POLÍCIA

17/03/2018 as 10:16

Política de Sergipe segue sem aproveitar bem a liderança de André em BSB!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Só não ver quem não quer: a política de Sergipe e alguns políticos seguem aproveitando muito mal a liderança que o deputado federal André Moura (PSC) tem no Congresso Nacional. Se estivesse no exercício pleno de sua saúde, certamente o ex-governador João Alves Filho (DEM) seria o primeiro a “colar” no parlamentar. Apesar da boa relação que sempre mantiveram, do ponto de vista político, o democrata olharia para André com o espírito público que sempre foi uma de suas principais referências. João viajaria constantemente para BSB para buscar investimentos e parcerias com o governo federal. Se estivesse vivo, Marcelo Déda (in memoriam) provavelmente faria o mesmo!

 

E nesse caso quem “abriria as portas” dos Ministérios e órgãos seria André Moura. É bem verdade que o deputado federal já faz isso hoje com membros da própria bancada federal, com deputados estaduais, prefeitos e vereadores. Mas muita gente em Sergipe faz questão de trabalhar abertamente pelo insucesso do líder no Congresso Nacional, na maioria das vezes colocando o processo eleitoral de outubro como prioridade. Se o governo que Moura representa tem ampla rejeição, se está colocando em risco alguns direitos trabalhistas, aí é outra coisa. O que Sergipe não pode perder é a oportunidade desta liderança.

 

Se fosse no Estado vizinho da Bahia, por exemplo, certamente que toda a classe política estaria determinada a trazer o maior volume de investimentos para seus municípios. Por aqui, bastou André Moura deixar apenas subentendido que não deve disputar a reeleição e que vai concorrer a uma das duas vagas de senador ou de governador que alguns setores da política passaram a trabalhar contra ele, seja abertamente ou através de velhos artifícios conhecidos dos bastidores da política. O próprio governador Jackson Barreto (MDB) até “ensaiou” uma “bandeira branca” com Moura, mas hoje só pensa em fazer política.

 

Neste ponto, há de se reconhecer o comportamento do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). Pode até vir a fazer uma composição política com André Moura em outubro, mas até lá está trabalhando para conseguir liberar o maior volume de recursos possível para a capital, fazendo valer a liderança que Sergipe tem atualmente no Congresso Nacional. O comunista faz “ouvido de mercador” para alguns críticos e segue “colado” no deputado, seja em reuniões em BSB, seja em anúncios de ordens de serviços para o lançamento de obras em parceria com o governo federal.

 

Este não está aqui para fazer a defesa do deputado federal André Moura. Ele é crescido e tem um valoroso time de assessores que já fazem isso, com eficiência. Mas faz sim, e sem falso moralismo, a defesa da liderança que Sergipe possui em BSB. Somos o menor Estado da Federação em dimensões territoriais. Não temos muito “peso” do ponto de vista da densidade eleitoral. Há um preconceito nítido, inclusive, de alguns “irmãos” nordestinos que certamente estão de olho neste cargo em Brasília (DF). É preciso parar com essas picuinhas e tentar aproveitar ao extremo os próximos meses. Pode ser que demore para que o nosso Estado volte a ter um líder em BSB...

 

Veja essa!

A ministra Rosa Weber, do STF, autorizou a quebra de sigilo bancário da campanha de 2014 de André Moura, do senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) em investigação sobre suposta compra de votos na eleição de 2014. Eles passaram a ser alvo de inquérito após grampos da Polícia Civil pegarem supostas tratativas feitas por correligionários com eleitores do sertão do Estado.

 

E essa!

Agora é importante que a sociedade conheça a verdade dos fatos de forma ampla: nos grampos citados não aparecem André, Amorim e nem Luciano Pimentel. Seus nomes são citados por pessoas que estão cometendo o ilícito penal eleitoral que afirmam querer votar em determinado político apenas em troca de dinheiro ou vantagem.

 

Investigações

A investigação correrá no STF pela prerrogativa do foro do deputado e do senador, e no Tribunal de Justiça de Sergipe, pela prerrogativa de função de deputado estadual de Luciano. É importante que as pessoas que conversam no grampo telefônico sejam ouvidas pela Procuradoria Eleitoral até para que a verdade seja estabelecida.

