POLÍTICA

20/11/2018 as 10:57

Impasse com os “líderes” revela o “peso” de Itabaiana na política de Sergipe!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Em qualquer roda de conversa que você participe em Sergipe, o assunto principal é um só: os problemas jurídicos enfrentados por alguns dos principais líderes políticos de Itabaiana. Isso passa pelo presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual Luciano Bispo (MDB); o prefeito da cidade, Valmir dos Santos Costa (PR), o “Valmir de Francisquinho”; e seu filho e deputado estadual mais votado em 2018, Talysson Costa (PR). Cada um com sua “peculiaridade”, mas é preciso reconhecer que, na atualidade, Itabaiana concentra todas as atenções do mundo político estadual.  

 

Ao longo de quase todo o mês de novembro, a cidade tem “pautado” a maioria dos noticiários. É bem verdade que as informações recentes não são positivas, versam sobre prisões e condenações, sobre cassações de mandatos e/ou diplomas, mas impactaram tanto que a política de Sergipe “estagnou” nas últimas semanas. É como se todo mundo estivesse esperando os “próximos capítulos” sobre os casos recentes envolvendo os políticos do município. A cidade “respira” política e, pelo visto, serve de “engrenagem” para as demais cidades e regiões do Estado. É de longe o povo mais politizado!

 

Luciano Bispo teve seu registro de candidatura cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), semana passada; sua assessoria jurídica já recorreu no TSE e deve buscar uma liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para efetivar sua diplomação no próximo dia 17 de dezembro; já o também deputado eleito Talysson de Valmir teve seu diploma eleitoral cassado pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) por suposto abuso de poder econômico, conforme denúncia feita pela também deputada eleita e itabaianense Maria Mendonça (PSDB).

 

O caso mais complicado tem sido o do prefeito da cidade, Valmir de Francisquinho, que está preso junto com outros servidores do município desde o último dia 7, onde é suspeito de participar de um esquema de desvio de taxas cobradas pelo matadouro de Itabaiana. Além de ainda não ter conseguido entrar em liberdade, nesse intervalo o prefeito foi indicado por crime de licitação, excesso de exação qualificada (cobrança indevida de tributos) e associação criminosa, além da juíza da 2ª Vara Cível ter determinado seu afastamento do cargo e a indisponibilidade de seus bens.

 

Estamos falando de três dos principais nomes na atualidade da política de Sergipe: Luciano é o atual presidente da Alese, foi reeleito em outubro para mais um mandato e despontava como favorito a continuar no comando da Casa Legislativa pelo menos por mais dois anos; o jovem Talysson, mesmo diante de vários questionamentos de seus adversários, em especial, da deputada Maria Mendonça, foi o mais votado do Estado e chegaria com “autoridade” no Poder a partir de 1º de fevereiro de 2019. Já Valmir de Francisquinho chegou a carregar o título de “melhor prefeito”.

 

Ainda não se sabe os “desdobramentos” de todas essas decisões judiciais envolvendo os citados acima, mas é fato que esse “impasse” com os líderes revela o “peso” que o município de Itabaiana tem na política de Sergipe. A cidade, que sempre se destacou pelo comércio e pela economia pujante, agora se revela muito forte politicamente falando. Isso não deixa de ser uma “evolução”, passando de “coadjuvante” para “protagonista” nas decisões sobre os destinos do Estado. No mais é esperar os fatos acontecerem porque ainda faltam 10 dias para novembro acabar...

 

Veja essa!

Após o pronunciamento de solidariedade feito pelo deputado Gilmar Carvalho (PSC), o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado estadual Luciano Bispo (MDB) se pronunciou sobre a decisão do pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, semana passada, indeferiu seu registro de candidatura para a eleição de 2018.

 

E essa!

Luciano se disse tranquilo com a decisão e confirmou que sua assessoria jurídica já está viabilizando os recursos necessários. O deputado também negou qualquer envolvimento na prisão do prefeito de Itabaiana, Valmir dos Santos Costa, mais conhecido como “Valmir de Francisquinho”.

 

Luciano Bispo I

Ao manifestar sua gratidão a Gilmar Carvalho, Luciano Bispo disse que já entrou com os embargos contra a decisão no TSE e que está tranquilo. “Eu agradeço aos amigos pelas palavras de apoio. Se Deus quiser eu vou ganhar. Tenho alguns processos em minha vida, mas nenhum por ter desviado recursos do meu município”.

