POLÍTICA

05/12/2018 as 15:42

Bolsonaro agora admite usar reforma da Previdência de Temer

Presidente eleito diz que prioridade é impor uma idade mínima para se pedir aposentadoria

Foto: (Agência Brasil).<?php echo $paginatitulo ?>

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (5) que a prioridade de seu governo é aprovar uma idade mínima para se pedir a aposentadoria, e abriu a possibilidade de aproveitar a atual proposta de reforma da Previdência que já tramita no Congresso, apresentada pelo governo Temer, para acelerar a votação da matéria.

Bolsonaro, que falou ao sair de uma cerimônia no Quartel General do Exército, acrescentou que pretende ver a reforma integral começar a ser votada em até seis meses.

Ele argumentou que usar a proposta atual economizaria tempo porque não seria necessário passar por todo o processo de tramitação. O projeto atual fala em 65 anos de idade mínima para aposentaria de homens e 62 para mulheres.

À TV Aparecida, no início de novembro, o presidente eleito chegou a admitir que consideraria limites de idade menores. Ele defendeu que se aprove a exigência do homem que trabalhe no setor privado tenha, no mínimo, 62 anos para pedir o benefício, e 61 anos (no caso de servidores públicos). A idade mínima para requerer o benefício cairia para 57 no caso das mulheres do setor privado e para 56 anos, para as servidoras públicas.


 

 

 

 

Com informações de Destak Jornal e Agências.




Tópicos Recentes