 

Ano eleitoral

Sem fazer a defesa prévia dos parlamentares, este colunista apenas chama a atenção do leitor para o fato do fato de 2014 ter “avançado” apenas agora, em 2018, prestes a definição das coligações para o processo eleitoral.

 

Fake News

Outro ponto que o eleitorado precisa tomar cuidado neste ano eleitoral: a “modinha” do Fake News, que são falsas notícias postadas e difundidas nas redes sociais, normalmente contra pré-candidatos e com objetivo claro de tirar proveito político da situação, desgastando adversários.  É o que temos para a próxima eleição...

 

Conceição Vieira

Em entrevista ao radialista Daniel Rezende, da Xodó FM, a ex-deputada estadual Conceição Vieira (PT) não descarta tentar seu retorno à Assembleia Legislativa, mas reconhece suas dificuldades financeiras. “Estou apertada do ponto de vista de recursos para percorrer o Estado, visitar amigos e retomar uma agenda política. Muitos amigos estão esperando nossa posição e hoje a tendência é que eu não dispute a eleição”.

 

Compromisso

Questionada por Daniel Rezende se tem algum compromisso assumido caso não dispute a eleição em outubro, Conceição Vieira disse que “nós estamos conversando, com tranquilidade, e certamente iremos contribuir com candidatos do nosso partido. Existe a possibilidade da gente caminhar com o deputado Francisco Gualberto (PT), mas outras pessoas também estão nos procurando neste sentido”.

 

Sukita

Em entrevista ao radialista George Magalhães, na Rádio FAN FM, nessa sexta-feira (16), o ex-prefeito de Capela confirmou que já tem um partido sob o seu comando e que nesta segunda-feira (19) terá uma audiência, às 17 horas, com o governador Jackson Barreto e que, só depois fará o anúncio publicamente.

 

Barganha

Para este colunista não tem outra leitura a ser feita: Sukita viajou à BSB para procurar o apoio de André Moura e Eduardo Amorim, quer assumir o comando do PTB em Sergipe e está apenas “barganhando” para ver se consegue ser “prestigiado” por JB. É uma pratica antiga de quem apenas quer “aumentar o valor” do passe...

 

TCE

Em plena sessão comemorativa aos 49 anos de criação do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, o presidente Ulices Andrade abriu um espaço no cerimonial para condenar o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL-RJ). Ele foi muito aplaudido em seu registro, tanto pelas principais autoridades estaduais e federais assentadas à mesa do tribunal, quanto pelas centenas de pessoas presentes no auditório.

 

Indignação Nacional

“O Brasil continua profundamente chocado e indignado com o bárbaro assassinato da vereadora Marielle Franco, uma mulher jovem, negra, ativista das causas sociais, defensora dos direitos humanos que lutava corajosamente contra a violência, a insegurança e a injustiça no Rio de Janeiro", disse o presidente Ulices Andrade.

Não se cala

 

Disse ainda em seu discurso o presidente do TCE que” em nome desta Corte e certamente em nome do povo sergipano, manifesto aqui o nosso veemente protesto contra a ocorrência desse trágico e lastimável episódio que até pode ter vitimado uma pessoa, mas não cala a voz de uma mulher guerreira, uma brava defensora da cidadania e da democracia em nosso país".

 

Comemorações

O TCE/SE deu início às comemorações dos seus 49 anos de existência descerrando a placa dando o nome do ex-governador Augusto Franco ao edifício-sede da Corte de Contas. Em seguida, foi proferida a palestra "Governança Pública e a importância dos Tribunais de Contas para a sociedade", pelo ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, que também lançou seu mais recente livro: "Da Governança à Esperança".

 

Patrícia Sobral

Na solenidade houve ainda o lançamento do livro “Escola de Contas e o controle social na formação profissional", da servidora e diretora técnica do TCE/SE, Patrícia Verônica Sobral de Souza.

 

Augusto Nardes

O ministro Augusto Nardes ressaltou o papel orientador do Tribunal de  Contas e disse que o Brasil precisa retomar seu crescimento: “nossa economia de mercado continua crescendo, mas com dificuldades. Por isso, é importante um projeto para implantar a governança nos Estados para que dessa forma o Brasil possa ter ferramentas, principalmente nesse ano eleitoral”.

