POLÍTICA

23/10/2018 as 09:15

André Moura segue “neutro”, mas PSC “em peso” se alia a Belivaldo!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Entramos na última semana antes do 2º turno da eleição para o governo do Estado entre o atual chefe do Executivo, Belivaldo Chagas (PSD) e o também candidato e deputado federal Valadares Filho (PSB). É natural que, com a proximidade do pleito, os “ânimos” estejam mais aflorados e os embates entre os dois agrupamentos fiquem mais acirrados. Afinal de contas, ninguém chega tão longe em uma disputa como essa com o sentimento de derrotado. No caso, eleitores e apoiadores dos dois lados acreditam na vitória e defendem seus candidatos com “unhas e dentes”.

 

Uma das grandes surpresas dessa eleição, do ponto de vista negativo, o líder do Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), não conseguiu se eleger senador da República em 2018, após um mandato incontestável na capital federal, quanto ao volume de recursos viabilizados para Sergipe, para as diversas prefeituras, independente de “cor partidária”. André fez muito pelo Estado, ajudou muita gente neste período de crise financeira e teve o apoio de cerca de 60 dos 75 prefeitos. Só não contava com as traições e com a rejeição a seu nome por conta do presidente da República, Michel Temer (MDB).

 

André Moura tinha a maior estrutura de campanha, estava preparado e determinado a vencer a eleição, e sua derrota se consolida como uma das maiores injustiças do processo de 2018, na avaliação deste colunista, pelo trabalho que vinha sendo realizado ao longo dos últimos anos. Passou o 1º turno inteiro “apanhando” de todos os lados por sua proximidade com Temer e, de fato, isso pesou para a sua derrota. Mas no 2º turno era preciso escolher um projeto, ter uma opção de voto, já que seu candidato ao governo, Eduardo Amorim (PSDB), também havia ficado pelo caminho...

 

André Moura optou pela “neutralidade” em um comunicado oficial, deixando seus liderados para decidirem como bem entenderem que caminho seguirem. Mesmo encaminhamento foi dado pelo senador e candidato ao governo Eduardo Amorim. Um erro estratégico, diga-se de passagem, porque na política é comum se ouvir a frase de que “quem lidera, não libera”. A partir daí alguns aliados de ambos também decidiram por ficar “neutros”; outros levaram em consideração as disputas municipais e aderiram ao projeto político de Valadares Filho, que passou a insinuar uma espécie de “acordão” entre Belivaldo, André e o ex-governador Jackson Barreto (MDB).

 

Mas por mais que André Moura se manifeste “neutro”, por mais que o governador Belivaldo Chagas negue qualquer entendimento político com o líder do Congresso Nacional, talvez pela proximidade com Temer, basta acompanhar as redes sociais para perceber que o PSC “em peso” aderiu à candidatura governista neste 2º turno da eleição. E aqui não convém dizer nomes, mesmo porque a sociedade sabe muito bem “quem é quem”, pode verificar se preferir e tirar suas próprias conclusões. E não se trata de “fake News” contra a pessoa de Belivaldo ou de seu projeto.

 

Cada um é livre para votar e apoiar quem bem entender. Trata-se apenas de uma informação de conhecimento público! Em síntese, mesmo sem qualquer “acordão” com André Moura, é fato que a maioria do seu agrupamento do PSC agora está apoiando a reeleição do “galeguinho”. Há, diga-se de passagem, muita contradição em alguns casos que, há menos de um mês, faziam campanha com o discurso de que “Sergipe tem o pior governo da história” e agora defendem a continuidade da mesma gestão. Mas assim é a política, as alianças foram costuradas abertamente e a decisão só sairá após as 17 horas do próximo domingo (28). Até lá a disputa seguirá acirrada entre os dois lados...

 

Veja essa!

Por mais que esta seja uma eleição importante para o Estado, o sergipano continua demonstrando profundo desinteresse sobre quem vai comandar o Executivo a partir de janeiro. Nas rodas política é raro encontrar um embate sobre eleitores de Valadares Filho e Belivaldo Chagas.

 

E essa!

As discussões políticas no Estado ficam concentradas na eleição presidencial, na disputa direta entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O petista leva vantagem em Sergipe, mas a diferença já foi muito maior. O assunto gera “embates acalorados” entre as partes...

