POLÍTICA

05/04/2018 as 01:24

PSC e PSD se fortalecem e bancada da oposição pode ser maioria na Alese!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

O jogo político é realmente fascinante. Ele é cheio de avanços e recuos, traz consigo uma série de nuances que costumam surpreender. A semana tem sido marcada por mudanças de comando de legendas, trocas e filiações inesperadas de partidos e até de agrupamentos. A eleição só começa de fato em meados de agosto, mas muitas definições estão sendo tomadas até a noite desta sexta-feira (06), prazo final da janela para mudanças e desincompatibilizações. É a partir deste momento que o cenário eleitoral começará a ser definido pelos “atores sociais”.

 

Em meio a tantas transformações, este colunista chama a atenção para as mudanças já confirmadas na Assembleia Legislativa de Sergipe. Hoje o ainda governador Jackson Barreto (MDB) tem maioria absoluta, tem cerca de 15 votos tranquilamente. Sábado (7) o Executivo terá o comando do vice-governador Belivaldo Chagas, que provavelmente já não tenha mais essa “folga” na Casa Legislativa. A oposição que andava diminuída nos últimos anos, que até ajudava o governo nas votações, a partir de agora deve tornar as próximas sessões mais “interessantes”.

 

A “temperatura” na Casa tende a aumentar consideravelmente. Nessa sexta-feira, em um ato político, o PSD vai filiar Belivaldo Chagas e, a partir do dia seguinte, passará a “governar Sergipe”. Além dos deputados estaduais Luiz Mitidieri e Jeferson Andrade, o partido também filiará os deputados Róbson Viana e Goretti Reis. O partido governista seria a maior bancada no Poder com quatro parlamentares, além de indicar o “galeguinho” para encabeçar a chapa majoritária. Mas não foi apenas o PSD quem se fortaleceu e ganhou musculatura.

 

O PSC, que já teve a maior bancada da Assembleia Legislativa, agora retoma sua representatividade no Poder. O partido que só tinha o deputado Antônio dos Santos, agora também filiou os deputados Paulinho Filho, Vanderbal Marinho, Gilmar Carvalho e Capitão Samuel. Com cinco parlamentares, a legenda volta a ter a maior representação na Casa, que sozinhos não interferem diretamente nas votações, mas que juntos passarão as ter posições mais “ácidas” com o governo do Estado na Alese.

 

Mas além do PSC, a oposição como um todo tende a caminhar dentro de um “alinhamento” a partir de agora, sob a liderança do deputado Georgeo Passos e que ainda conta com os deputados Luciano Pimentel (PSB), Maria Mendonça, Venâncio Fonseca e Adelson Barreto Filho (PR). Ana Lúcia (PT) e Moritos Matos (REDE) têm posições independentes na Alese, são partidários e, apesar de não estarem próximos dos demais adversários do governo, deixam claro que não ficam na situação e seguirão fazendo oposição na Alese, cada um ao seu estilo.

 

Em síntese, hoje a oposição reunida teria 12 votos contra 11 do governo dentro da Assembleia Legislativa. É evidente que os parlamentares não ficarão contra apenas para inviabilizar o Estado e prejudicar a população. Aquilo que for bom para Sergipe, certamente continuará tendo a unidade no parlamento, mas está claro que as disputas no parlamento estarão mais evidenciadas, mais tencionadas. Algo normal com a proximidade da eleição. Mas não custa esperar a sexta-feira passar para termos um panorama definitivo da formação das bancadas na Alese...

 

Veja essa!

As informações dos bastidores dessa quarta-feira (4) davam conta que o ex-prefeito de Capela, Sukita, assumiria o comando do PTC em Sergipe, confirmando a aliança com o Grupo liderado por André Moura e Eduardo Amorim.

 

E essa!

Mas chega a informação para este colunista que, também nessa quarta-feira, Sukita conversou, reservadamente, com o vice-governador Belivaldo Chagas, no Palácio de Despachos. Certamente não foi tratar dos interesses de Capela...

 

Com os cargos

Correntes petistas estão indignadas com o silêncio de alguns lideres do partido em Sergipe, ainda sobre a polêmica entre o governador Jackson Barreto (MDB) e o ex-governador Marcelo Déda (in memoriam). A turma fez a leitura que o comando optou pelos cargos no governo à dignidade. É...