 

Albano Franco

Após o descerramento da placa que leva o nome do seu pai, o ex-governador Albano Franco agradeceu a homenagem. “Em nome da família Augusto Franco, agradeço pela colocação do nome do edifício-sede do Tribunal de Contas de Sergipe, uma merecida e justa homenagem, pois todos em Sergipe sabem a competência e a visão que teve Augusto Franco, um homem que fez tanto por Sergipe”.

 

Clóvis ausente

Chamou a atenção deste colunista a ausência nas comemorações do conselheiro Clóvis Barbosa, logo ele que quando presidente do Tribunal de Contas tentou trazer a todo custo a palestra do ministro Augusto Nardes. Será algum ressentimento?

 

Falando nele

Ainda sobre Clóvis Barbosa, como estanciano, ninguém entendeu seu silêncio sobre a campanha em defesa da Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, do século XVI, localizada na Praia do Saco, município de Estância. Ele não acompanhou os demais conselheiros e nem apoiou a causa. Parece andar meio recluso. Lamentável...

 

Qualidade caiu

Obra pública deve ser algo muito atraente! Este colunista chega a essa conclusão observando como a qualidade dos empreendimentos privados  de uma determinada construtora tem deixado a desejar, algo que antes não acontecia, considerando que era uma das mais renomadas do Estado!

 

Denúncias

Esse colunista teve diversos relatos que um empreendimento localizado na Farolândia, entregue há mais de ano, vem apresentando diversos problemas ligados à execução das obras por parte da construtora gerando transtornos aos clientes que imaginaram estar adquirindo um produto de melhor qualidade comparado com o que o mercado oferece. É preciso avaliar melhor a relação entre o setor público e o privado...

 

Laércio Oliveira I

Durante a solenidade de posse da nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL/Aracaju) e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Sergipe (FCDL/Sergipe), no Centro de Convenções da CDL, o deputado federal Laércio Oliveira foi um dos homenageados pela sua atuação dedicada ao melhoramento do setor produtivo sergipano, com foco no desenvolvimento da economia e geração de emprego e renda por meio do estímulo ao empreendedorismo.

 

Laércio Oliveira II

“O setor terciário da economia está representado pelas entidades de classe CDL e FCDL, nas quais tomam posse as duas diretorias e para minha felicidade recebo o reconhecimento do comércio, por meio dessas duas entidades como o mérito parlamentar. Fico muito feliz porque é muito bom quando você é reconhecido na sua própria terra pelo trabalho que desenvolve”, enfatizou Laércio Oliveira.

 

Capela

Preocupado com a falta de água nas torneiras do município de Capela, que em algumas residências passou das 72 horas, o ex-prefeito Ezequiel Leite (PR) solicitou a intervenção emergencial da Defesa Civil Estadual, diante da deficiência da Prefeitura em resolver ou amenizar o problema. A “solução” dada pela prefeita Silvany Sukita foi de que o problema era de responsabilidade de Ezequiel, que deixou o comando de Capela em dezembro de 2016.

 

Ezequiel Leite I

“Pasmem os senhores! Quando a gente pensa que já viu de tudo em Capela, eis que a prefeita Silvany surpreende com mais uma de suas aparições e tenta me responsabilizar pela incompetência de sua gestão que deixou a população da nossa cidade sem água do sábado (10) até meados da terça-feira (13). A prefeita tem que assumir seus problemas, suas responsabilidades e começar a trabalhar porque até agora ela não disse a que veio”, rebateu Ezequiel.

 

Ezequiel Leite II

Em nota pública, Silvany tentou rebater os questionamentos de Ezequiel tentando politizar uma situação que está prejudicando o povo capelense. “Política a gente debate e discute na hora certa e no palanque. Agora a prefeita tem que passar a viajar menos e ficar mais no seu município, para conhecer os problemas de Capela. O povo sem água na torneira e ela vem falar de rejeição? Eles conseguiram um feito inédito em 2017: em pleno inverno, em meio àquelas chuvas intensas, a cidade ficou sem o abastecimento. É muita incompetência!”.