 

Debate

Nesta terça-feira (23), a partir das 18h30, na TV Atalaia, haverá o debate entre os candidatos que disputam o governo do Estado. Os jornalistas Diego Barros e Amália Roeder serão os mediadores. A expectativa é por um embate propositivo, mas também marcado por muita rivalidade entre as partes...

 

Apoio do 90

O governador Belivaldo Chagas recebeu a adesão do deputado federal eleito Valdevan 90 (PSC) para sua campanha à reeleição. Já estão na base aliada Fábio Mitidieri (PSD), Fábio Reis (MDB), João Daniel (PT) e Laércio Oliveira (PP).

 

Gustinho neutro

Já o também deputado federal eleito Gustinho Ribeiro anunciou ontem que ele e seu partido (Solidariedade) tendem a permanecer “neutros” no 2º turno da eleição. “Liberamos nossos amigos e amigas, lideranças regionais e comunitárias, em todo o Estado, para votarem na opção que acreditam ser melhor para o futuro de Sergipe”.

 

Fábio e Bosco

Completam a nova bancada de deputados federais Fábio Henrique (PDT), que já estava com Valadares Filho, e Bosco Costa (PR) que optou por apostar no candidato da oposição.

 

Senadores

No Senado, Rogério Carvalho (PT) está com Belivaldo e o Delegado Alessandro Vieira (Rede) com o projeto do PSB. Maria do Carmo (DEM) não se manifestou...

 

Campanha calada

Setores do governo estão divididos quanto a vantagem para Valadares Filho. Uns já dão a eleição “por vencida” e discutem espaços no novo governo; já outros tentam monitorar, mas se preocupam com o “silêncio” do projeto do PSB. Vitória das redes sociais...

 

Exclusiva!

É o comentário nas rodas políticas, inclusive por aliados do governo: há uma espécie de nítido controle de quase tudo que é publicado em Sergipe, ou seja, a imprensa perdeu ou “vendeu” sua autonomia. Alguns políticos chegam a ironizar determinados comportamentos. Depois não adianta cobrar valorização...

 

Valadares Filho I

O candidato ao Governo de Sergipe, Valadares Filho (PSB) reafirmou que uma das prioridades da sua administração será o combate à corrupção. Ao lado do delegado Alessandro Vieira, eleito senador, e da delegada Danielle Garcia, exonerada do cargo de coordenadora da DEOTAP, Valadares disse que promoverá mudanças radicais na forma de gerenciar os recursos públicos do Estado, extirpando qualquer mecanismo que desvie o dinheiro que é da população de Sergipe.

 

Valadares Filho II

Para ele, o grande mal da corrupção é fazer com que Sergipe não tenha capacidade financeira de investimento e até mesmo de custeio. “Quando os recursos públicos são aplicados corretamente, sobra dinheiro para educação, saúde, segurança pública, infraestrutura e políticas sociais. A corrupção destrói sonhos e projetos, promove injustiças e impede a melhoria de vida da população”, lamenta.  

 

Emília Corrêa I

A vereadora de oposição, Emília Corrêa (Patriota), cansada de esperar pela tramitação dos seus projetos na Casa Legislativa, protocolou cerca de 26 requerimentos de urgência cobrando providências imediata da Mesa. De acordo com Emília, não existe boa vontade em colocar em tramitação seus projetos e logicamente apreciação no plenário da Casa. Cabendo unicamente ao presidente da Câmara, pautar as proposituras para votação.

 

Emília Corrêa II

“Os aracajuanos nos procuram, trazem sugestões e propostas para que sejamos interlocutores em projetos de lei junto ao Executivo e outros poderes, no entanto as proposituras não entram misteriosamente na pauta Legislativa”, lamentou. Na oportunidade a patriota, destacou um dos projetos de lei que diz respeito ao Direito do Consumidor e fala sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais e de crédito, instalados em Aracaju de cientificar o consumidor do direito da liquidação antecipada do debito.

