11/10/2018 as 06:05

As Igrejinhas de Valadares Filho

Política Online

Política
Por Junior Valadares
<?php echo $paginatitulo ?>

O deputado federal e candidato ao governo do estado de Sergipe Valadares Filho (PSB), é um cara gente boa, daqueles que ninguém consegue sentir raiva, habilidoso sabe como ninguém ter uma boa conversa de pé de ouvido e acalmar os ânimos. Sofreu com a derrota no primeiro turno, quase todas as pesquisas o colocavam em primeiro lugar, a derrota deu uma visão maior de realidade a VF, as mudanças de equipe seriam inevitáveis de acontecer, o deputado reconheceu inclusive na noite do primeiro turno, que chegar aonde chegou tinha sido uma vitória, segundo ele “muitos achavam que iriam desconstruir a minha candidatura até agosto, não conseguiram, diziam que eu não tinha grupo, eu dizia que queria ter o povo, estou no segundo turno e conto com sessenta parcela da sociedade que votou em uma proposta contraria aquela dos ocupantes do Palácio Adélia Franco”, dizia um entusiasmado Valadares Filho, à época.  Valadares Filho não é burro, quando o entrevistei naquela noite ele ainda  disparou ‘ vou para o segundo turno com a certeza da vitoria, confio no povo de Sergipe, o sentimento de mudança é grande, rodei os quatro cantos do estado, e encontrei no rosto dos sergipanos a vontade de mudar”.

Ontem conversei por telefone com o deputado federal Valadares Filho, comentei com ele sobre uma reportagem produzida pelo colega Jozailto Lima no seu portal, a matéria falava sobre  a mudança da sua equipe de marketing, até porque  fui eu que apresentei ao deputado ao dono da W 4 agência de publicidade da Bahia Robson Wagner, a quem tenho como amigo e um profissional de mão cheia,  e que comandou a campanha do candidato ao governo do estado no primeiro turno. Encontrei um Valadares Filho aflito com a reportagem, a mudança, segundo ele, não foi motivada pela derrota e sim porque a nacional do seu partido tinha disponibilizado uma equipe de marketing do sul do país. “Minha campanha amigo é franciscana, a vinda destes profissionais, foi um oferecimento da executiva nacional que não pude recusar, tenho pela W 4 e por Robson Wagner uma imensa gratidão, respeito e carinho, o convidei inclusive para ser meu consultor, mas ele não aceitou. Ele inclusive tem uma parcela de contribuição muito grande por eu estar no segundo turno, desejo e quero de Robson Wagner a amizade e o carinho como sempre fui recebido por ele e por sua equipe, nada muda minha visão”. Enquanto isto, as igrejinhas de Valadares Filho, as pessoas que o cercam mais de perto tentam a todo custo afastar os bons, lembro daquele personagem da escolinha do professor Raimundo, LARGA DEU, a sacudida de Valadares Filho na campanha deve ser muito maior, a empreitada de virar o jogo é grande, o baba do sub 23 acabou, agora é final de Copa do Mundo, não é hora de ficar procurando culpados pela derrota no primeiro turno e sim de trabalhar, reverter o jogo é possível, é só botar pra trabalhar aqueles que tiram onda e só servem para fazer fofoca, ou então a coisa pode piorar, já pensou  “eles” terem que ir procurar emprego em 2019, agora entendi o porquê das duas derrotas de VF em campanhas majoritárias.

POÇO REDONDO

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), concluiu o julgamento dos embargos de declaração apresentados por Ademilson Chagas Junior e Manoel Rodrigues da Silva, prefeito e vice-prefeito do município de Poço Redondo, e cassou, por maioria, os respectivos mandatos. O prefeito e vice-prefeito de Poço Redondo perderam seus mandatos por prática de atos que desequilibraram o pleito de 2016, como a concessão a terceiros de 107 autorizações de abastecimento de combustível no Posto São Jorge, expedida pelo então candidato Ademilson Chagas Júnior, que alcançou o importe de R$ 22.100,50 (vinte e dois mil e cem reais e cinquenta centavos).

INTERPOL

Uma operação da Policia Federal em Sergipe tentou localizar uma mulher que foi acusada de tentar incitar nas redes sociais o assassinato do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Agentes da PF estiveram na casa da mulher, mas ela não foi localizada, informações de vizinhos dão conta que a mulher que não teve a identidade revelada mora fora do Brasil, mas mantém em Aracaju uma residência. Do exterior, de acordo com as investigações, ela gravou vídeos incitando a morte do presidenciável, agora a mulher será procurada pela policia internacional.

TRESLOUCADO

O deputado Francisco Gualberto reafirmou o seu apoio ao candidato ao Governo de Sergipe Belivaldo Chagas e ao candidato à Presidência da República Fernando Haddad. “Eles são as melhores opções. Não podemos colocar a democracia do nosso país em cheque. O meu pedido é que sergipanos  analisem com cuidado em quem votarão”. O parlamentar disse que Bolsonaro é um “tresloucado” e é um risco para o país. “Não podemos levar ao Palácio do Planalto um homem sem equilíbrio algum. Além de tudo, completamente sem conhecimento do que irá enfrentar se ocupar o cargo de presidente. Quando é questionado sobre vários pontos, entre eles, economia e educação, ele apenas diz que seus ministros resolverão e saberão como, isso é inaceitável”, pontuou.

COMENDA

Nesta quarta-feira (10) o deputado federal André Moura recebeu do Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros, chefe da Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comandante da Aeronáutica (Aspaer), o anúncio oficial de que lhe será outorgada a “Ordem do Mérito Aeronáutico”, considerada a mais alta distinção honorífica  em reconhecimento  ao seu trabalho em benefício da Força Aérea Brasileira (FAB). A data da cerimônia militar para a imposição da Comenda será informada pela Aspaer assim que for marcada.

FACISMO

O vereador Iran Barbosa fez um balanço sobre o resultado do primeiro turno da eleição para presidente da República. O parlamentar destacou que restaram dois projetos claros de nação e de sociedade para os eleitores decidirem que futuro querem para o Brasil: se o avanço, com o candidato do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad, ou o retrocesso e o ódio, com o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. “Este momento eleitoral é de reflexão profunda e de tomada de decisão, e não há que se ter ilusão: o Brasil está passando vexame, mais uma vez, no exterior, por ter no segundo turno um candidato com ideias fascistas disputando a presidência, uma verdadeira excrescência e uma ameaça à democracia”, afirmou o petista.

DATAFOLHA

Na primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno das eleições presidenciais, Jair Bolsonaro (PSL) tem ampla vantagem sobre Fernando Haddad (PT). O deputado tem 58% dos votos válidos enquanto o ex-prefeito paulistano conta com o apoio de 42% dos ouvidos. A contagem, que exclui os brancos, nulos e indecisos como a Justiça Eleitoral faz no dia da eleição, confirma a onda conservadora que quase deu a vitória em primeiro turno ao presidenciável do PSL. No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%. O Datafolha ouviu 3.235 pessoas em 227 municípios nesta quarta (10). A margem de erro do levantamento, contratado pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, é de dois pontos para mais ou para menos.




Tópicos Recentes