 

59 prefeitos

Sob a presença da Executiva Nacional do PSC, o deputado federal André Moura promoveu um grande ato de filiações do partido em Sergipe, em ato realizado na tarde dessa quarta-feira, na AEASE, em Aracaju. Chamou à atenção a aglomeração de prefeitos que se fizeram presentes: 59 gestores estavam declarando apoio dos 75 municípios.

 

Padre Inaldo

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (PCdoB), surpreendeu muita gente ao participar do ato do PSC em Aracaju. Ele já vem conversando com o deputado André Moura e, assim como o correligionário Edvaldo Nogueira (PCdoB), pode fazer uma composição política.

 

90 agora é 20!

Após ser disputado pela situação e pela oposição, o pré-candidato a deputado federal Valdevan 90 assinou sua filiação pelo PSC e vai trilhar com o agrupamento até a eleição.

 

Eduardo Amorim

“Carrego comigo o sentimento da gratidão pelo PSC. Foi aqui que iniciei as minhas primeiras caminhadas. O partido ganha novos e importantes nomes que vêm para fortalecer a sigla e, consequentemente, o projeto da oposição de tirar Sergipe dessa situação que se encontra”, ressaltou o senador Eduardo Amorim. O parlamentar também parabenizou o presidente estadual do PSC, deputado federal André Moura, pela reunião de 59 prefeitos, deputados estaduais e lideranças.  

 

PP

Teria a “digital governista” a ação articulada pelo deputado federal Laércio Oliveira assumisse o comando do PP em Sergipe. A legenda, que ficaria com a oposição, agora é da base do governo e do pré-candidato Belivaldo Chagas.

 

Exclusiva!

O encaminhamento é que com o comando do PP nas mãos de Laércio Oliveira, os deputados Venâncio Fonseca e Maria Mendonça devem se filiar em outra legenda. O primeiro conversa com André Moura e Eduardo Amorim.

 

Posse

O deputado federal Laércio Oliveira assinou, na noite dessa quarta-feira (4), a ficha de filiação do Partido Progressista (PP). A bancada progressista se torna a segunda maior da Câmara dos Deputados, com 53 deputados federais. Laércio será o presidente do PP em Sergipe. O parlamentar sergipano Fábio Mitidieri também esteve na solenidade para prestigiar a filiação.

 

Bomba!

A informação é que o deputado federal Valadares Filho (PSB) teria conversado com a deputada Maria Mendonça, essa semana. A parlamentar, que não deve ficar no PP, pode estar viabilizando seu retorno ao partido socialista.

 

PRB

Outra informação é que o Pastor Heleno Silva teria entregue todos os cargos que o PRB exerce no governo do Estado. Está decidido a trilhar com a oposição. Mas o governador Jackson Barreto não aceitou a renúncia e tenta convencer os evangélicos a não deixarem a situação.

 

80% fora

Pedindo reserva, uma fonte tem ouvido de membros do PRB que o partido hoje estaria 80% fora do governo. A leitura é que, na situação, a legenda pode ter seus projetos comprometidos e hoje enxerga um caminho mais viável com a oposição.

 

Reuniões

O bloco governista teve uma reunião longa com os líderes na segunda-feira (2) e deve se reunir novamente nesta quinta-feira (5). Os deputados não abrem mão do chapão para a eleição proporcional.

 

Fábio na Deso

Também nessa quarta-feira foi ventilada a informação de que o atual secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, presidente estadual do PDT, passaria a comandar a DESO e não disputaria mais a eleição de deputado federal. Numa composição poderia apoiar o pré-candidato Gustinho Ribeiro.

 

Palanques opostos

Em uma entrevista histórica e exclusiva, o radialista Gilmar Carvalho, na Mix FM, ouviu o deputado André Moura e o senador Valadares (PSB) sobre as “trocas de farpas” que existem no momento. Em tom respeitoso, cada um pôs seu ponto de vista e, ao final, confirmou-se o rompimento e cada um seguirá seu palanque.