 

Luciano Bispo II

O deputado disse que já ganhou e já perdeu a eleição e que vai continuar lutando pelo direito de exercer seu mandato. “Eu estou sentido, estou chateado, mas não vou desanimar! Eu não vou correr e nem vou morrer. E nem abro mão de disputar a presidência dessa Casa. Aqui eu procurei ser o mais justo possível, tenho consciência do que fiz, ajudei muito a Assembleia e o Governo do Estado ao lado dos meus colegas. Essa mesma coisa eu venci há quatro anos por 7×0. Já recorremos, estou tranquilo e vou seguir lutando”, comentou.

 

Valmir de Francisquinho I

Sobre a prisão do prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo lembrou que comandou seu município por 16 anos e que fez muito pela cidade. “Eu trabalhei, eu lutei, horas acertei, horas errei. Algumas vezes fui punido pelo que não devia. Sobre a prisão do prefeito, nenhum dos políticos de Itabaiana é culpado! Usaram meu nome e o da deputada Maria Mendonça (PSDB). Nós nunca conversamos, continuamos adversários políticos, mas com respeito. Fui e sou adversário forte da família Mendonça”.

 

Valmir de Francisquinho II

“O único culpado sobre a prisão foi o próprio Valmir de Francisquinho. Eu várias vezes disse no rádio que sabia o que era ser prefeito porque passei por ali 16 anos. Disse que ele estava brincando de ser prefeito. Eu disse que ele (Valmir) tivesse cuidado porque ele criou Valmir Cabral. Isso não me satisfaz em nada e sua prisão não me envaidece”, disse Luciano, enfatizando que “eu pedi que ele mudasse seu pensamento, alertei sobre os erros e ele não fez nada. Em nome de minhas filhas, eu não saio de minha casa para prejudicar ninguém. Muito menos Valmir”.

 

Fabiano Feitosa I

Em entrevista à FAN FM, o advogado Fabiano Feitosa, que faz a defesa do prefeito Valmir de Francisquinho, comentou a decisão judicial que determinou seu afastamento da prefeitura, em uma ação interposta pela vice-prefeita Carminha Mendonça (PSC), que assumirá o comando do município nesta terça-feira (20).

 

Fabiano Feitosa II

Segundo Fabiano, o processo tramita em segredo de Justiça e que ele não havia tido acesso ainda ao mesmo, e que houve divulgação extraoficial da decisão. Mas explicou que o próprio Valmir de Francisquinho havia pedido o afastamento das funções à Câmara Municipal na sexta-feira (16). “Não houve tempo hábil para notificar a vice-prefeita, mas havia uma preocupação para o município não ficar sem comando”.

 

Pode retornar

A defesa do prefeito tenta o quanto antes um recurso junto ao Poder Judiciário para coloca-lo em liberdade e para que, de imediato, Valmir de Francisquinho possa reassumir o comando do município. Há uma expectativa por uma decisão ainda nesta terça-feira...

 

Bomba!

Também durante a entrevista do presidente da Emsurb, Luiz Roberto, na FAN FM, nessa terça-feira (20), foi ventilado que a Prefeitura de Aracaju pode acabar com a tradicional feira-livre do Conjunto Augusto Franco, realizada às quartas-feiras, desempregando cerca de 500 feirantes.

 

E agora, Edvaldo?

Segundo o representante dos vendedores ambulantes, que fez uma participação por telefone, muitas famílias ficarão desamparadas com o fim da tradicional feira do Augusto Franco. Luiz Roberto falou em “potencializar” o mercado setorial do bairro. Enquanto isso, o prefeito chega hoje, após 10 dias de especialização, na Espanha...

 

Partiu PPS!

Por não atingir a cláusula de barreira, e já prevendo muitas restrições para 2019, os membros da REDE Sustentabilidade em Sergipe decidiram acompanhar o movimento nacional de fusão e estão se filiando em bloco no PPS, com o discurso de combate à corrução, independência junto ao Executivo e respeito aos direitos individuais.

 

Novo bloco

Além do senador eleito Alessandro Vieira, chegam ao PPS o deputado estadual reeleito Georgeo Passos e a deputada eleita Kitty Lima, que se somam aos também futuros deputados Samuel Carvalho e Dilson de Agripino. Com quatro parlamentares, a legenda já será uma das maiores bancadas da Alese em 2019.