 

Resposta

Por fim, Ezequiel diz que sua maior satisfação é ter deixado a prefeitura em 2016 com as contas em dia, com os salários e 13º dos servidores pagos e com os pagamentos aos fornecedores regularizados. “Graças a Deus não sou questionado na rua ou através da imprensa sobre débitos que teria deixado com fornecedores, servidores ou prestadores de serviços. E sobre a provocação da prefeita sobre a DEOTAP, quero lhe dizer que sigo tranquilo, respeito o MPE e a Polícia Civil e que não sou bandido para me preocupar com isso. Aliás, eu não sei nem qual é o caminho da penitenciária”.

 

Iran Barbosa I

Com a finalidade de discutir procedimentos para uma fiscalização mais eficiente sobre o Executivo quanto ao cumprimento dos objetivos, metas e prioridades do Plano Municipal de Educação de Aracaju, o Vereador e Professor Iran Barbosa, do PT, esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para dialogar com o Procurador-Geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello.

 

Iran Barbosa II

Iran, que é membro da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de Aracaju, expôs ao Procurador-Geral sua preocupação quanto a prazos que vêm, sistematicamente, sendo ignorados por gestores públicos no que diz respeito ao cumprimento dos objetivos, metas e prioridades elencados no PME, que está em vigência desde ou no de 2015.

 

Iran Barbosa III

“Para se ter uma ideia, o Município ainda sequer instituiu o Fórum Municipal de Educação, apesar de já estar nas tratativas para que ele venha a ser instalado. Mas temos prazos vencidos e também prazos na iminência de vencer, entre outras questões relativas ao PME que precisam de acompanhamento mais rigoroso não só por parte dos vereadores, como também do próprio Tribunal de Contas, para cobrarmos as ações necessárias a serem executadas pela Administração Municipal da Capital”, colocou.

 

PMA

O prefeito Edvaldo Nogueira empossou 255 novos trabalhadores da área da Saúde. Aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS), estes profissionais, de 18 áreas distintas, atuarão nas Redes de Atenção Primária e de Urgência e Emergência de Aracaju. Com a chegada destes trabalhadores, a rede municipal de Saúde dá um passo decisivo de reestruturação, que culminará na ampliação e melhoria do atendimento. Outras convocações serão realizadas até totalizar 512 novos profissionais.

 

Edvaldo Nogueira

“Estou muito feliz com a chegada destes novos profissionais, todos eles escolhidos por mérito. Nenhum deve nada a ninguém. Eles não entraram aqui indicados por mim, nem por qualquer outro político. Foram escolhidos através de uma seleção transparente e profissional. E isto é muito bom, pois todos estão capacitados para dar o seu melhor no atendimento de saúde aos aracajuanos”, afirmou o prefeito.

 

Mobilidade Urbana I

A primeira edição do Café com Debate de 2018 colocará em pauta o tema Mobilidade Urbana: Desafios e Soluções. O evento acontecerá no próximo dia 23, às 19h, no auditório do Hotel Quality. Estudantes terão direito à certificação.

 

Mobilidade Urbana II

Já são presenças confirmadas: Marcos Bicalho, diretor da Associação Nacional de Transportes Urbanos (NTU); Cesar Henriques Matos e Silva, professor doutor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS); Fernando Antônio de Souza, representante do Conselho de Arquitetura de Urbanismo de Sergipe (CAU/SE); Aristóteles Fernandes, Superintendente Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT);  além de outras autoridades com expertise no assunto.

 

Avosos I

Na Associação de Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) a Páscoa chega com gosto de solidariedade. A instituição realiza anualmente a Festa de Páscoa, na qual crianças e adolescentes com câncer assistidos pela casa serão presenteados com ovos de Páscoa. Segundo Marcelle Wanderley, nutricionista da Avosos, a sociedade pode colaborar doando para a Avosos ovos de chocolate, exceto artesanais/caseiros e de amendoim, devido à imunidade das crianças.

 

Avosos II

“Devido ao tratamento quimioterápico, a imunidade muitas vezes está comprometida. Estaremos recebendo as doações até o próximo dia 25, no Setor de Nutrição da Avosos. Para nossas crianças, ovos de Páscoa têm muito mais do que chocolate: amor e solidariedade”, convida Marcelle Wanderley. A Festa de Páscoa da Avosos acontece na tarde do próximo dia 26, no Espaço Multieventos. Na ocasião acontece ainda a comemoração dos aniversariantes dos meses de março e abril, crianças e adolescente com câncer.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 




Tópicos Recentes