POLÍTICA

29/05/2018 as 23:42

Pós-greve: Estado brasileiro falido e políticos sem “moral” para “Fora Temer”!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

A greve dos caminhoneiros, que afetou toda a cadeia produtiva do País, começa a “perder o fôlego”. É inegável a baixa popularidade do governo do presidente Michel Temer (MDB), mas com todo respeito aos que têm opinião contrária, sua renúncia é algo não cogitado e seu afastamento talvez já não seja mais viável. Estamos a pouco mais de seis meses para o final da gestão e uma mudança de comando no Brasil, talvez fosse ainda mais traumática pelo momento de instabilidade que atravessamos.

 

Isso (afastamento de Michel Temer agora) mobilizaria todo o Congresso Nacional, e isso às vésperas do início de uma campanha eleitoral, algo que não interessa a maioria dos deputados federais e senadores. Convenhamos: é algo que não vai acontecer. A greve dos caminhoneiros provou que a maioria dos políticos brasileiros está medindo cada declaração, cada movimento, até porque já estamos no período de “pré-campanha” e qualquer equívoco agora pode vim a ser fatal do ponto de vista do voto.

 

Mas independente do final ou não da greve dos caminhoneiros, este colunista avalia que os prejuízos globais já podem ser contabilizados e superam cifras bilionárias que terão reflexos pelos próximos meses na economia do País. Há de se reconhecer que o governo federal “abriu as pernas” e ofereceu mais do que muita gente acreditava para fechar uma negociação convincente com os manifestantes. Se brincar, nem eles apostavam em tantas conquistas, apesar da importância que provaram ter para a Nação.

 

Fragilizado, com muito apoio político velado e muita rejeição popular declarada, para evitar o pior, mais uma vez Michel Temer foi “cirúrgico” ao atender os caminhoneiros, diminuindo o tom dos discursos de protesto, acelerando o fim do movimento e deixando transparecer que a “insistência grevista” teria conotação política. Usou literalmente a máquina para preservar seu mandato à frente da presidência da República e vai “ganhando tempo”, tocando seu governo até o fim.

 

O retrato do pós-greve, com as mais recentes concessões para os caminhoneiros – legítimas, diga-se de passagem, o governo se revelou “pequeno”, sem poder de argumentação, sem força para se impor. Infelizmente, chegamos ao fundo do poço! E o governo Temer não é o único responsável, justiça seja feita. Mas estamos diante de um Estado brasileiro falido e refém, que não se defende e nem transmite confiança, capacidade de evolução.

 

Não temos boas perspectivas para os próximos meses e não há “estímulo” da maioria da população em promover grandes transformações na eleição que se aproxima. O Congresso Nacional, com respeitosas exceções, não representa os anseios do povo brasileiro. Em síntese: temos uma classe política desgastada, desacreditada e amoral, que pode até fazer barulho, nas ruas ou nas redes sociais, mas que não tem moral para gritar “Fora Temer”, porque é tão responsável quanto ele. Eis a questão...

 

Veja essa!

Muitos proprietários de escolas do Conjunto Augusto Franco estão na bronca com a Secretaria de Estado da Cultura pelos preços “salgados” que estão sendo cobrados pelo aluguel do Espaço Gonzagão, para apresentações culturais, como as tradicionais quadrilhas juninas.

 

E essa!

A informação é que para alugar o Espaço, que deveria servir de propagação da cultural local, cada empresário tem que desembolsar valores de R$ 800 a R$ 1,2 mil, sem contar as outras despesas. Nesse caso, ou os pais ajudam nas despesas ou a escola promove as apresentações das quadrilhas em outro local. Lamentável...

 

Socorro I

O palanque do governador Belivaldo Chagas (PSD), em Nossa Senhora do Socorro, parece que vai dar “choque elétrico” durante a campanha eleitoral. As tensões estão “altas” entre os agrupamentos do ex-prefeito Fábio Henrique (PDT) e o do atual prefeito Padre Inaldo (PCdoB).

 

Socorro II

Em entrevista à radialista Magna Santana, da Rádio FAN FM, Padre Inaldo sentenciou: se o PDT indicar a vice (leia deputada Sílvia Fontes), o prefeito de Socorro deixa o palanque de Belivaldo Chagas.

 

Constrangimento

Durante o discurso da deputada Sílvia Fontes (PDT), assessores do prefeito Padre Inaldo iniciaram algumas vaias, fato que incomodou a parlamentar e que chegou cometer um equívoco em sua fala. Esse material foi editado e propagado nas redes sociais pelos adversários e pode ter reflexos durante a campanha eleitoral.

