MUNICÍPIOS

09/02/2018 as 10:58

SMTT altera trânsito no centro de Aracaju por causa do Rasgadinho

Órgão elaborou planejamento especial para o tráfego na área

Foto: (SMTT).<?php echo $paginatitulo ?>

O Festival Brasileiro de Ritmos - Rasgadinho promete atrair multidões e animar os foliões com diferentes estilos musicais durante os dias 09 e 13 de fevereiro, e para tornar mais fácil o acesso ao local onde ocorrerá o evento a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) montou a Operação Carnaval 2018, qudeve se prolongar até a manhã da próxima quinta-feira, 15.

Das 9h às 20h, o tráfego nas avenidas Edézio Vieira de Melo, Pedro Calazans e Hermes Fontes será interrompido. 

Durante este período do dia o condutor que circula pela avenida Desembargador Maynard, no sentido Centro, deverá seguir à esquerda na rua Nossa Senhora Depois, o condutor poderá ter acesso ao Centro através da Avenida Ivo do Prado.

Quem percorre a Avenida Hermes Fontes, na direção do Centro, deverá se dirigir à Travessa Nino Porto, seguindo pelas ruas Urquízia Leal, Construtor João Alves, Lagarto, Stanley da Silveira, avenida Augusto Maynard e rua Itabaiana, seguindo, desta maneira, na direção do Centro.

Já os condutores que seguem do Centro à Avenida Desembargador Maynard precisará entrar na rua Capela, se dirigindo à esquerda na rua Dom Bosco e indo até a Desembargador Maynard.

Durante esses dias, haverá apenas mão única na rua Nossa Senhora das Dores até a Barão de Maruim e não será permitido estacionar no trecho perpendicular à avenida Desembargador Maynard e a rua Permínio de Souza.

Bloqueio à noite

Bloqueada para veículos desde a última terça-feira, 6, devido à montagem dos palcos, a Avenida Barão de Maruim continuará assim até a manhã da quinta-feira, 15, já que será o local de concentração da festa no turno da noite.

A interrupção ocorrerá desde o cruzamento com a Hermes Fontes, na Praça da Bandeira, até a rua Santa Luzia. Pela noite será permitido estacionar nas ruas perpendiculares à avenida, porém os condutores deve verificar as guias rebaixadas e esquinas.

Moradores da região

A organização do evento foreneceu adesivos para os veículos dos moradores e comerciantes da região onde ocorre o evento, para permitir o acesso e o estacionamento até nas áreas bloqueadas para a festa.

Transporte público

O serviço de transporte coletivo terá funcionamento normal. As linhas que passam pela avenida Barão de Maruim já circulam por novos itinerários até o fim do evento. As que passam pelas vias que serão bloqueadas a partir de sábado (10) também farão desvios pelas ruas e avenidas mais próximas.

As linhas de ônibus afetadas com a festa são a 001 – Augusto Franco/Bugio; 002 – Fernando Collor/DIA; 005 – Maracaju/DIA; 706 – Santa Lúcia/Centro; 031 – Eduardo Gomes/Des. Maynard; 033 – Terminal Rodoviário/Des. Maynard; 707 – Castelo Branco/Centro; 715 – Tijuquinha/Des. Maynard; 032-1 - Tijuquinha/ Osvaldo Aranha 01; 032-2 - Tijuquinha/Osvaldo Aranha 02; 061 - Marcos Freire / Centro; 062 - Piabeta/Centro; 064 - Albano Franco/Centro; 065 - Marcos Freire II/Centro; 071 - Atalaia Nova/Centro; 072 - Barra dos Coqueiros/Centro; 605 - 18 do Forte/Centro; 614 - Sanatório/Centro; 615 - Bugio/Centro; 074 - UNIT/Centro; 701 - Jardim Atlântico/Centro; 711 - DIA/Nova Saneamento.

Foi disponibilizado pela SMTT pontos temporários para a parada de ônibus durante o percurso alternativo: rua Santa Luzia (entre Boquim e Barão de Maruim), rua Construtor João Alves (entre Urquízia Leal e Lagarto), rua Euclides Paes Mendonça (entre Teixeira de Freitas e Urquízia Leal), rua Leonel Curvelo (um entre Clara Almeida e Poço Verde e outro entre Porto da Folha e Gararu), rua Nossa Senhora das Dores (um entre Desembargador Maynard e Permínio de Souza e outro entre Estância e Maruim), rua Maruim (entre Pedro Calazans e Siriri), rua Itaporanga (entre Pedro Calazans e Dom Bosco) e rua Dom Bosco (entre Maruim e Estância). 

Recomendação

O superintendente da SMTT, Aristóteles Fernandes, sugere oa utilização do transporte público e que as pessoas evitem circular na região nesse período. “Além dos desvios no trânsito, o Carnaval é uma festa animada onde as pessoas geralmente consomem bebida alcoólica e por isso não devem dirigir. O melhor é que utilizem o serviço de transporte público por ônibus ou táxis”, aconselha.

A Operação Carnaval 2018 envolve mais de 200 agentes de trânsito. Eles irão orientar os condutores e pedestres, com o objetivo de garantir a mobilidade urbana adequada. 

 

 

 

 

 

Com informações de SMTT.

 




Tópicos Recentes