POLÍTICA

22/11/2018 as 11:14

“Tia” Rede chega ao PPS, exige a “janela” e quer impor regras de convivência!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Nos bastidores da política sergipana um assunto que elevou os debates nos últimos dias foi a encaminhada fusão entre a REDE Sustentabilidade (legenda que não atingiu a cláusula de barreira) e o PPS. De um lado temos um partido liderado pelo ex-vereador Emerson Ferreira e pelo senador eleito Alessandro Vieira; do outro, uma legenda que se mantém estável, com uma guinada de “crescimento” após o mais recente processo eleitoral no Estado, elegendo dois deputados estaduais em mais uma “engenharia” de seu presidente Clóvis Silveira.

 

Com a fusão em todo o País das duas legendas, em Sergipe o PPS estaria ainda mais fortalecido com quatro cadeiras na Assembleia Legislativa, representação na Câmara Municipal de Aracaju e no Legislativo de diversas cidades do interior, além de uma representação no Congresso Nacional. No “papel”, a legenda daria um “salto” a partir de 2019, deixando de ser coadjuvante e passando a ser protagonista no cenário político estadual. Sem contar que o deputado estadual reeleito Georgeo Passos ainda pode reassumir a liderança da oposição na Alese.

 

Mas essa “fusão partidária” não foi bem “costurada” na “prática”! Isso se deve muito à “vaidade das vaidades”, como bem propaga o ex-deputado federal João Fontes. Na hora de se chegar a um consenso sobre quem comandará a legenda “unificada” a partir de agora, as partes não se entendem e se iniciou uma forte discussão pública, através das redes sociais e veículos de comunicação, onde cada lado tenta medir forças. Quem já estava no PPS, quer continuar a frente do partido; quem chega, vem com o discurso de que a decisão “vem da nacional”.

 

É evidente que o pessoal da REDE tem como “trunfo” o mandato do futuro senador Alessandro Vieira e o “peso” disso no cenário nacional; já a turma do PPS prefere que o controle da legenda continue com Clóvis Silveira, fato que está claro que não contempla quem está chegando. E sejamos claros: é como se estivéssemos misturando “água e óleo”, pela forma de fazer política, pelo estilo de cada lado. O discurso é diferente, as práticas não se associam e, com todo o respeito, quem desponta como “novidade”, se contradiz sim sob determinados aspectos.

 

Mas, justiça seja feita, mesmo sem muito “glamour”, o PPS vinha muito bem e estruturado. O fato do pessoal da REDE querer assumir o comando da legenda no Estado, questionando a estratégia e tentando impor suas “regras”, soa como algo “abusivo” e “invasivo”. É uma postura de quem não tem para onde ir e que deveria chegar “suave”, sem muito barulho, porque está entrando em um ambiente alheio, onde sequer foi convidado, mas cujo espaço não foi negado. É o mesmo que “entrar no ônibus e já querer exigir o assento à janela”.

 

Mesmo porque o partido continuará sendo o PPS e nada mais natural do que o comando ficar com Clóvis Silveira ou que se buscasse um consenso sob forte diálogo. Quando o pessoal da REDE chega na legenda e tenta impor “regras de comportamento”, faz este colunista recordar das peculiaridades da família brasileira, onde aquela “tia mais conservadora” vê o seu casamento chegar ao fim e volta à casa dos pais, tentando adequar a “rotina” daquele ambiente à sua visão de mundo. O que parecia ser um “sonho”, parece se tornar um forte “pesadelo”...

 

Veja essa!

O Poder Judiciário sergipano determinou o afastamento do cargo do prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC) e de dois secretários municipais dentro de investigações sobre o matadouro da cidade. A coluna vai se aprofundar sobre o caso e respeita a decisão do desembargador.

 

E essa!

Agora o que levantou muitos questionamentos no mundo político ainda é a prisão do prefeito de Itabaiana e de alguns auxiliares também por conta do matadouro municipal. Para muita gente a prisão era completamente desnecessária. Como perguntar não ofende, seriam “dois pesos e duas medidas”?

 

Exclusiva!

Este colunista já pontuou e vai repetir: a questão dos matadouros e feiras livres ainda vai dar muito que falar em Sergipe, inclusive em Aracaju. Tem muita gente que se acha “intocável” que já está colocando as “barbas de molho”. É aguardas as “cenas dos próximos capítulos”...

 

Ainda JB?

Segundo informação do radialista Gilmar Carvalho, no NE NOTÍCIAS, o governador Belivaldo Chagas (PSD) “contemplou” o ex-governador Jackson Barreto (MDB) ao devolver servidores do Banese ligados ao deputado estadual reeleito Zezinho Guimarães (MDB). Mas JB não iria “descansar” após se aposentar da vida pública?

 

Janier no governo?

Fontes do bloco governista comentam que a deputada estadual Janier Mota (PR), eleita pela coligação de Eduardo Amorim (PSDB), vai chegar à Assembleia Legislativa em fevereiro já na base do governador Belivaldo Chagas. Seria uma “resposta” à postura “independente” de Zezinho Guimarães.

 

Fora do PSB?

Um dos assuntos que mais chamaram a atenção essa semana foi o possível rompimento do deputado estadual reeleito Luciano Pimentel com o comando do PSB. Ele chegou a entregar o cargo de vice-presidente estadual do partido. Agora, como perguntar não ofende, se o mandato pertence à legenda, como se dará essa saída?

 

Rodrigo Maia e Lagarto

Depois de participar de um jantar com os deputados federais eleitos organizado junto com o sergipano Gustinho Ribeiro (SD), o deputado federal Rodrigo Maia estará em Lagarto, no sábado (24), para um almoço oferecido pelo deputado Fábio Reis (MDB). Todo mundo quer “chegar” em Jair Bolsonaro...