 

Café com Prosa

Através de uma iniciativa do pré-candidato a governador, Mendonça Prado (DEM), e do seu assessor de imprensa, Augusto Aranha, este colunista foi convidado para o “Café com Prosa”, um encontro informal, onde se pode discutir política e os preparativos para a eleição de 2018.

 

Mendonça Prado I

O pré-candidato não quis antecipar as filiações e os entendimentos que estão sendo costurados para 2018, mas questionado por este colunista, não descarta uma composição com o PSB e até com o Partido dos Trabalhadores. “Sobre o PT, evidentemente, que eu teria que conversar com a Executiva Nacional do meu partido”.

 

Mendonça Prado II

Mas ainda sobre o PT, Mendonça disse que “eu teria um diálogo honroso com a vice-prefeita Eliane Aquino. Relacionei-me muito bem com ela, gosto do seu estilo e tenho outros amigos petistas com quem me relaciono também”.

 

Aberto ao PSB

Mendonça Prado também confirmou que não faz nenhuma restrição a uma aliança com o PSB do senador Valadares e confirmou que já houve um primeiro contato, que não teve nenhuma sinalização. “Acho também o deputado Valadares Filho um bom político, alguém que tem um futuro promissor”.

 

Com o PRB

O presidente estadual do DEM revelou ainda conversas com dirigentes do PRB em Sergipe. “Tivemos um encontro interessante, mas há muito por avançar ainda”, colocou Mendonça Prado.

João Alves Filho I

Mendonça Prado disse que tem muita gente falando de João Alves Filho, mas reforçou que o ex-governador ainda é melhor do que muito pré-candidato. “Se não fosse o problema do Alzheimer, Dr. João ainda era melhor candidato do que muita gente que se diz pronto para governar Sergipe”.

 

João Alves Filho II

Mendonça Prado reconheceu que a última gestão de João na PMA não foi exitosa, mas garantiu que não vai esconder o ex-governador em sua campanha. “João Alves não será escondido! Será exaltado! A história de João Alves não se resume à página final, mas há um livro de realizações e muito querer bem a Sergipe”.

 

Capela I

“Mesmo com uma parte de seus bens bloqueados pela Justiça, o ex-prefeito Sukita fez uma festa no dia 1º de abril, dia da mentira, para celebrar seu aniversário e para mangar do povo de Capela: celebrou o descaso instalado no município!”, avaliou o ex-prefeito do município, Ezequiel Leite (PR).

 

Capela II

Ezequiel entende que a festa realizada no domingo teve dois objetivos: afrontar a Justiça e subestimar a inteligência do povo capelense. “Havia uma recomendação do Ministério Público Eleitoral sobre essa festa e ainda assim eles fizeram. Passaram por cima! Sem contar que estão achando que o povo de Capela é besta. A prefeita Silvany Sukita realizando uma gestão trágica e eles querendo celebrar. Foram comemorar o quê?”, questionou.

 

Ezequiel Leite I

O ex-prefeito denuncia que enquanto os “amigos de Sukita” investiram alto para realizar a festa com estrutura de palco, banda, som e segurança, o povo de Capela sofre sem a prestação dos serviços básicos por parte da administração. “Não existe material básico nas unidades de Saúde; nem uma gaze a gente consegue! Faltam medicamentos e na Educação ainda falta merenda escolar. É um absurdo o que estão fazendo com o nosso povo”.

 

Ezequiel Leite II

Em seguida, Ezequiel Leite lembrou que o problema do abastecimento irregular de água no município segue constante e que as pessoas seguem insatisfeitas com a gestão. “Crianças especiais dos povoados perderam o transporte para o tratamento com fonoaudiólogo e fisioterapeuta na sede do município”.

 

Fornecedores pressionados

“A iluminação pública segue bastante precárias e os fornecedores amargam em silêncio para receberem suas faturas em atraso. Quem se manifestar vai para a geladeira. A prefeita está perdida, não sabe o que faz e o esposo celebra tudo isso como se estivesse tudo bem. Reúne os amigos e a família para celebrar o descaso instalado em Capela”, completou Ezequiel.