 

Pavimentação

No ato, o governador assinou ordem de serviço para o início das obras de pavimentação asfálticas de ruas, avenidas e travessas do Conjunto João Alves. Serão 51 logradouros: 09 avenidas, 24 ruas e 18 travessas. “Com essa ordem de pavimentação asfáltica, estamos atendendo uma reivindicação antiga dessa população”, disse Belivaldo Chagas.

 

Transfere cargo

Falando no governador Belivaldo Chagas, ele adiou para sexta-feira (1º), a viagem para São Paulo, onde fará exames de revisão de um procedimento cirúrgico realizado em abril de 2017. O governador reassume a função no dia 4. Em abril de 2017, Belivaldo retirou três sinais de carcinoma basocelulares benignos e deveria ter se submetido a exames revisionais de rotina após seis meses, o que não ocorreu. A transferência será às 15 horas, no Palácio dos Despachos.

 

Cezário no comando

Agora, passado pouco mais de um ano, ele irá realizar o exame denominado ‘Dermatoscopia Digital do corpo total’, em São Paulo, pois esse procedimento não é realizado em Sergipe. Durante esse período, assume interinamente a administração estadual o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, o desembargador Cezário Siqueira Neto, já que o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, não poderá assumir o cargo por motivos eleitorais.

 

Luto I

A terça-feira (29) foi marcada pelo falecimento, aos 82 anos, de José Carlos Teixeira, ex-secretário de Cultura do Estado e produtor cultural. Natural de Itabaiana, Teixeira exerceu as funções públicas de vice-governador do Estado, de prefeito de Aracaju e de deputado federal. José Carlos Teixeira foi um dos fundadores do MDB e lutou contra o regime Militar em 1964.

 

Luto II

Dom Luciano Cabral Duarte tinha 93 anos e sofria de Alzheimer. O arcebispo emérito de Aracaju iniciou suas atividades de sacerdote na Igreja do São Salvador, centro da capital sergipana. O religioso foi fundador do Museu de Arte Sacra de Sergipe, localizado em São Cristóvão. 

 

Velório I

O velório de José Carlos Teixeira acontece no Palácio Museu Olimpio Campos, na Praça Fausto Cardoso, até às 10 horas dessa quarta-feira. Em seguida, o corpo segue para ser sepultado, às 11h, na Colina da Saudade.

 

Velório II

O velório de Dom Luciano Cabral acontece na Paróquia Jesus Ressuscitado. O sepultamento será nesta quarta-feira, às 15h, na Igreja São Salvador, na Rua Laranjeiras, no Centro da capital.

 

Luciano Bispo I

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado Luciano Bispo (MDB), suspendeu a entrega dos Títulos de Cidadania Sergipana aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF/SE), Ramiro Rockenbach da Silva Matos Teixeira de Almeida e Lívia Nascimento Tinoco.

 

Luciano Bispo II

A Sessão Especial estava marcada para esta quarta-feira, no Grande Expediente, mas em virtude do sepultamento de José Carlos Teixeira, no Cemitério Colina da Saudade, as homenagens foram adiadas. O presidente Luciano Bispo informou que, posteriormente, outra data será marcada para a entrega dos Títulos de Cidadania aos procuradores federais.

 

Salários I

O governo do Estado inicia o calendário de pagamento de servidores estaduais nesta quarta-feira (30). Recebem os servidores da Educação lotados em escolas, Sergipe Previdência, Ipesaúde, Segrase, Agrese. O calendário dos demais servidores, bem como de aposentados e pensionistas, será divulgado na segunda-feira (4).

 

Salários II

O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou o pagamento dos servidores municipais referente ao mês de maio. De acordo com o prefeito, todos os servidores ativos e inativos terão seus salários creditados na conta na noite desta quarta-feira. Ele também divulgou que será paga a primeira parcela do 13º salário para os aniversariantes de março e abril.

 

Médicos I

Preocupados em garantir o deslocamento dos médicos até o local de trabalho diante da falta de combustível, uma comissão formada por representantes da classe médica se reuniu com o governador Belivaldo Chagas no final da tarde desta terça-feira (29). 

 

Médicos I

As entidades médicas solicitaram ao Governo do Estado a liberação do abastecimento - em caráter especial - dos veículos dos médicos mediante apresentação da Carteira de Identidade Médica.  Visto que, muitos já estão sem condições de comparecerem ao trabalho, deixando a população desassistida.

 

Governo do Estado

A pedido do governador Belivaldo Chagas, o  coronel Eduardo Henrique, que está cuidando de toda a logística de abastecimento no Estado, ficará responsável pela solicitação dos médicos. “Inicialmente já vamos liberar o abastecimento para os médicos que estiverem trabalhando em regime de plantão em todos os hospitais, seja público ou privado”.