 

PMA I

O prefeito Edvaldo Nogueira recebeu, em seu gabinete, o suplente de vereador Cabo Didi, que assumirá o mandato na Câmara Municipal de Aracaju, a partir do próximo ano. No encontro, o gestor municipal apresentou ao futuro parlamentar os projetos que estão sendo desenvolvidos na cidade e se colocou, desde já, à disposição para discutir ações que contemplem o conjunto Santa Tereza, no qual Didi tem atuação.

 

PMA II

“Foi uma conversa muito positiva, um primeiro encontro. Mostrei ao Cabo Didi o que temos realizado na cidade e o que estamos planejando para o futuro. Também coloquei à Prefeitura de Aracaju à disposição das demandas do conjunto Santa Tereza, onde o futuro vereador tem liderança”, afirmou o prefeito. Para o vereador, esta primeira reunião foi “muito proveitosa”. “Foi uma visita. Estou chegando agora, me inteirando e esta conversa com o prefeito, para conhecer os projetos da Prefeitura, foi muito importante”, disse.

 

TCE I

O auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) recebeu uma programação especial promovida pela Associação Sergipana de Imprensa (ASI) em alusão ao centenário do jornalista e radialista José Eugênio de Jesus, que faleceu em fevereiro de 2017, aos 98 anos. Durante o evento, a ASI entregou a 25 personalidades a medalha de honra ao mérito que leva o nome do homenageado.

 

TCE II

Dentre  estes estavam o conselheiro presidente Ulices Andrade, conselheiro ouvidor, Carlos Pinna de Assis (representado pelo seu filho, Carlos Pinna Junior) e o jornalista da equipe de Diretoria de Comunicação do TCE, Carlos França. O presidente do TCE proferiu discurso destacando a atuação profissional de José Eugênio.

 

Ulices Andrade

“É uma honra e um privilégio colaborarmos e participarmos deste acontecimento. José Eugênio marcou época na história do radialismo e do jornalismo e, por sua atuação qualificada, equilibrada e socialmente respeitada, se transformou em uma referência profissional, uma verdadeira unanimidade na área de comunicação em nosso estado. Dessa forma, felizes também somos nós que hoje recebemos esta honrosa medalha que leva o nome de alguém tão querido por todos os sergipanos e que merece ser sempre lembrado”, ressaltou. 

 

Data importante

Filho do homenageado, o museólogo Carlos Augusto Braz de Jesus enalteceu a importância do trabalho de seu pai para a imprensa sergipana: “Esta é uma data muito importante não só para a família, mas para os amigos e colegas de profissão. Os que conviveram com ele admiram seus valores e sua contribuição ao jornalismo sergipano. Era um exemplo de pai e de profissional”.

 

85 anos

Ainda na ocasião, também foi lembrado o aniversário de 85 anos da Associação Sergipana de Imprensa, da qual José Eugênio é presidente de honra e Cleiber Vieira, o atual presidente. Em seu discurso, Cleiber homenageou a Associação, “instituição que José Eugênio tanto amou”, e narrou a trajetória de Eugênio. “José Eugênio nasceu em 18 de outubro de 1918, iniciou sua vida profissional aos 15 anos, trabalhando em um jornal, e trabalhou até o dia de sua morte”. Cleiber qualificou o jornalista como um líder simples, hospitaleiro, respeitoso e generoso com todos que o cercaram.

 

Convênio 

Ainda na ocasião, foi celebrado convênio entre o TCE e a ASI, assinado pelos respectivos presidentes, com o intuito de desenvolver ações conjuntas voltadas para a divulgação de estudos as áreas da cultura e educação, sobretudo temas relacionados com o interesse da comunicação de massa e contas públicas.

 

ABRH I

O renomado executivo e escritor Theunis Marinho participa no próximo dia 8, às 19h, no Delmar Hotel, do 2º Encontro de Líderes Empresariais de Sergipe promovido pela seccional sergipana da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH/SE/SE). O evento marca o encerramento da gestão da psicóloga Cláudia Soledade à frente da entidade.

 

ABRH II

Convidada a compor a diretoria da ABRH Brasil, na área de governança, Cláudia revelou que esses três anos como presidente da ABRH Sergipe foram voltados para o fortalecimento da gestão de pessoas nas organizações, focando, principalmente, na preparação dos líderes, na condução de pessoas e na gestão estratégica das empresas.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 




Tópicos Recentes