 

Posse

O deputado federal Laércio Oliveira assinou, na noite dessa quarta-feira (4), a ficha de filiação do Partido Progressista (PP). A bancada progressista se torna a segunda maior da Câmara dos Deputados, com 53 deputados federais. Laércio será o presidente do PP em Sergipe. O parlamentar sergipano Fábio Mitidieri também esteve na solenidade para prestigiar a filiação.

 

Conta desbloqueada

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz), informa que, na tarde dessa quarta-feira (4), o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, procedeu despacho quanto ao pedido de liminar em Tutela Provisória antecedente em favor do Estado de Sergipe para liberação da conta única do Tesouro Estadual.

 

Pagamentos retomados

Com a decisão, o governo poderá retornar a sua programação de pagamentos conforme o fluxo financeiro da conta única estadual, assim como tomará a iniciativa de buscar discutir os questionamentos sobre o tema junto à Secretaria do Tesouro Nacional e ao Banco do Brasil.

 

Valadares I

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) comentou no Senado a denúncia do governador Jackson Barreto sobre o desaparecimento dos recursos oriundos do Proinveste em Sergipe. As declarações, feitas em duas entrevistas concedidas pelo governador no dia 28 de março, responsabilizavam o ex-governador Marcelo Déda afirmando que os recursos do Proinveste foram usados de forma indevida durante a sua gestão em 2013.

 

Valadares II

“Apesar do pedido de desculpas feito pelo governador à família de Déda e a sociedade sergipana, a denúncia causou estragos e foi um verdadeiro tiro no pé”, disse. Para Valadares, foi um desrespeito a memória de Déda, um dos políticos mais sérios da história sergipana. “Déda estava em tratamento de saúde, portanto quem assumiu a gestão do estado foi o vice-governador”, afirmou.

 

Informações detalhadas

Diante do cenário, o senador Valadares assegurou que vai ratificar o pedido feito em 2016, por meio do requerimento 876/2016 do Senado Federal, aos órgãos controladores e fiscalizadores (Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas da União, Ministério Público Federal e Tribunal de Contas do Estado de Sergipe) para obter informações detalhadas sobre a execução e o acompanhamento das obras do programa no estado. 

 

Órgãos fiscalizadores

“Fica evidente, diante da denúncia, que algo de errado está acontecendo na aplicação dos recursos do Proinveste em Sergipe. Por isso, vamos atrás dos órgãos responsáveis para que revelem a destinação específica desses recursos”, ressaltou. O senador expressou sua temeridade diante da situação e reiterou o pedido de respostas claras para o povo de Sergipe.

 

Caos Financeiro

Na oportunidade, o senador lembrou que Sergipe vive um verdadeiro caos financeiro. “Graças a uma liminar concedida hoje, o estado poderá movimentar os recursos da Conta única, com R$ 80 milhões, que estavam bloqueados e poderá pagar a folha salarial já atrasada. Essa situação caótica repercute tanto na economia local quanto na vida das famílias sergipanas”, explicou.

 

Georgeo Passos I

O deputado estadual Georgeo Passos denunciou a queda nos repasses do ICMS arrecadados pelo Estado para as prefeituras. O parlamentar revelou que o Governo enviou para os 75 municípios sergipanos cerca de R$ 3,5 milhões de parcela nesta semana – valor abaixo do esperado.

 

Georgeo Passos II

“Nunca na série histórica de distribuição do ICMS aconteceu um repasse tão pequeno. Foram R$ 3,5 milhões repassados quando o valor neste período no ano passado foi de cerca de R$ 10 milhões. Mesmo o Governo aumentando a sua arrecadação, o repasse foi baixo”, criticou. Durante seu discurso, Georgeo citou o exemplo de Ribeirópolis, onde a Prefeitura recebeu nesta terça R$ 25 mil quando a média é de mais de R$ 100 mil.

 

Dinheiro desviado

O parlamentar lembrou de que no ano passado denunciou que desde 2014, o Governo reteve mais de R$ 100 milhões de ICMS que deveriam ter sido enviados às Prefeituras. Em fevereiro deste ano, a Secretaria do Estado da Fazenda reconheceu o erro e prometeu regularizar os valores dos repasses. “No entanto, parece que o crime vai continuar acontecendo”, alertou Georgeo.