 

Somese

A Somese passará ao Governo do Estado uma lista fornecida pelos hospitais com todos os médicos em regime de plantão. E o Estado indicará um posto exclusivo para o abastecimento dos médicos plantonistas que deverão apresentar sua carteira profissional de identificação no ato do abastecimento. 

 

Codevasf

O presidente da Companhia De Desenvolvimento Do Vale São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Antônio Avelino Neiva, estará em Sergipe, nesta quarta-feira (30), a convite do deputado federal André Moura (PSC) para assinatura de ordem de serviço do projeto básico do Canal Xingó, e visita às obras dos perímetros irrigados Betume, Cotinguiba/Pindoba e Propriá, no Baixo São Francisco, além das obras do prédio sede do distrito.

 

André Moura I

O deputado federal e pré-candidato ao Senado, André Moura, recebeu em Aracaju, representantes da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (Conacs) que pediram a ele para ser o mediador junto ao Governo Federal das propostas relativas à categoria que estão em tramitação no Congresso.

 

André Moura II

De acordo com a assessora jurídica da Conacs, Elane Alves de Almeida, foi apresentado ao parlamentar as contrapropostas à Portaria 083/GM/MS de 10 de Janeiro de 2018 que trata do Programa de Formação Técnica para os Agentes de Saúde (Profags), solicitando a revogação do item que "visa transformar os Agentes em Técnicos de Enfermagem, na tentativa de extinção da função;

 

André Moura III

Já foi criticada por diversas Escolas de Saúde Públicas Estaduais e não conta com apoio da FioCruz e Cofen também foi proposto a melhoria do recurso previsto no orçamento, sob o argumento de ser incipiente para a execução do Profags e a não há ajuda de custo para os que aderirem ao programa.

 

Política de reajuste

O segundo item tramitando no Congresso é a MP 827/2018 que estabelece os direitos dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, trata da política de reajuste do piso salarial da categoria e estabelece jornada de trabalho em 40 horas semanais, assegura aos agentes a participação nas atividades de planejamento e avaliação de ações, detalhamento das atividades, registro de dados e reuniões de equipe. A este, a solicitação foi de celeridade para a aprovação.

 

Edmilson Quirino

O presidente estadual da Federação das Associações Municipais dos Agentes Comunitários de Saúde do Estado de Sergipe (Famacse), Edmilson Quirino, presente ao encontro, também agradeceu ao parlamentar pelo apoio assegurado em Brasília na luta por melhores condições de trabalho, atuando sempre como "padrinho da categoria".

 

Comissão Mista

Após ouvir a todos, André Moura informou que já foi instalada a Comissão Mista para análise da matéria e ele designou como presidente o deputado Raimundo Gomes de Matos e como relator o senador Cássio Cunha Lima, e que solicitaria a aceleração dos trabalhos do colegiado. Sobre a portaria, ele ficou de analisar os pontos apresentados e depois daria uma resposta.

 

Eduardo Amorim I

O senador Eduardo Amorim (PSDB) apresentou relatório sobre a medida provisória (MP 824/2018), que altera a regra para execução de hipotecas em projetos públicos de irrigação (PPIs). Uma das emendas apresentadas pelo parlamentar incluiu todos os 75 municípios sergipanos na área de abrangência da Companhia de Desenvolvimento do Vale São Francisco (Codevasf).

 

Eduardo Amorim II

“Antes desta medida provisória, apenas 27 municípios faziam parte dessa área de abrangência. Incluímos diversas bacias hidrográficas e litorâneas, a exemplo das dos rios São Francisco e Vaza-Barris”, explicou o senador. 

 

Senador Valadares I

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB) falou no Plenário sobre a greve dos caminhoneiros e suas consequências para o País. Para ele, o cenário atual revela o despreparo e a incapacidade do governo Temer, que não agiu de forma eficiente e com a rapidez necessária para evitar os efeitos da paralisação. “Se tivesse agido com o mínimo de previsibilidade e menos prepotência, teria evitado a greve e a consequente interrupção das principais rodovias, o que gerou o desabastecimento de combustível, de alimentos, de remédios, e travou o transporte de passageiros”, disse.

 

Senador Valadares II

Valadares acredita que a saída do governo foi artificial e paliativa, pois não muda a política de composição de preços. “Empurra com a barriga o problema e coloca novamente a crise na conta do trabalhador. Além de não resolver a situação para dos consumidores que, insisto, continuarão a pagar valores abusivos no gás de cozinha e na gasolina”, ressaltou. Segundo o senador, estava claro que não haveria fôlego para sustentar esta política de preços livres, vinculada à cotação do petróleo no mercado internacional, em alta constante, e sem proteção para o consumidor.