 

Medalha

O juiz de direito Marcos de Oliveira Pinto, recebeu no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a Medalha da Ordem do Mérito Parlamentar. A autoria é do deputado Georgeo Passos (REDE). Segundo o parlamentar, o juiz que exerce o cargo de presidente da Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase), foi indicado para receber a honraria em virtude do trabalho que Marcos Pinto desempenhou quando comandou o departamento de precatórios no Tribunal de Justiça de Sergipe.

 

Georgeo Passos I

“Dr. Marcos conseguiu fazer uma revolução na nossa visão, informatizando o setor, o Departamento de Precatórios foi instituído e ele foi ser o primeiro diretor na gestão do desembargador Luiz Mendonça como presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe; conseguiu organizar as listas e naquele momento mais de 100 milhões de reais foram pagos às pessoas que venceram na justiça e estavam esperando”, destaca complementando que essa foi uma das pautas travadas no Parlamento sempre cobrando agilidade por parte do Poder Judiciário.

 

Georgeo Passos II

“Afinal de contas tinha gente na fila desde 2002 e depois que dr. Marcos Pinto assumiu, percebemos uma evolução. Lógico que ainda tem que avançar mais. Muitas pessoas ainda estão na fila, mas foi um gesto pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido em prol dessas pessoas que receberam os precatórios e deram esperança às que ainda estão na fila. Nada mais do que justo entregar a Medalha do Mérito Parlamentar a um sergipano, filho de Aracaju, que em sua missão há mais de 20 anos no poder Judiciário, vem se destacando pela sua forma de atuar”, justifica Georgeo Passos.

 

Marcos Pinto I

Na oportunidade, o homenageado disse ser uma satisfação receber a honraria, como reconhecimento pelos dois anos à frente do Departamento de Precatórios na gestão do desembargador Luiz Antônio Araújo Mendonça. “A gente compartilha essa alegria com todos aqueles que contribuíram para o trabalho no Departamento de Precatórios e nos diversos setores do Tribunal de Justiça como a modernização, a tecnologia e a própria divulgação. É algo que nos deixa muito feliz e essa alegria é compartilhada com quem contribuiu e merece esse reconhecimento também”.

 

Heatmus I

A Heatmus está de volta! O evento, que celebra os sucessos que marcaram os anos 80, 90 e início dos anos 2000, será realizado neste sábado (24) a partir das 20h, no Espaço Emes, em Aracaju. A festa que é marcada pela nostalgia e muita emoção será comandada por grandes atrações que prometem fazer uma mistura de ritmos. Vão se apresentar a banda Tamo Junto sob o comando de Ninha e Xexéu (ex-Timbalada).

 

Heatmus II

O evento conta ainda com Timbal de Rua, 80 na Pista, La Família 019 (Tributo a Charlie Brown Jr), Sete Cidades (Legião Urbana Cover) Fábio Exagerado (Cazuza Cover) e Banda Diet Music (Mamonas Assassinas Cover). Na área externa do Espaço Emes, haverá parque de diversões com roda gigante, mini montanha russa, barco viking, twister, Arcade Zone (30 máquinas de games antigos), Vila das Escolas – Ponto de encontro da galera das escolas mais tradicionais de Aracaju, Sorveteria Cinelândia e Food Park.

 

Autismo

Pela primeira vez, a escritora  Aneida Fulsang estará em Aracaju para uma  palestra e lançamento do livro   “Autismo – Aprendendo a Aprender com Ejner”.  O evento, promovido pelo Navegante Psi, acontecerá no próximo dia 29,  no Delmar Hotel, localizado na orla de Atalaia, zona sul da capital, a partir das 19h. 

 

Aneida Fulsang

No encontro com mães, terapeutas ocupacionais, psicólogos, médicos, professores, educadores, profissionais da área de saúde, educação inclusiva e estudantes em geral, Aneida Fulsang vai relatar a experiência de uma mãe e os avanços do filho de 12 anos, diagnosticado autista com severidade “nível 3 não verbal”.  

 

O Poder da Ação

O curso “O Poder da Ação”, que será ministrado pelas coaches Taíssa Amorim e Helena Braz, no próximo domingo (25), é um treinamento baseado no livro Best-seller O Poder da Ação, de autoria do Master Coach Paulo Vieira, presidente da Febracis e PhD em Coaching. As vagas são limitadas e o evento consiste em exercícios práticos, aplicação de técnicas e ferramentas de Coaching Integral Sistêmico desenvolvidas para que os participantes consigam tomar decisões certas.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

 

 

 




Tópicos Recentes