 

Fiscalização

Georgeo pediu que tanto a Assembleia buscasse medidas para resolver essa questão, como também que os órgãos fiscalizadores tomem medidas para punir os responsáveis. “Vamos continuar no mesmo erro? A impunidade desses agentes públicos está gerando esse cenário onde foi cometido improbidade administrativa e também crime de responsabilidade. Mas até o presente momento ninguém está respondendo por isso”, lamentou.

 

CPI do Proinvest

Ainda em seu discurso, Georgeo anunciou que protocolou na Alese o requerimento para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que pretende investigar o que aconteceu com os recursos do Proinvest. Agora, o parlamentar precisa colher as assinaturas de oito deputados, o que corresponde a 1/3 do parlamento.

 

Fundeb

O Ministério Público de Sergipe e o Ministério Público Federal em Sergipe acionaram a Justiça Federal para que os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) sejam movimentados em contas da Caixa Econômica Federal (CEF) ou do Banco do Brasil (BB), como determina a lei. Atualmente, contrariando a legislação, os valores estão no Banco do Estado de Sergipe (Banese).

 

Réus na ACP

São réus na ação civil pública a União (Ministério da Educação), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Estado de Sergipe, a CEF e o BB. O processo foi baseado em informações do próprio FNDE, que, em notícia enviada ao MP/SE, pediu providências contra a atitude do Estado em manter os recursos no Banese. Segundo o FNDE, tal prática é ilegal e “compromete o princípio da transparência e visibilidade no fluxo dos recursos”, ainda que esteja prevista em Resolução do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE).

 

Violência

O comandante do Pelotão da Companhia Especializada em Operações Policiais em Área de Caatinga (Ceopac), Capitão Manoel Oliveira, foi executado a tiros, na noite dessa quarta-feira (4), dentro de um veículo em uma estrada entre os municípios de Porto da Folha e Monte Alegre.

 

Assassinato

Segundo a SSP, homens armados, em dois veículos Corolla, abordaram o oficial da PM e efetuaram cerca de 30 disparos, no veículo que ele conduzia. Havia pouco tempo que as atividades do Pelotão haviam sido retomadas. Policiais de Sergipe de Alagoas estão buscando informações e já na captura dos autores do assassinaram o PM.

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe informou que o delegado Dernival Eloi, diretor do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) foi designado como responsável pelas investigações e seguiu para o local do crime com agentes do Cope.

 

Laranjeiras I

O prefeito de Laranjeiras, Paulo Hagenbeck (DEM), o “Paulão da Varzinhas”, conseguiu viabilizar para o município, através da intervenção direta do líder do Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), o investimento superior a R$ 5,5 milhões. O anúncio foi feito pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, que está em Sergipe, durante o IV Encontro de Gestores Públicos realizado em Aracaju. O evento reuniu prefeitos e secretários de 62 municípios.

 

Laranjeiras II

Foram anunciados R$ 1 milhão para o Turismo; R$ 622 mil para a Assistência Social; R$ 494 mil para a Infraestrutura; R$ 400 mil para a Cultura; R$ 600 mil para o Esporte; R$ 1,250 via a Funasa; e R$ 1,170 para a Saúde. “São mais de R$ 5,5 milhões de recursos federais para serem investidos em Laranjeiras. É uma soma importante e uma grande conquista para o nosso povo, que tanto clama por obras e ações efetivas do poder público”, destacou o prefeito.

 

Laranjeiras III

Paulão da Varzinhas disse ainda o povo de Laranjeiras é grato ao ministro Osmar Terra, mas também reconheceu o empenho do senador Eduardo Amorim (PSDB) e, principalmente, a participação efetiva do deputado federal André Moura. “Acho que nem Laranjeiras e nem Sergipe teve uma abertura tão grande e uma parceria tão exitosa com o governo federal como tem agora com essa liderança de André Moura. Ele tem sido um grande amigo não apenas do prefeito, mas de toda a comunidade de Laranjeiras, viabilizando tantos recursos e investimentos”.