 

TCE I

O conselheiro Ulices Andrade, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), recebeu os superintendentes geral e acadêmico do Grupo Tiradentes, Saumíneo Nascimento e Temisson José dos Santos, respectivamente. A reunião foi presenciada ainda pelos conselheiros Carlos Alberto Sobral e Susana Azevedo. De acordo com Saumíneo, a visita teve o intuito de apresentar o programa de Mestrado em Direito da Unit, além de uma proposta de parceria que viabilize a oferta de vagas específicas para servidores do Tribunal. 

 

TCE II

“É um programa stricto sensu, ou seja, para profissionais graduados em Direito que queiram fazer o seu mestrado; estamos apresentando o nosso programa, que é bem conceituado, e que queremos oferecer uma disponibilidade de vagas, numa concorrência específica, para os servidores do TCE", explicou o superintendente geral.

Aperfeiçoamento

Já Temisson dos Santos destacou a contribuição que o aperfeiçoamento profissional poderá proporcionar aos servidores. "É uma formação de recursos humanos de al​to nível e temos no nosso corpo docente profissionais com uma vasta experiência no Direito público que estão à disposição para contribuir com o desenvolvimento de trabalhos específicos de interesse das entidades públicas do estado", comentou. Durante a reunião, a proposta de parceria foi entregue ao conselheiro-presidente Ulices Andrade, que ficou de apreciá-la quanto aos aspectos colocados e às necessidades dos servidores da Casa. 

 

Câncer de Mama I

O médico oncologista, Michel Fabiano Alves, esteve Alese para falar sobre o câncer de mama e tratamentos. O diálogo do especialista foi ampliado com a participação da coordenadora do Núcleo da saúde da Defensoria Pública da União, Djanira Madeira Lima, e da pedagoga e paciente assistida pela Associação dos Amigos da Oncologia (AMO), Kátia Margereth Lins, que também usou a tribuna para fazer uma explanação sobre sua vivência diante do tratamento.

 

Câncer de Mama II

A audiência pública foi uma propositura da deputada Goretti Reis (PSD) que é a presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher. O Evento também fez menção ao dia 28 de maio, data que marca o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher.

 

Michel Fabiano

Durante sua explanação, o médico especialista Michel Fabiano abordou sobre a funcionalidade do SUS, diferenças entre o tratamento público e o particular, e, sobretudo, destacou  a importância do diagnóstico precoce. “É essencial que o paciente fala  o  diagnóstico precoce. Quando o diagnóstico é feito precocemente, as chances de cura são muito maiores”, avaliou o oncologista.

 

INCA

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, o INCA, além do autoexame,  detecção precoce do câncer de mama pode também ser feita pela mamografia, quando realizada em mulheres sem sinais e sintomas da doença, numa faixa etária em que haja um balanço favorável entre benefícios e riscos dessa prática (mamografia de rastreamento).  

Luciano Pimentel I

O deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) apresentou uma indicação na Assembleia Legislativa para o Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública e do Comando da PM, sugerindo a implantação de destacamento da Polícia Militar no município de Itaporanga D’Ajuda.

 

Luciano Pimentel II

Ao justificar sua indicação, Luciano Pimentel alegou o crescimento da violência que vem assustando a população sergipana como um todo. “A violência está tomando conta do Brasil, de norte a sul, e isso tem assustado as pessoas, que se sentem cada vez mais inseguras, temendo o pior”, colocou.

 

Impunidade

O parlamentar também lamentou pelo excesso de impunidade, alertando que o infrator geral ente tem deixado de respeitar a lei previamente estabelecida. “A integridade física é um direito que deve ser efetivamente preservado. As pessoas não querem promessas, elas precisam de uma proteção que seja efetiva”.

 

Força Policial

Luciano Pimentel alerta que a força policial é uma das mais importantes instituições do Estado. Segundo ele, as Associações de moradores e outras instituições sociais devem participar ativamente das atividades desenvolvidas pela Delegacia de Polícia e a Companhia de Polícia Militar de Bairro.

 

Suporte Básico de Vida I

A clínica Onco Hematos realizou durante todo o mês de maio diversas atividades para homenagear os enfermeiros e os técnicos de enfermagem. E, para encerrar a Semana da Enfermagem 2018, os profissionais da clínica participaram do curso de Suporte Básico de Vida (BLS), que foi promovido pelo Núcleo Preparatório de Enfermagem (Nupenf) e ministrado pelos instrutores  Marcel Azevedo, Lino Farah e Viviane Freitas.

 

Suporte Básico de Vida II

De acordo com a coordenadora da equipe de Enfermagem da Onco, Raphaela Prudente, o curso passou diversas orientações de como proceder em casos de emergências. “Esse curso finalizou nossas atividades da Semana da Enfermagem que objetivou capacitar ainda mais nossos enfermeiros e técnicos de enfermagem”, enfatizou.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 

 




Tópicos Recentes