, as crianças tem uma facilidade incrível de assimilar e gravar informações de uma maneira surpreendente. Primeira aula de informática desse aluno ontem, criança de 5 anos que nunca mexeu em um computador, em minutos já consegue dominar e trabalhar com um mouse como se já o utilizasse a muito tempo; a coordenação motora é incrível! 

Reprodução/Anthony Ruan

(A.N): Como não se tornar simplesmente uma espécie de censor desses pequenos alunos?

(A.R):  Mostrar aos alunos as maravilhas que o computador faz e como são importantes no nosso dia a dia, demonstro exemplos de atividades que se encaixam no dia a dia, como por exemplo montar uma planilha no Excel de uma lista de compras de um supermercado e ajudar eles a calcular os custos e descontos. A ideia é mostrar a eles que hoje a tecnologia é fundamental em todos os meios.

(A.N): Durante as aulas, você os vê apresentando dúvidas? Quais a mais frequentes?

(A.R): Sim, varia um pouco entre as idades e turmas, mas umas das mais frequentes é nas fórmulas do Excel.

(A.N): Qual o grau de importância das aulas para incutir no aluno uma maior disciplina e responsabilidade no uso da internet?

(A.R): Mostrar os lados positivos da internet e como é proveitoso utilizá-los.

(A.N): Durante as aulas quais aparelhos e ferramentas são colocadas a disposição do aluno?

(A.R): São utilizados apenas PC's.

(A.N): Considera um desafio contínuo dar aulas a um público extremamente sintonizado e aberto para novidades , que geralmente são conhecidas fora da sala de aula?

(A.R): É um desafio diário, tento me sintonizar o máximo com eles.

(A.N): Evidentemente,o conteúdo transmitido a estudantes de 5 anos é diferente daquele apresentado a estudantes de 14 anos. Como vc planejadas aulas e as diferentes abordagens para cada grupo etário?

(A.R): No início do ano preparo o planejamento de acordo com o material didático da Microkids, empresa que me auxilia e fornece os livros.

(A.N): O fato de as crianças terem tamanho domínio das ferramentas tecnológicas na atualidade, induz a um necessário aprofundamento do conteúdo apresentado por você nas aulas? As aulas acabam ficando com um nível mais difícil?

(A.R): Pelo contrário, fica mais fácil. Quanto mais a aula fica mais difícil, mais eles gostam! É um desafio para eles e eles adoram.




Tópicos Recentes