 

Venâncio Fonseca I

O deputado Venâncio Fonseca (PP) participou, em Brasília, da solenidade de posse do ministro da Saúde, o ex-superintendente da Caixa Econômica Federal de Sergipe, Gilberto Occhi. “Gilberto Occhi é uma figura pública respeitada, deixando sua marca por onde passa. Fez um excelente trabalho na presidência da Caixa Econômica Federal e acho que competência não lhe falta para ser um grande ministro da Saúde”.

 

Venâncio Fonseca II

“Ganha o País, pelos seus relevantes serviços prestados, e vamos trabalhar, evidentemente, para que os pleitos do nosso querido Estado de Sergipe sejam atendidos”, destaca Venâncio Fonseca. Gilberto Occhi, que já foi superintendente da Caixa Econômica Federal de Sergipe, assume a pasta do Ministério da Saúde, por indicação do PP ao presidente da República, Michel Temer (MDB).

 

Valdélio Silva I

Leitor assíduo e amigo deste colunista, Valdélio Silva anuncia sua desfiliação do DEM após 17 anos (2001 a 2018) de militância política na legenda. “Quero inicialmente agradecer a Deus, por ter permitido minha filiação e militância em um dos maiores partidos políticos do estado de Sergipe e do Brasil, o então PFL, hoje DEMOCRATAS, onde fiquei filiado por 17 anos e onde durante esse período pude contribuir para o seu crescimento e fortalecimento”.

 

Valdélio Silva II

Em nota, o jovem militante agradece aos colegas Vinícius Porto, Breno Soares, Garcez Júnior e José Carlos Felizola, que na época, lhe procuraram e convidaram para se filiar, e, consequentemente, fazer parte da juventude do partido, onde Valdélio foi nomeado presidente da juventude municipal da capital, ficando á frente por 10 anos (2001 á 2011).

 

Valdélio Silva III

O ex-democrata ainda presidiu a juventude estadual do DEM também por 10 anos (2004 a 2014), e fez parte do Conselho Político da Juventude nacional (2016 á 2017) a convite da Executiva, encerrando assim estatutariamente o seu ciclo na juventude do partido. “Agradeço também aos colegas e correligionários que se tornaram amigos pessoais, a exemplo do ex-prefeito Tonho da Caixa; da sua esposa e ex-deputada estadual Elma Paixão; do seu filho o vereador Elmo Paixão; do ex-deputado federal Dr. Djenal Gonçalves; do seu filho Breno Soares, da ex-vereadora Ana Rita, do ex-secretário Carlos Eloy, do vereador Dr. Manuel Marcos, de Ney Teles, entre outros”.

 

Gratidão

Por fim, Valdélio se diz extremamente grato ao ex-governador João Alves Filho. “Por quem terei sempre consideração, admiração, respeito e estima, e ao hoje presidente da juventude nacional Bruno Kazuhiro, pelo apoio e confiança que sempre depositaram em mim, durante esse tempo de militância partidária”.

 

Cabeça erguida

“Deixo o DEMOCRATAS de cabeça erguida e com a certeza do dever cumprido. Fiz tudo que me deram a oportunidade e o espaço para fazer; fui um verdadeiro soldado, mas agora é hora de refletir e analisar os convites, sem abandonar a política partidária, da qual faço com muita dedicação, compromisso e fidelidade”, concluiu Valdélio.

 

Oncologia Torácica I

A oncologista clínica da Onco Hematos, Erijan Andrade, e o cirurgião torácico, Fernando Coelho, participaram do II Simpósio Integrado Norte/Nordeste de Oncologia Torácica, em Salvador. Com o tema “Discussões Práticas em Câncer de Pulmão – O que podemos fazer para otimizar o tratamento?”, o simpósio, promovido pelo Grupo Brasileiro de Oncologia Torácica (GBOT), reuniu diversos profissionais da área da oncologia. 

 

Oncologia Torácica II

De acordo com Erijan Andrade, o evento foi essencial para a atualização dos profissionais na área da oncologia. “A oncologia, em especial o câncer de pulmão, foi revolucionada nos últimos anos com a imunoterapia. Estamos vivenciando uma época de surgimento de novas medicações mais eficazes e com menor evidência de efeitos colaterais. Precisamos cada vez mais discutir o assunto, rever protocolos e melhorar as estratégias para beneficio do nosso paciente”, explicou a oncologista.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 

 




Tópicos Recentes