 

Abra do olho, Inaldo!

Quem segue muito mal avaliado em Nossa Senhora do Socorro é o prefeito Padre Inaldo (PCdoB). Para muita gente está claro que a vereadora Maria da Taiçoca (PSD) será candidata à prefeita em 2020. O clima entre Executivo e Legislativo não é dos melhores no município.

 

Mitidieri articula

Quem parece articular essa “pré-candidatura” de Maria da Taiçoca é o deputado federal reeleito Fábio Mitidieri (PSD). Em um jantar recente na casa da presidente da Câmara Municipal, também participaram os vereadores Aldon, Carlos da Padaria, Osiel da Saúde e a ex-vereadora Edjane Farias. Outros encontros vão acontecer em breve...

 

André Moura

O ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, estará em Sergipe nesta sexta-feira (23) a convite do deputado federal André Moura (PSC) para visitar às obras das rodovias federais BR 235, liberação de trechos da BR 101 e assinatura da ordem de início das obras do encabeçamento da Ponte sobre o Rio São Francisco. Foram investidos pelo Ministério mais de R$ 300 milhões para a malha rodoviária federal em Sergipe, viabilizados pelo parlamentar sergipano.

 

Distrato

O senador Eduardo Amorim (PSDB) votou, em Plenário, pela aprovação das emendas ao Projeto de Lei da Câmara 68/2018, que estabelece regras para o distrato na compra de imóveis. Eduardo afirma que votou dessa maneira, para que o projeto voltasse à Câmara dos Deputados e não fosse à sanção. “Considero injusta uma multa de 50% nos distratos”, afirma Amorim. 

 

Nova política

A defensora pública e vereadora Emília Corrêa (Patriota) esteve reunida com a delegada de polícia Daniele Garcia e o ex-candidato ao Governo do Estado Milton Andrade falando sobre política, em especial, a eleição em 2018. O trio, que tem se destacado pela firmeza e credibilidade diante da opinião pública, aposta ter “caído no gosto” do eleitorado sergipano.

 

Maria do Carmo I

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) propôs, através de emenda à Lei Orçamentária da União, para o exercício financeiro de 2019, emendas individuais que atendem a diversos municípios sergipanos, dentre ele os 20 consorciados no Programa de Resíduos Sólidos na Região do Agreste Central. “Cada parlamentar tem direito a indicar, individualmente, até pouco mais de R$ 15,4 milhões em emendas. No entanto, metade desse valor, obrigatoriamente, deve ser usado para contemplar ações na área da saúde”, explicou a senadora.

 

Maria do Carmo II

Ela falou que muitas das suas sugestões foram oriundas de demandas dos próprios gestores que a procuraram para pedir recursos visando a implementação de medidas que resultassem em melhoria para as suas localidades. Outras indicações são frutos da percepção e andanças da senadora pelo Estado, considerando necessidades pontuais de municípios ou entidades, como é o caso da unidade da Polícia Rodoviária Federal, em Itabaiana, para a qual Maria propôs verba visando a sua reforma.

 

Emendas I

Na lista de emendas da senadora estão, ainda, a indicação de verbas para a compra de instrumentos musicais pela Banda Municipal de Cedro de São João; aquisição de unidade móvel para ações cívico sociais da Capitania dos Portos de Sergipe; além de recursos pra a Associação de Jovens Agricultores Indígenas Xoko-Ajai-Xoko, em Porto da Folha, com o intuito de promover ações sustentáveis ambiental e cultural e de tecnologias sociais; construção de ginásio poliesportivo para o 28º Batalhão de Caçadores, cuja estrutura será usada tanto pelos militares, quanto para crianças das comunidades carentes do entorno do 28BC.

 

Emendas II

Dentre as várias outras emendas indicadas por Maria, estão, também, uma para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) com o propósito de atender a projetos de interesse de Sergipe; e outra para a reestrutura e manutenção da Fazenda Esperança, que atende a jovens com oficinas de produção, atividades de prevenção e de reinserção social.

 

OAB I

A advocacia sergipana elegeu os novos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe. Com mais de 2 mil votos, a chapa 03, liderada por Inácio Krauss, foi eleita para o triênio 2019/2021 e terá a missão de manter o compromisso da OAB/SE com a defesa da classe e cidadania.

 

OAB II

Intitulada “Advocacia Forte, Avança”, a chapa vitoriosa tem como vice-presidente, Ana Lúcia Aguiar; secretário-geral, Aurélio Belém; secretária-adjunta, Andrea Leite; tesoureiro, David Garcez, e presidente da Caixa de Assistência, Hermosa França.

 

OAB III

Realizado na capital e no interior do Estado, o pleito definiu os membros da diretoria, da diretoria e suplência da Caixa de Assistência dos Advogados e dos Conselhos Seccional e Federal da OAB/SE que levantarão as bandeiras da instituição nos próximos anos. A posse dos eleitos acontecerá em janeiro de 2019.

 

Avosos I

Uma melhoria sólida no tratamento de crianças e adolescentes com câncer no Estado de Sergipe. É assim que a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia (Avosos) vai celebrar o próximo 23 de novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil.

 

Avosos II

Neste dia, às 8h30, será assinado o Termo de Execução das obras das novas instalações do Internamento Pediátrico da Oncologia ´Tia Ruth´ do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), um espaço exclusivo e humanizado para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer. A assinatura acontece no espaço das futuras instalações do internamento, localizado do HUSE.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 




Tópicos Recentes